Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Movimento no porto do Caniçal






Bonitas imagens do amigo Sérgio Ferreira obtidas no porto do Caniçal, Madeira, nas fotos podemos ver o "INSULAR" e o "PONTA DO SOL" da Transinsular, o "ILHA DA MADEIRA" da Vieira e Silveira e o novo navio da ENM "FUNCHALENSE 5" ( ver características). Na Madeira o "tio" Alberto João optou por construir um novo porto comercial este do Caniçal e transformou o antigo porto do Funchal num caís para cruzeiros, com uma moderna Gare (recentemente inaugurada), acho que fez uma boa opção.
Copyright fotos: Sérgio Ferreira, Madeira.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

N/M "PALOVIT" na Praia da Vitória

"PALOVIT" é o 16º navio de cereais/aditivos da época a escalar o porto da Praia da Vitória, e após um fim de semana a fugir da tormenta atlântica apresentou-se esta manhã para uma rápida descarga de 1245 toneladas de palmiste reservadas ao recebedor Terceirense Racões. Curioso o facto de não possuir auxiliar de proa, deve ser uma forma diferente de fazer contas, sei lá!!! Mas para um navio de 2007 bem poderia estar mais contemporaneamente equipado.
Nome: PALOVIT
Data e Hora da entrada: 30-08-2010--07:00
Indicativo de chamada:3EME
Nº IMO: 9437347
Porto de registo: Panama
Bandeira Panama
Ano de construção: 2007
Comprimento f. a f.: 99,89 mts
Boca máxima: 16,60 mts
Porte (DWT): 6096 tons
Arqueação bruta: 4109 tons
Arqueação líquida: 2332 tons
Calado máximo à entrada: 6,00 mts
Último porto: Ponta Delgada
Próximo porto: Aguarda ordens
Tipo de carga: 1245 tons de Palmiste
Potência da máquina principal: 2207 KW
Potência do auxiliar de proa: não têm
Armador: Palovit Shipping, SA
Agência: Thomé de Castro., RDA- José Soares
Nome do Comandante: Cem Varol ( Turquia)
Piloto de serviço: Guilherme Bettencourt.
Copyright texto e fotos: Rui Carvalho, Praia da Vitória.

sábado, 28 de agosto de 2010

"CORVO", "MADEIRENSE 3" e "RUBY" em Lisboa



Fotos gentilmente enviadas pelo Amigo Rui Agostinho, onde podemos ver o "meu" "RUBY", o "MADEIRENSE 3" (24-Agosto) e o "CORVO"(18-Agosto), atracados em Lisboa. Pois bem o "Madeirense 3", como já havia escrito alguns dias atrás é agora colega do "RUBY" na frota da Boxlines, sendo que está encarregue da linha da Madeira, enquanto que o "RUBY" está na linha dos Açores encarregue da viagem da semana ímpar, com escala na minha ilha, enquanto que na primeira foto temos o "CORVO" da Mutualista Açoreana, pertencente ao Grupo Bensaude.
Ao olhar para estes três fiquei a pensar que muito brevemente serão oficialmente navios pertencentes ás frotas de dois Armadores e Grupos insulares.
Copyright fotos: Rui Minas Agostinho, Lisboa.

USS Cole em Ponta Delgada

Resultado de uma amável colaboração do Amigo Pedro Ferreira, ilha de S. Miguel, coloco aqui as fotos do USS Cole, que esteve recentemente de passagem pelo porto de Ponta Delgada.
Copyright fotos: Pedro Ferreira, S. Miguel.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

"Hellenic Wind" e a sua manobrabilidade

O HSC "Hellenic Wind" não tem tantas escalas como o "Express Santorini" no porto da Graciosa, mas também demonstra grande facilidade de manobra, graças à habilidade do seu Comandante. Os dois ferrys da Hellenic Seaways que estão ao serviço da Atlânticoline já totalizam até ao momento 81 escalas no nosso pequeno porto. Sem se dar por isso a Atlânticoline já ultrapassou os TMG em nº de escalas no porto da Graciosa.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

