Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Bom Ano Novo!

© Copyright fotos: Paulo Renato, Canadá.
Pesquisa de dados técnicos: Paulo Peixoto, EUA.
 Este é o último post de 2013, as fotos são do meu Amigo Paulo Renato, Canadá, e relembram que hoje para além do fecho do ano também encerra a navegação no Canal Welland. Aproveito este post, e Agradeço a Todos os que participam na edição deste blog, e são muitos, em vários Países, alguns nomes estão nas respectivas Galerias Fotográficas (Etiquetas), outros ajudam de diferentes formas, a Todos os co-Editores, Obrigado pela partilha e Amizade,o blog não é meu, é Nosso!
Aos co-Editores,Visitantes, Comentadores,  Votos de um Bom Ano Novo!
Nome: SLOMAN HERAKLES.
Tipo de Navio: Petroleiro.
IMO: 9466726.
Indicativo: V2FY4.
Bandeira: Antigua e Barbuda.
Porto de Registo: St. John's.
Operadores: Sloman Neptun Schiffahrts- Bremen, Alemanha.
Ano de Construcao: 2012.
Estaleiro: Jiangzhou Union Shipbuilding Co. Ltd.- Ruichang, Republica Popular da China. Casco#JZ1023.
Comprimento Fora a Fora: 145,15 metros.
Boca Maxima: 23.03 metros.
Calado: 8,81 metros.
Arqueacao Bruta: 11,246 toneladas.
Porte Bruto: 16,417 toneladas,
Potencia de Maquina: 4,440 kw (6,037 hp), 1 helice FP.
Velocidade de Servico: 13,50 nos.
Nome: ALGOMA EQUINOX.
Tipo de Navio: Graneleiro.
IMO: 9613927.
Indicativo: XJBH.
Bandeira: Canada.
Porto de Registo: St. Catharines, Ontario.
Operadores: Algoma Central Corp.- St. Catharines, Ontario, Canada.
Ano de Construcao: 2013.
Estaleiro: Nantong Mingde Heavy Industry Co. Ltd.- Tongzhou, Republica Popular da China Casco#MD149.
Comprimento Fora a Fora: 225,55 metros.
Boca: 23,77 metros.
Calado: 9,51 metros.
Arqueacao Bruta: 24,100 toneladas.
Porte Bruto: 39,400 toneladas,
Potencia de Maquina: 8,725 kw (11,863 hp), 1 helice FP.
Velocidade de Servico: 14,00 nos.
Velocidade Maxima: 16,00 nos.
Nome: ALGOMA SPIRIT.
Tipo de Navio: Graneleiro.
IMO: 8504882.
Indicativo: CFN4309.
Bandeira: Canada.
Porto de Registo: St. Catharines, Ontario.
Operadores: Algoma Central Corp.- St. Catharines, Ontario, Canada.
Ano de Construcao: 1986.
Estaleiro: Brodogradiliste '3 Maj'- Rijeka, Croacia, Jugoslavia. Casco#634
Comprimento Fora a Fora: 222,13 metros.
Boca Maxima: 23,14 metros.
Calado: 9,78 metros.
Arqueacao Bruta: 23,271 toneladas.
Porte Bruto: 34,685 toneladas,
Potencia de Maquina: 8,300 kw (11,285 hp), 1 helice CP.
Velocidade de Servico: 14,25 nos.
Nomes Anteriores: Petka (1986-2000) e Sandviken (2000-2008).

domingo, 29 de dezembro de 2013

Mega Iate "Lady Britt" em Boston


® Copyright fotos: Paulo Peixoto, Boston / Galeria fotográfica AQUI
  Mega Iate "Lady Britt", dia ontem  no porto de Boston, mais um registo do Amigo Paulo Peixoto.
Nome: LADY BRITT.
IMO: 1011056.
Indicativo de Chamada: ZGBD2.
Numero de MMSI: 319594000.
Bandeira: Ilhas Cayman.
Porto de Registo: George Town.
Donos e Operadores: Vessel Safety Management- Fort Lauderdale, Florida.
Class: Lloyd's Register.
Ano de Construcao: 2011.
Data de Entrada ao Activo: 15/02/2011.
Estaleiros: Scheepswerf Slob B.V. (Casco)- Papendrecht, Holanda.
                 de Vries Scheepsbouw B.V. (Resto da Embarcacao)- Aalsmeer, Holanda. Casco#681.
Comprimento Fora a Fora: 63,00 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 54,77 metros.
Boca Maxima: 11,55 metros,
Pontal: 5,18 metros.
Calado: 3,60 metros.
Deslocamento: 1,148 toneladas.
Arqueacao Bruta: 1,231 toneladas.
Arqueacao Liquida: 369,00 toneladas.
Potencia de Maquinas: 4,134 hp (3,040 kw), 1,600 rpm. 2 helices FP, 405,00 rpm.
Velocidade de Servico: 16,00 nos.
Potencia de Maquinas Auxiliares: 789,00 kw.
Potencia de Geradores Auxiliares: 600,00 kw.
Potencia de Thruster- 272,00 bhp (200,00 kw).


sábado, 28 de dezembro de 2013

O Canal do Panamá e os Açores.

