Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sábado, 31 de outubro de 2009

S. Rafael

Operou ontem no porto da Graciosa, o navio da Boxlines, "S. Rafael", entrou cerca das 7:30 e saiu ás 20:00, procedeu á sua escala quinzenal, permitindo assim a ligação com os grupos oriental e ocidental dos Açores e arquipélago da Madeira (via Transinsular, com baldeação em Ponta Delgada) e directamente com os portos de Lisboa e Leixões, e através destes com o resto do mundo.
(©) Copyright fotos: MM Bettencourt, Graciosa.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Naviera Armas

V. de Tijarafe e V. de Timanfaya.
V. de Tindaya.
V. de Tejeda.
Volcán de Tijarafe (Funchal<-->Portimão).
Hoje coloco um post sobre mais um possível concorrente á operação ferry, Açores 2010, trata-se da empresa Canária Naviera Armas, lembro que esta empresa efectua uma ligação Canárias- Funchal-Portimão com o ferry Volcan de Tijarafe, e tem 4 ferrys ( 184m comp.) em construção nos estaleiros H.J. Barreras,Vigo com o seguinte plano de entregas- 2010,2011,2012,2013. (duas ilustrações ao final)
A Naviera Armas, nasceu em 1941, e tornou-se a maior empresa de transporte marítimo das Canárias, a empresa tem as suas origens em Lanzarote, no esforço de Tony Armas Curbelo, que foi então gradualmente expandindo a sua empresa e frota, dentro e fora das fronteiras insulares. Em 1975 tem inicio uma nova etapa com a introdução dos primeiros navios de carga rodada nas Canárias, a parti de 1995 houve uma mudança de estratégia na empresa, quando decidiram introduzir no mercado os navios de carga e passageiros, tendo então incorporado 2 novos ferrys construídos nos estaleiros H.J. Barreras, Vigo,o Volcan de Tauce e Volcan de Tejeda ( ambos com 120m comp.) tendo depois dado lugar ao plano de renovação da frota 2003-2006, com construção de 4 novas unidades, baptizadas com nomes de vulcões Canários, Volcan Tindaya, Volcan de Tamasite, Volcan de Timanfaya, Volcan de Taburiente, e em 2007 mais 2 ferrys o Volcan de Tijarafe, e o Volcan de Tamadaba, representou um grande investimento e um grande salto para navios de ultima geração que contribuem para colocar as Canárias num nível elevado das comunicações marítimas insulares Europeias.
(©) Copyright fotos: 1ª, 3ª a 5ª: António Saez, Tenerife.; 2ª: Neil Pulling, Lanzarote.; 6ª e 7ª e fontes: Naviera Armas. Texto: MM Bettencourt, Graciosa.

N/M "Madeira"- Porto da Praia da Vitória

O "N/M MADEIRA" (ex-CEM MADEIRA, entre outros) é um "cimenteiro" auto-descarregante fretado pela TRANSINSULAR,SA para a missão de abastecimento de cimento a granel ao grupo central dos Açores, ao abrigo de um contracto de serviço público, A ilha de S. Miguel possui uma fábrica de cimento, recebendo os componentes necessários á sua produção, tais como o "cklinker", do exterior através de navios fretados para tal. A partir dessa ilha, e já em "big-bags" ou sacaria em paletes devidamente estivadas em contentores de 20 pés, seguem para as ilhas de S. Maria e Flores a bordo dos navios porta-contentores da TRANSINSULAR. No grupo central essa distribuição é feita através dos navios dos TMG´s, depois do cimento ter sido armazenado e embalado pela CIMENTAÇOR, que é no porto da Praia da Vitória o recebedor da carga proveniente do porto de Sines. Tendo atracado hoje de manhã uma hora antes do "estofo" da maré, por restrições de calado no terminal, na sua 17ª escala anual, desta vez mais prolongada em relação à última (22.09.2009), provavelmente devido ao baixo consumo de cimento registado na Região Autónoma no últimos 12 meses (ver quadro). Carregando normalmente 5.500 toneladas de cimento, este navio de 30 anos é o suporte do abastecimento deste produto de primordial importância para o desenvolvimento dos Açores, e embora ainda aí "esteja para as curvas", as suas "mazelas" da idade já se fazem notar muito amiúde, é a vida !!! - - -
Nome - MADEIRA Ind. chamada - D6CC8
Nº IMO- 7909085
Porto de REGISTO- MORONI
Bandeira- ILHAS COMOROS
Ano de construçao- 1979
Armador- SMS INVESTORS INC
Tipo- NAVIO CIMENTEIRO
Comprimento f/f - 112,30 mts
Boca- 16,10 mts
Arq. bruta / liquida- 3881 Tons/ 1298 Tons
Porte (Dwt)- 6400 Tons
Potencia maquina- 2500 HP
Bowthruster - 350 HP
Nome do Cmdte- KOWALSKI WOJCIECH
Nacionalidade- POLACA
(©) Copyright dados e fotos: Henrique Almeida, Terceira.
(©) Copyright texto: Rui Carvalho, Terceira.
Tabela retirada de : http://numerosenumeros.blogspot.com/ - Rafael Cota, Terceira.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Hellenic Seaways adquiriu o HSC "Viking"

