Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Overseas Maremar

No momento que coloco este post está operando no terminal P.O.L.
do Porto da Praia da Vitória o N/T "Overseas Maremar" que entrou esta tarde, contando com a ajuda dos rebocadores "O Bravo" da APTG,SA e o "Ilha de S. Luís" da APTO,SA coordenada toda a manobra pelos Pilotos da APTG,SA. O navio foi contruido em 1998 no estaleiro Onomichi Docktard, Japão, com 183 metros de comprimento, 32 metros de boca, um calado de 8,5 metros, uma velocidade máxima de 14 nós e de serviço de 12,8 nós, ostenta bandeira dos E.U.A. e encontra-se registado no Porto de Nova York.
(©) Copyright fotos: Rui Carvalho,Terceira

Dia de Ferry

Hoje o ferry "Express Santorini" efectuou mais uma escala no Portoda Graciosa, vindo do Porto da Praia da Vitória, e regressando novamente á Terceira, nesta viagem notou-se um grande aumento de passageiros, que maioritariamente se deslocou ás festasSanjoaninas que decorreram na cidade de Angra do Heroísmo. Mas com o aproximar das festas de verão, das férias é de esperar um normal aumento de passageiros e viaturas.
Quanto á operação de hoje decorreu rapidamente, o porto á hora da saída do ExpressSantorini (12h00) já se encontrava sem viaturas e passageiros, para isso contribuiu a nova emaior área do porto, e o parque de estacionamento desenhado no porto para as operações ferry, que ajuda a ordenar o transito e o estacionamento.
(©) Copyright texto: MM Bettencourt, Açores

domingo, 28 de junho de 2009

Happy Rover

O Happy Rover pertence a uma série de quatro navios gémeos, junto com os H. River, H.Ranger e Sailer Jupiter desenhados para transportar cargas muito pesadas (ainda que podem-se usar para transportar contentores, produtos florestais e carga em geral). Foram construídos em Merwede, Holanda para Mammoet Shipping, no ano 2000 a empresa mudou de nome e passou-se a chamar Biglift Shipping.
O Happy Rover tem as seguintes características: comprimento 138 metros, boca 22,80 metros de boca, uma velocidade de serviço de 16,4 nós com 7 metros de calado, mas a sua característica mais destacada é que dispõe de duas gruas capazes de levantar cada uma 400 tons a um rádio de 20 mts, e 800 tons em operação combinada. Chegou a sexta feira às 1830h procedente de G. Canaria e saiu ontem às 1800h para Gibraltar.
Actualmente a BigLift possui e opera uma moderna frota estando em construção mais dois navios, um dos quais com uma capacidade de elevação combinada de 1800 tons.
(©) Copyright texto: António Sáez, Canárias/ MM Bettencourt, Açores.
(©) Copyright fotos: António Sáez, Canárias.

Pilotagem - (III/VI)

Uma profissão perigosa.
A profissão de Pilotos de portos tem seus perigos, como vemos neste momento que o navio porta-contentores Catalina Mar na baía a entrar em SC Tenerife e a precisar de um barco rebocador e a lancha de piloto com dificuldades de fazer o serviço. O mar parecia calmo, mas há uma forte corrente maritima que impede o piloto de abandonar o navio, no início das aproximações. Por último, o piloto consegue "saltar" para agarrar a escada e sobe imediatamente, enquanto sua lancha coloca-se á distância, rapidamente, para evitar bater no casco do navio.
Em outras ocasiões, a manobra é simples sem risco, tais como o acesso do piloto ao rol-on rápido Aegean Heaven.
(©) Copyright texto e imagens: Antonio Sáez, Tenerife.

N/M "S. Gabriel" em Leixões

Foto oportuna do amigo José Modesto, de dois navios que fazem a linha dos Açores, em primeiro plano o N/M Sete Cidades da Transinsular e o "nosso" N/M S. Gabriel da Boxlines que no fim desta semana deve escalar o porto da Graciosa, a foto é referente ao dia de ontem quando os dois navios operavam no TCL, um terminal que se tem destacado por efectuar excelentes médias horárias.
(©) Copyright foto: José A. Modesto,Leixões

sábado, 27 de junho de 2009

TARGET:

Navío verdadeiramente singular.Ontem pela tarde, sobre as 1600h chega a Tenerife, o Target, desta vez sem ónus, não como quando o 2 de outubro 2008, chegou carregando desde Cingapura a nova plataforma petrolífera Maersk Resolute (da qual agora anexamos informação gráfica). Procede de Halifax, Canadá e dirige-se a Takoradi, Ghana para onde partirá às 23300h de hoje. Encontra-se fondeado, abastecendo-se de combustível, bem perto de onde atracó no passado mês de Outubro.
O Target é um caso muito especial de reconversão, já que nasceu como o tanque JAHRE TARGET (1991 Split na ex Iugoslávia) e passou a se converter em 2007 no actual TARGET (perde também a metade do nome). O TARGET é agora um transporte para ónus pèsadas semisumergible. Seu deslocamento inicial de 142,031 tons reduz-se a 42,500 tons., e seu eslora passou de 269 mts. a 208 mts. As transformações que em general se acostumam, são para ampliar a eslora, mas aqui se aproveitou o petroleiro (de um só casco) pela elevada manga que se adapta muito bem a sua nova condição.
(©) Copyright texto e imagens: Antonio Sáez, Tenerife.