N/F "PALOMA REEFER" na Praia da Vitória

Depois do N/F "ANTIGUA" e do N/F "OMEGA BAY" foi a vez do N/F "PALOMA REEFER" escalar o porto da Praia da Vitória este ano a fim de descarregar 653 toneladas de atum congelado para o recebedor PESCATUM - Conservas e Pescas, Lda. Embora seja um navio recente, construção de 2004, a sua arquitectura lembra as embarcações dos anos 60 do século passado. O facto de ter apenas duas pequenas escotilhas à proa onde não cabe sequer uma das caixas de armazenamento, originou problemas na produtividade da descarga com valores diários muito baixos a rondar as 120 toneladas. Ficará por cá alguns dias obrigando a uma outra gestão dos cais disponíveis.
DADOS TÉCNICOS:
Nome: PALOMA REEFER
Data e Hora de Entrada: 23.08.2010 - 0700
Indicativo de Chamada: HO2430
Número IMO: 9309681
Porto de Registo: Panama
Bandeira: Panama
Ano de Construção: 2004
Comprimento Fora/Fora: 68.94 Mts.
Boca Máxima: 10.60 Mts.
Porte (Dwt): 975 Tons.
Arqueação Bruta: 1267 Mtons.
Arqueação Líquida: 381 Mtons.
Calado Máximo à Entrada: 5.4 Mts.
Último Porto: La Puchla (Espanha)
Próximo Porto: Las Palmas
Tipo de Carga: 653 Tons. de Atum Congelado.
Potência da Máquina Principal: 1470 Hp.
Potência do Auxiliar de Proa: 270 Hp.
Estaleiro: Yamanishi Shipbuilding & Iron Works
Armador: Recardo Puente.
Agência: Oceânica, Lda. - Jorge Meneses.
Nome do Comandante: Hwang Tae Ju (Filipinas).
Piloto de Serviço: Henrique D'Almeida.
Copyright fotos e texto: Rui Carvalho, Praia da Vitória.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

"Express Santorini" e o vento



Hoje 3ª-feira 24 de Agosto espero a 50ª escala do N/F "Express Santorini", tornando-se este o navio com mais manobras no porto da Graciosa até ao momento, ultrapassando o pequeno ferry "Espírito Santo". Este vídeo é referente à escala 49ª que se realizou no passado Domingo, em que o vento voltou a fazer-se sentir, mas como já tinha referido que se volta-se a verificar vento continuo na ordem dos 28 nós voltaria a ser contrariado pela boa capacidade de manobra do navio, pela habilidade do Comandante e pela boa assessoria do Piloto, afinal tinha razão e ainda bem pois não tenho saudades de outros filmes originados por cancelamentos.

domingo, 22 de agosto de 2010

Oriana e nossas ilhas.

O P&O Oriana uniu os três arquipélagos macaronésicos europeus ao escalar em várias de seus capitais. O dia 18 visitou Ponta Delgada (Açores), para o 19 fundear em Horta (Açores) e o 21 escalar em Funchal (Madeira). Hoje 22 é o turno de S/C de Tenerife (as Canárias). Vemos-lo chegando neste último porto às 0710h, na sua manobra de atraque.
(©) Copyrights texto e fotos: Antonio Sáez, Tenerife.
Vemos ao elegante navio dobrando o bocana do porto às 1730h, enquanto toma rumo norte, para a capital do Tejo, onde estará na terça-feira, continuando para Vigo e Southampton, em onde rende viagem.

Lancha de Pilotos "ELECTRA" embarcando o Piloto

Copyright foto: Captain Stefanos Papadopoulos. Ao observar este belo vídeo mais uma vez efectuado pelo simpático Comandante do ferry "Express Santorini", Stefanos Papadopoulos, fico contente por esta lancha pertencer á APTG, S.A.-Porto da Graciosa, e por esta ser pilotada com enorme elegância, tendo já merecido por esse facto elevados encómios. Quis o destino que quem a foi receber por iniciativa própria no dia em que ela chegou à sua nova casa, seja agora o seu Mestre, o nosso amigo Victor Fonseca, que juntamente com a sua dedicada tripulação composta pelo amigos Emanuel e João Gouveia, tratam a "ELECTRA" com grande "carinho", estando esta lancha em boas mãos. Quando os nossos políticos, e não só fazem discursos referindo que temos que apostar no mar e na industria com ele relacionada, as lanchas de Pilotos da APTG são essa intenção materializada pois foram construídas nos Estaleiros Navais de Peniche, S.A., ostentando com orgulho o símbolo Made in Portugal.
Copyright vídeo: Captain Stefanos Papadopoulos/Copyright fotos: MM Bettencourt.

sábado, 21 de agosto de 2010

O dia da BOX






Na passada 5ª-feira dia 18 de Agosto, operou no porto da Graciosa o navio "Paulo da Gama" dos Transportes Marítimos Graciosenses, Lda., e o "RUBY" da Box Lines Navegação, S. A., confirmando assim a 5ª-feira como o dia em que o porto regista maior movimento.
A escala do "RUBY" verifica-se numa altura em que se espera a confirmação da Autoridade para a concorrência da aquisição da Box Lines por parte do Grupo Sousa, sobre este tema ontem a RTP-Açores referia que o Sr. Luís Miguel Sousa terá dito que ainda é cedo para definir estratégias mas que é sua intenção manter a linha dos Açores e se possível proceder a melhorias. Espero pois que a Box Lines continue prestando um bom serviço à minha ilha pois considero esta uma escala de enorme importância económica.
Copyright fotos: MM Bettencourt, Graciosa.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Sombra.

Ao zarpar, o Grand Voyager projeta sua sombra no dique Sul. S/C de Tenerife 20 de Agosto 2010.