Recentemente coloquei um post sobre a empresa grega, Aegean Speed Lines, que segundo a RTP-Açores, poderá estar interessada em concorrer á operação ferry Açores 2010, nesse post mencionei que o HSC "Viking" teria sido adquirido pela Aegean Speed Lines, hoje recebi um importante comentário de um visitante relativo a esse post que referiu que o navio já está no porto grego de Piraeus, sendo propriedade da Hellenic Seaways, e que foi renomeado de "Hellenic Wind".
(©) Copyright foto: MM Bettencourt, Graciosa; imagem: Hellenic Seaways.

Cais ferry do Porto da Praia da Vitória

O porto da Praia da Vitória dispõe de uma cais ferry com 160 metros a -7 metros, uma gare de passageiros, parque para viaturas com entrada própria, e principalmente dispõe de uma rampa ro-ro,algo que lhe assegura por exemplo capacidade para receber um navio como o "Storm", um navio ro-ro ou então um ferry como por exemplo o "Volcan deTijarafe", que faz actualmente Canárias-Madeira-Portimão.Exemplo da importância e utilização da rampa ficou demonstrado quando o "Express Santorini" sofreu um acidente com a rampa lateral neste porto e usou a sua porta de popa e a rampa ro-ro para proceder ao desembarque das viaturas.
(©) Copyright fotos: 1ª e 2ª Rui Carvalho, Terceira;3ª Duarte Lourenço, Terceira.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Aberto concurso público de fretamento de navios para operação ferry 2010/2011

Está aberto o concurso público de fretamento de navios destinados à operação de passageiros da operação 2010/2011 da Atlânticoline. O concurso tem por objecto a escolha da proposta que servirá de base à outorga de um contrato de fretamento a tempo, de longa duração, pela entidade adjudicante de dois navios, tipo “RO-RO PAX FERRY” ou “HSC RO-RO PAX FERRY”, destinado a assegurar o serviço de transporte marítimo de passageiros, entre as ilhas da Região Autónoma dos Açores, para as operações comerciais de 2010/2011, com eventual prorrogação para a operação comercial do ano 2012.

N/M "TIM"

Fez ontem a sua estreia no porto da Praia da Vitória, pelas 09h30, o N/M "TIM", um "coaster" de pouco mais de 80 metros de comprimento fora-a-fora. Relativamente novo, lançado em 2008, apresenta uma configuração baixa, não muito própria para o Atlântico Norte nestas alturas do ano, além disso vê-se que não foi feito para batalhar em ambientes mais duros devido ao bolbo de proa, indiciando que mesmo gelo fino poderá representar um problema para esta nau. Preferêncialmente trabalhará no Mediterrâneo ou Mar do Norte, sem se aventurar até altas latitudes. È o 21º navio de cereal e/ou aditivo da época, manifestando 3025,7 Tons de bagaço de Kaulza (derivado de couves) carregados no "porto" senegalês de Begne, e destinados à fábrica de rações UNICOL,com o fim de produzir nutrimentos para animais. Que volte muitas vezes este pequeno "TIM-TIM". -
Data e Hora de Entrada - 26.10.2009 - 09h30
Nome- TIM
Ind.Chamada- 5BLC2
Nº IMO - 9434151
Ano- 2008
Comp. F/f - 82,50 mts Boca- 12,50 mts
Porte (Dwt) - 3411
Tons Arq. Bruta / Liquida - 2474 Tons / 1412 Tons
Porto de registo- LIMASSOL
Bandeira-CYPRUS
Armador- INTERSCAN SCHIFFAHRT
Potencia maquina-1850 KW
Bowthruster- 220 KW
Tipo de carga - BAGAÇO KAULZA ( 3025,7 tons )
(©) Copyright dados e fotos: Henrique Almeida, Terceira
(©) Copyright texto: Rui Carvalho, Terceira