HSC " VIKING "

Algumas imagens do HSC "Viking", colocadas no site da Atlanticoline, achei interessante principalmente as fotos do interior, em particular a foto da ponte que mais parece um copikt de um avião, aliás tal como os outros interiores. Espero que chegue no principio de Julho, para que em conjunto com o ferry "Express Santorini", sem esquecer a lancha "Ariel" ( ligação Flores e Corvo) ser mais uma ponte a ligar todas as ilhas Açoreanas.
(©) Copyright fotos: Atlanticoline, SA.
(©) Texto copyright: MM Bettencourt, Açores.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

O dia da Box

Na sequência do post sobre o "Pai da contentorização" as fotos do navio que escala o Porto da Graciosa com carga contentorizada, o "nosso" N/M " S. Rafael" da Boxlines, que ontem 5ª feira, operou no porto.
"A Box Lines Navegação, SA, empresa do Grupo Sonae Capital, (www.sonaecapital.pt) foi constituída em Julho de 1999 tendo como objecto social a indústria de transportes marítimos, compreendendo a cabotagem insular para as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, a cabotagem costeira, a navegação de longo curso, o fretamento e afretamento de navios, e as actividades de agente de navegação e operador logístico especializado em carga fraccionada. Presta, também, serviços no âmbito da gestão do transporte marítimo internacional contentorizado e navios completos de carga geral entre Portugal, a Europa e o resto do Mundo."
(©) Copyright texto: Box Lines Navegação, SA
(©) Copyright fotos: MM Bettencourt.

Hidroaviões em transporte insular.

A companhia canadense Harbour Air Seaplanes, contactou com um grupo de empresários canarios, para iniciar uma conexão entre Tenerife e G. Canaria com hidroaviãos de 20 praças DHC-6 Twin-Otter, da casa canadense De Havilland (bimotor experimentado e confiável do qual se fabricaram cerca de 1000 aparelhos). Em princípio a linha cobrir-se-á com três aparelhos deste modelo, para posteriormente estender o serviço às restantes ilhas.O governo canario manifestou seu desejo de facilitar a implantação do serviço que serviria para melhorar as comunicações. Em zonas de menor tráfico (ou limitação para o amerissagem) pode-se utilizar o monomotor DHC-3 também fabricado por De Havilland - Turbine Single Otter- com capacidade para dez passageiros. (©) Copyright imagens: Carlos Morillo, P. Guillard e De Havilland. Fonte: La Opinión, Tenerife.
Hidroavión Canadair amerizando en Tenerife.(©) Copyright La Opinión)

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Anaga.

Amanhece atrás da península de Anaga.Tenerife, 25 Junho 2009.
Silueta parcial do Farol. (©) Copyright: Antonio Sáez.

Farol de Anaga. (©) Copyright: Ojo Digital.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

O pai da contentorização

Malcon Purcell Mclean nasceu em 1913 em Maxton, Carolina do Norte, EUA e faleceu em 2001, é considerado “ O pai da contentorização”.
Depois de concluído o liceu Mclean foi trabalhar para uma bomba de combustível onde ganhou dinheiro para comprar um camião em 2ª mão por 120$, juntamente com a sua irmã Clara Mclean e seu irmão Jim Mclean fundaram a Mclean Trucking Co. de inicio com apenas um camião ele transformou-a na 2ª maior dos EUA com 1770 camiões.
Os anos passados no negócio dos transportes mostraram a Mclean a necessidade de um método mais simples de embarcar mercadorias, ele observava o carregar das mercadorias dos camiões pelos estivadores para os navios e pensou se não seria facil carregar o trailer completo para o navio. As companhias de navegação estavam cépticas quanto á ideia de Mclean, tendo ele criado a Sea-Land Inc. que nos finais de 1990 vendeu á Maersk Shipping. O primeiro navio de contentores foi o “Ideal X” um ex navio tanque da ll guerra mundial convertido que podia transportar 60 contentores isto em 1956.
Malcom Mclean foi considerado “ Homem do século “ pelo International Maritime Hall of Fame.
Fonte: Wikipédia /Who made América. (©) Copyright fotos: 1ª Time Life Pictures. 2ª Portpictures.nl / Danny Cornelissen, Holanda.

terça-feira, 23 de junho de 2009

Isla Graciosa: ligações maritimas.

O Porto da nuestra hermana Isla Graciosa, Canárias, localizado na Caleta del Sebo, a sua população de aproximadamente 700 habitantes, dedica-se á pesca e ao turismo, que chega a ultrapassar a população residente.
As ligações marítimas são efectuadas por barcos, novos e seguros com capacidade para 200 passageiros das Lineas Maritimas Romero, com um bom numero de viagens diárias(Ver horário) entre Orzola, Lanzarote e Caleta del Sebo, Isla Graciosa.
(©) Copyright fotos: 1ª Juan Rodriguez / 2ª Graciosaonline / 3ª Lineas Maritimas Romero / 4ª Jose Lavado.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Porto de Casablanca

Novo terminal de contentores de Casablanca, Marrocos, da companhia Francesa CMA, o porto de Casablanca é o principal porto de Marrocos um dos maiores portos artificiais do mundo e o maior do Maghreb e norte de África, o nome de Casablanca foi dado pelos Portugueses, anteriormente era conhecido por Anfa.
(©) Copyright fotos: Sergio Ferreira, Funchal.

domingo, 21 de junho de 2009

Novo Trimarãn da Austal


O trimarãn da nova geração da Austal, é a evolução em todos os sentidos do "Benchijigua Express" - eficiência do consumo, conforto dos passageiros,etc.-. Encontra-se em construção no Western Australian Shipyard, com o casco nº270, tem 102 metros de comprimento, 26,8 metros de boca, 4,2 metros de calado, uma capacidade de passageiros entre 950 e os 1165, 245 viaturas, 3 motores MTU 20 V 8000 M71L, que lhe irão possibilitar atingir uma velocidade de 39 nós, estará concluído em Fevereiro de 2010 e está disponível para compra.
Fonte: Austal
(©) Copyright foto e imagem: Austal