Panama Canal Gatun Locks ® Wikipédia
“Os Açores vão estar no centro do futuro do mar português. O arquipélago será determinante para o transporte marítimo ...” Jornal Expresso 21/12/2013

Autor: Gonçalo Almiro Matos Costa

Só quem andar, muito,  distraído não se terá  apercebido do alcance da ideia  acima  transcrita.
Na verdade,  é já no ano de 2014  que se irá inaugurar o alargamento do Canal  do Panamá, permitindo assim que uma nova geração de navios  chamados de post-panamax (que podem atingir os  366 metros de comprimento, 49 de largura e 15 de calado) cruzem  os oceanos, pacifico e atlântico,  entre a Asia e a Europa .
Esta renovada “autoestrada” marítima  tem a particularidade de se situar, grande parte dela, em aguas  sob   jurisdição Portuguesa e  é aqui que entra a importância do arquipélago dos Açores, situado  no meio do oceano atlântico,   onde haverá um grande aumento de trafego marítimo, mais concretamente   a Sul do Grupo Oriental    .
Ok e qual será a melhor maneira de os Açores aproveitarem a sua estratégica localização?
Vamos por partes, em primeiro lugar é necessário gerir, vigiar e garantir a segurança  desta  nossa  autoestrada marítima ou seja o Estado Português  deverá  reforçar os meios navais e aéreos,  entre outros,  para assim poder  garantir  uma  efetiva soberania Portuguesa em toda a área da sua jurisdição, legitimando por esta via  a cobrança de taxas e serviços  relacionados com a segurança, gestão de tráfego, monitorização ambiental, resgate de feridos etc .
Imagem retirada daqui
Em segundo lugar  é necessário obter mais valias para a economia dos Açores devido ao intenso tráfego marítimo espectável. Desde a prestação de serviços de saúde  de emergência , reabastecimento em alto mar (combustíveis, mantimentos, correio etc) , rotação de tripulação (possibilidade de utilização da capacidade hoteleira para descanso da tripulação), acesso a redes de telecomunicação de redes moveis (voz e dados), rebocadores (em caso de acidentes e avarias),  reparações de emergência, etc.
Enfim aguardemos mais desenvolvimentos deste novo desígnio nacional que é o mar  em que incontornavelmente os Açores não só fazem parte como são,  em grande medida, a razão  desse mesmo desígnio.


PS: Há quem defenda  a utilização de alguns  portos dos Açores  como escala  de navios post-panamax, esta opção é completamente inviável pois não se “desvia “ um navio desta dimensão para descarregar/carregar  alguns contentores,  alem de que nenhum porto dos Açores tem capacidade de receber navios com mais do que 12 metros de calado, alias o único porto português com capacidade para receber este tipo de  navios é o Porto de Sines. 
 PS: Desejo aos meus leitores  uma boa passagem de ano e boas entradas para o ano de 2014, Gonçalo Almiro Matos Costa

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Conheça os excelentes interiores do novo ferry, "Mestre Simão"