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Hellenic Seaways

Continuando a explorar a noticia da RTP-Açores sobre eventuais concorrentes á operação ferry 2010 nos Açores, hoje coloco algumas fotos de navios do armador grego Hellenic Seaways, propriétário do nosso conhecido "Express Santorini".
A Hellenic Seaways tem uma presença nos mares gregos desde 1999, é a maior empresa grega com 34 navios, com os quais escala 35 portos, em 2005 teve inicio um plano de investimento com o objectivo de modernizar a sua frota, que é composta por vários tipos de navios desde, ferrys convencionais como o nosso conhecido "Express Santorini", HSC, como na foto o "Hightspeed 4", e catamarans como o "Flyingcat 1" , além de navios ro-ro, e dos Flying Dolphins.
Ficamos agora á espera de saber se voltaremos a ver as cores da Hellenic Seaways nos mares dos Açores em 2010. Depois do post sobre a Aegean Speed Lines e agora a Hellenic Seaways, espero muito brevemente colocar um post sobre o armador espanhol, Armas.
(©) Copyright fotos:1ª MM Bettencourt, Graciosa; 2ª,3ª,4ª,5ª Sérgio Ferreira, Funchal.

domingo, 25 de outubro de 2009

Tenerife, semana 43.

Inicia-se na semana com a visita do asiduo Costa Europa, que esteve acompanhado pelo iate de luxo Utopia DV, de bandeira de Caiman Is., até as 1200h em que saiu com destino a Palm Beach, Flórida. Em tercera feira o Lyubov Orlova, partiu para Ushuaia em Argentina, navegando à modesta velocidade de 11 nos (quase 21 dias de navegação). Desde Sul argentino, aproveitando a primavera e verão austral fará cruzeiros antárticos.
AIDALuna sempre em sábado... ...
Hoje, domingo visita-nos novamente o esplêndido (e gigantesco) Independence of the Seas, com a mesma rota de sua anterior visita: procedência de Funchal e com rumo Las Palmas de G. Canaria. A mudança de hora provocou sua entrada em condições de forte contraluz (o pesadelo de tudo fotógrafo). A última hora IOTS esteve acompanhado pelo iate Sequel, de Caiman Is., com destino ao Caribe (vemo-lo carregando combustível).
Nota: na semana em Espanha, toma-se de segunda-feira a domingo.
(©) Copyrights, texto y fotos: Antonio Sáez, Tenerife.

Storm

Estas operações de navios de cargas pesadas, são sem duvida as minhas preferidas, neste caso trata-se do navio "Storm" que esteve recentemente na ilha da Madeira, para proceder á descarga de um pesado gerador ( 250 tons) para a E.E.M- Empresa de Electricidade da Madeira, a operação decorreu no terminal de combustíveis e cimenteiro dos Socorridos, usando o navio para proceder á descarga a sua rampa de popa, ficando mais uma vez demonstrado a importância das rampas ro-ro.
O navio "Storm" pertence á empresa San Marcos Shipping, Itália e procede a transportes de carga pesadas, tais como gruas, geradores, transformadores, etc, sem rotas fixas. O navio tem 93,45 metros de comprimento, 16 metros de boca, 4,50 metros de calado, foi construído em 1977, tem bandeira Italiana, porto de registo Crotone, potência motriz 2x 1294 KW, D.W.T. 2495, nº IMO 7607649.
(©) Copyright fotos: 1ª João Abreu, Funchal;2ª,3ª,4ª5ª Sérgio Ferreira, Funchal.

sábado, 24 de outubro de 2009

River Tyne

"Embora não seja uma "cara nova" no porto da Praia da Vitória, onde fez a última escala em 18 de Fevereiro de 2008, é com gosto que revemos o N/M "RIVER TYNE",é o 20º navio de cereal da temporada e transporta 3.699,835 toneladas de cevada, sendo recebedor a TERCEIRENSE RAÇÕES."
Data e Hora de Entrada - 23.10.2009 -07h00
Nome - RIVER TYNE
Ind chamada - V2AS6
Nº IMO- 9211066
Porto de registo- ST.JONH'S
Bandeira- ANTIGUA & BARBUDA
Ano de costrução- 1999
Armador- CONDRA SCHIFFAHRTS Gmbh
Comp F/F - 89,75 mts
Boca - 13,60 mts
Porte (Dwt)- 4785
Tons arq.bruta / liquida:- 2858 Tons / 1596 Tons
Potencia Maq.Principal -2446 HP
Bowthruster - 306 HP
(©) Copyright fotos e dados: Henrique Almeida, Terceira.
(©) Copyright texto: Rui Carvalho, Terceira.