"Madeirense 3" na frota da Box Lines

Box Lines navio para a linha da Madeira
Copyright foto: João Abreu, Funchal.
O navio "Madeirense 3" vai passar a fazer parte da frota da Box Lines Navegação, S.A., ficando encarregue da linha da Madeira que estava sem navio depois da partida do "BBC Scotland". O "Madeirense 3" fica assim numa linha que já efectuava mas com a bandeira ENM, agora troca as cores desta pelas da Box Lines, que brevemente passará a fazer também parte do Grupo Sousa tal como a ENM . Quanto à ENM irá colocar na linha da Madeira o novo navio e recentemente inaugurado no Porto do Porto Santo o "Funchalense 5" ( Fotos 1- 2).
Box Lines navios na Linha dos Açores

N/M "RUBY"

N/M "APOLO"
Copyright fotos: MM Bettencourt, Graciosa.

"Oriana" em Ponta Delgada


No passado dia 18 de Agosto 4ª-feira, o navio de cruzeiros da P&O Cruises escalou o Porto de Ponta Delgada, tendo atracado no caís de cruzeiros Portas do Mar, depois da sua escala na Ilha Verde o navio seguiu para o Porto da Horta, Faial. Para quem têm especial interesse pelo movimento de navios de cruzeiros nos Açores pode acompanhar o mesmo no Blog Azores Cruise Club .
Num primeiro olhar para estas belas fotos do amigo António Simas, fiquei um pouco assustado pois pensei que a bela cidade de Ponta Delgada tinha sido atacada por dinossauros, felizmente tinha observado mal, apenas se trata de uma exposição intitulada DinoWolrd, que está patente no Pavilhão do Mar até 24 de Setembro, podendo ser visitada das 16:00 horas ás 23:00 horas, crianças até 6 anos 1 euro e restantes idades 2,5 euros.
Copyright fotos: António M. Dias de Simas, S. Miguel.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Ferry "Golfinho Azul" ano 2002

Se recordar é viver vamos então recordar o ferry "Golfinho Azul" numa das suas escalas no porto da Graciosa em Agosto de 2002, na altura a operadora era a Açorline que tinha a participação do Grupo Madeirense Sousa. Ao olhar para estas imagens de arquivo, cedidas gentilmente pelo colega e amigo Carlos Medeiros, faz-me pensar que estes últimos 8 anos foram férteis em acontecimentos relacionados com o porto e com o transporte ferry nos Açores. Quanto ao porto cresceu a sua área de terraplenos e linha de caís passando de 190 mts para um pouco mais de 230 mts, tendo originado um novo alinhamento que torna agora as manobras dos navios mais seguras, para além disso o porto encontra-se muito melhor sinalizado com farois de enfiamento e bóias no canal de navegação, o que permite entradas nocturnas desde que as condições metereológicas sejam favoraveis, como é óbvio. Para além de tudo isto o Porto Comercial têm agora na baía a companhia do Porto de Pescas, um sector que evoluiu bastante.
Mas se as estruturas portuárias mudaram já no transporte ferry as mudanças fizeram-se sentir na automação da operação das rampas laterais, no entanto estes ferrys continuam a transportar apenas viaturas e passageiros. Será que a construção das futuras rampas ro-ro nos portos irá originar uma 2ª fase no transporte ferry dos Açores, passando estes a incluir a chamada carga rodada como acontece noutros arquipélagos?
Quanto a este "Golfinho Azul" foi o primeiro nesta novela ferry nos Açores, lembro algumas saídas complicadas no porto da Graciosa com o vento lateral de sudoeste dificultando muito a sua saída. Na altura era necessário ter um ângulo maior de abertura para vencer a cabeça do molhe mas ás vezes lá se abortava a primeira tentativa, depois mudava-se para o plano B e com a perícia do Comandante e a assessoria técnica do Piloto de Barra lá saia. Claro que reboques não havia e a polivalente "Electra" era na altura um sonho, e por falar em lancha de Pilotos a velhinha "Manu" chegou a ficar presa naquele verdugo do casco, a sorte foi o Golfinho Azul ter feito um movimento contrário permitindo à lancha e tripulantes escapar sem grandes danos.
O "Golfinho Azul" foi construído em 1969 pelos estaleiros Jos L. Meyer Verft em Papenburg na Alemanha com o casco nº 545, sendo originalmente nomeado de "Vikinfjord" tendo ainda ostentado os nomes de "Prinz Hamlet II", "Agadir", "Ouranos", e claro "Golfinho Azul". Tinha 108.1 metros de comprimento, 17.4 metros de boca e 5.97 metros de calado, sendo propulsionado por dois motores MAN de 9860 KW com o intuito de atingir uma velocidade de 21,5 nós. Dispondo de uma capacidade para 1000 passageiros e 160 viaturas, foi segundo informação do Blogue dos Navios e do Mar vendido a interesses Indianos, tendo partido do Tejo com o nome de "Golf".