© Copyright fotos: Atlânticoline; Miguel Nóia.
Os novos ferrys da Atlânticoline, nomeados de, "Mestre Simão" e "Gilberto Mariano", recentemente chegados aos Açores, em breve estarão ao serviço das populações das chamadas ilhas do triângulo. Será certamente um significativo upgrade ao actual serviço, quer pelas excelentes condições de conforto e segurança que irão usufruir os seus passageiros, mas também pela implementação de uma verdadeira,  "ponte" entre as 3 ilhas (Faial, Pico, S. Jorge), em virtude da sua vertente ferry. Este processo representa uma nova visão daquilo que quanto a mim deve ser as ligações marítimas inter-ilhas,  baseada no conceito ro-pax. Para quem não pode ter  pontes, esta é sem dúvida a melhor alternativa, em vez de circular com carro na ponte, é a ponte que circula com o carro, nada mais simples!
De realçar que este processo de construção dos novos ferrys, levado a cabo pela actual Administração da Atlânticoline, presidida pelo Dr Carlos Reis, conseguiu algo de  extraordinário em concursos públicos, que foi o facto de este  não ter registado derrapagens orçamentais e de as construções terem sido concluídas dentro do prazo previsto. Algo que deve servir de exemplo mesmo para outros contratos públicos que nada tenham a ver com navios.
Publico algumas fotos dos excelentes interiores do ferry "Mestre Simão", estas imagens vão desde a enfermaria (que oferecerá maior privacidade aos doentes e acompanhantes), casa das máquinas, camarotes, cozinha, wc´s, decks e ponte de comando que me deixou encantado. Não podendo avaliar questões técnicas, posso contudo ter opinião sobre o que vejo, e esta não podia ser melhor, apetece-me fazer uma  viagem!
Nome: Mestre Simão
Nº IMO: 9690482
Ind. chamada: CSLX 
Bandeira: Portuguesa
Porto de registo: Horta
Tipo: Passgeiros
T.A.B.: 748
D.W.T.: 224
Comprimento: 40 mts
Boca:10,75 mts
Máquinas (2): MTU Friedrichshafen GmbH  - 16V4000M63L (3,046 hp) at1,800 rpm.
Potência total: 4,480kW (6,092hp)
Velocidade máxima no teste de navegação de, 16,7 nós, tendo atingido com carga total 16,34. Quanto à velocidade de serviço, deverá situar-se nos 14-14,5  nós.
Operador: Atlanticoline SA
Estaleiro: Astilleros Armon SA - Navia casco nº 734
Sociedade Classificadora: BUREAU VERITAS















quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Navio "THE WORLD" no Natal.

THE WORLD:  Crucero y Residencia  
Eslora: 196,35     GT: 43188.
 É um navio de cruzeiro único em sua classe, porque os passageiros são ambos os proprietários dos apartamentos do barco (não cabines) e estão envolvidos na programação das viagens e despesas de manutenção do navio. Também as estadias em porto não são o usual em cruzeiro (8-10 h), eles podem ser aumentados por vezes vários dias.
 Diáfano
 Cómodo
 Cpt. Nemo.
A nave é distribuída em estúdios de 30m2, apartamentos (dois a quatro quartos) de 100 m2, as suites de aproximadamente 400 m2 e seis quartos.Os estudos estão disponíveis a partir de € 800.000, os apartamentos estão disponíveis a partir de 2 mm€. As suites podem chegar a cerca de 12 mm€. Aviso: Se você quer que despacha, uma suíte, apenas dois restantes disponíveis.
 Memorias de África.
 O navio chegou na manhã de 24 de Dezembro, marchando à meia-noite no dia de Natal, para dar tempo para os passageiros apreciar o concerto de Natal da Orch. S. de Tenerife, organizado pela autoridade portuária.
 The World acompañado del Saga Sapphire.
(©) Copyright fotos concierto: Fran Pallero, D.A. Tenerife.
(©) Copyright fotos aptos e + info:
http://aboardtheworld.com/
(©) Copyrights, texto y fotos exteriores:  Antonio Sáez, Tenerife.
Ruego excusen portugués empleado (traductor "offline")

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Porta Contentores "Bellavia" em Boston



© Copyright fotos e trabalho de pesquisa de dados técnicos: Paulo Peixoto, Boston.
 Cerca de 80% do comércio mundial é transportado por via marítima. Tendo por base estes números, que Pai Natal não utiliza os navios para fazer chegar as ofertas ás crianças (alguns com mais de palmo e meio)?  O moderno "trenó", "Bellavia", chegando a Boston, registado dia 21 do corrente mês, pelo nosso Amigo e Colaborador, Paulo Peixoto.

Nome: BELLAVIA.
Tipo de Navio: Contentores.
IMO: 9290440.
Indicativo: V7HB5.
Numero de MMSI: 538090148.
Bandeira: Ilhas Marshall.
Porto de Registo: Majuro.
Numero de Matricula: 90148.
Donos: Dauelsberg H- Bremen, Alemanha.
Operadores: MSC Mediterranean Shipping- Genebra, Suica.
Class: Germanischer Lloyd.
Ano de Construcao: 2005.
Data de Entrada ao Activo: 12/04/2005.
Estaleiro: Hyundai Heavy Industries Co. Ltd.- Ulsan, Coreia do Sul. Casco#1570.
Comprimento Fora a Fora: 294,12 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 283,20 metros.
Boca: 32,20 metros.
Pontal: 21,80 metros.
Calado: 13,55 metros.
Deslocamento: 87,038 toneladas.
Arqueacao Bruta: 53,807 toneladas.
Arqueacao Liquida: 32,867 toneladas.
Porte Bruto: 66,478 toneladas.
Numero de Tripulantes: 26.
Potencia de Maquina: 62,240 hp (45,778 kw), 102,00 rpm. 1 helice FP, 102,00 rpm.
Velocidade de Servico: 25,00 nos.
Velocidade Maxima: 25,50 nos.
Potencia de Geradores Auxiliares: 7,380 kw.
Potencia de Thruster: 2,447 bhp (1,800 kw).

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Boas Festas

Especialmente para Si, Um Abraço!
Feliz Navidad y Próspero Año Nuevo.
Καλά Χριστούγεννα και Ευτυχισμένο το Νέο Έτος.
Merry Christmas and Happy New Year.
Joyeux Noël et Bonne Année.
Frohe Weihnachten und Happy New Year.
God Jul og Godt Nytt År.
Buon Natale e Felice Anno Nuovo.
Hyvää Joulua ja Onnellista Uutta Vuotta.
Prettige Kerstdagen en Gelukkig Nieuwjaar

domingo, 22 de dezembro de 2013

sábado, 21 de dezembro de 2013

Ampliação do canal do Panamá (vídeo)


O programa de ampliação consiste na construção de dois complexos de eclusas de três níveis cada uma com três tanques de reutilização, uma no lado do Pacífico e outra do lado Atlântico. Este é o vídeo recente do actual estado das obras . Vídeo: elcanaldepanamatv

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

N/M "BERKAY N", na Praia da Vitória




© Copyright texto e fotos: Cmdte Rui Carvalho, Praia da Vitória.
Último navio de cereais/aditivos do ano, manifesta 2771 toneladas de Palmiste para o recebedor UNICOL. Num dia ventoso como o de hoje torna-se complicado e saturante fazer descarga deste tipo de produtos devido à poeirada criada.
DADOS TÉCNICOS:
Nome: BERKAY N.

Tipo de Navio: Carga Geral.
IMO: 8324086.
Indicativo de Chamada: PJSR.

Último porto: Dakar
Próximo porto: Vigo.
Número de MMSI: 306775000.

Bandeira: Curacao.
Porto de Registo: Willemstad.
Numero de Matricula: 2006-C-1853.

Operadores: Ranmarine Denizcilik- Istambul, Turquia.
Class: Bureau Veritas.

Ano de Construção: 1984.
Data de Entrada ao Activo: 19/10/1984.
Estaleiro: Nakatani Shipyard Co. Ltd.- Etajima, Japão. Casco#490.

Comprimento Fora a Fora: 83,10 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 77,10 metros.
Boca: 14,00 metros.

Pontal: 8,20 metros.
Calado: 6,67 metros.
Deslocamento: 4,572 toneladas.
Arqueação Bruta: 2,493 toneladas.

Arqueação Liquida: 1,449 toneladas.
Porte Bruto: 3,205 toneladas.
Gruas: 1X 40,00 toneladas, 2 X 20,00 toneladas.
Potencia de Maquina: 2,200 hp (1,618 kw), 320,00 rpm, 1 hélice FP, 310,00 rpm.

Velocidade de Serviço: 12,00 nos.
Potencia de Maquinas Auxiliares: 440,00 kw.
Potencia de Geradores Auxiliares: 256,00 kw.

Nomes Anteriores: Carp No. 1 (1984-1985), Tanah Air (1985-1993), Dragon Bali (1993-1998), Navifret Trader (1998-2000), Sea Lift (2000-2002), Berkay N (2002), e Ocean Success (2002-2005).
Trabalho de pesquisa de dados técnicos: Paulo Peixoto, Boston

FLNG, "Prelude"- O gigante da Shell com 488 metros


 © Copyright imagem e fonte: Shell
Depois de 14 meses de construção, o projeto "Prelude", um  FLNG (Floating liquefied natural gas), da Shell continua a fazer história. Medindo quase meio quilômetro de comprimento e pesando mais de 200.000 toneladas, o enorme casco da unidade foi lançado à água nos estaleiros da Samsung Heavy Industries, em Geoje, Coreia do Sul , dia  3 do corrente mês
Dados:
Nome: Prelude
IMO: 9648714
Bandeira: Austrália
Porto de registo: Fremantle
Operador: Shell devolepment Austrália
T.A.B. : 300 000 tons
Ano: conclusão em 2016
Estado actual: Lançado à água
Estaleiro: Samsung Heavy Industries, Coreia do Sul
Comprimento: 488 metros
Boca: 74 metros