Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

domingo, 30 de março de 2014

Mega Iate, "Rising Sun", em Ponta Delgada


© Copyright fotos: António Simas, S. Miguel.
Pesquisa de dados técnicos: Paulo Peixoto, Boston.
Algumas fotos que registam a  escala ontem no porto de ponta Delgada do mega iate, "Rising Sun". O "Rising Sun", é considerado o 10º maior do mundo na sua classe com 138 metros de comprimento, a sua construção em 2004 terá sido orçada em 200 milhões de dólares! Pertence aos empresários, Larry Ellison, CEO da Oracle Corporation, e a David Geffen, fundador das empresas de musica Asylum Records e Geffen Records.
 Nome: RISING SUN.
IMO: 8982307.
Indicativo: ZCII7.
MMSI: 319011000.
Bandeira: Ilhas Cayman.
Porto de Registo: George Town.
Matricula: 735610.
Donos e Operadores: Vessel Safety Management- Fort Lauderdale, Florida, EUA.
Classe: Germanischer Lloyd.
Ano de Construcao: 2004.
Data de Entrada ao Activo: 28/06/2004.
Estaleiro: Fr. Luerssen Werft GmbH & Co.- Bremen, Alemanha. Casco#13623.
Comprimento Fora a Fora: 138,60 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 127,00 metros.
Boca: 18,50 metros.
Calado: 4,85 metros.
Arqueação Bruta: 7,841 toneladas.
Arqueação Liquida: 2,280 toneladas.
Porte Bruto: 878,00 toneladas.
Potencia de Maquinas: 32,800 kw (44,596 hp), 2,300 rpm. 4 helices FP.
Velocidade de Serviço: 25,00 nos.
Pertence aos empresários Larry Ellison, CEO da Oracle Corporation, e a David Geffen, fundador das empresas de musica Asylum Records e Geffen Records.


sábado, 29 de março de 2014

"Thialf", o maior navio grua do mundo em Ponta Delgada- Reportagem fotográfica de António Simas



© Copyright fotos: António Simas, S. Miguel.
Pesquisa de dados técnicos: Paulo Peixoto, Boston.
Reportagem fotográfica da autoria do Amigo, António Simas, que regista a passagem hoje pelo porto de Ponta Delgada do maior navio grua semi-submersível do mundo o, "Thialf". O singular navio fazia-se acompanhar por dois rebocadores o "President Huber" e pelo "Kolga". 
Nome: PRESIDENT HUBERT
IMO: 8117471.
Indicativo: ORLD.
MMSI: 205067000.
Bandeira: Belgica.
Porto de Registo: Antuerpia.
Matricula: 01 00308 1996.
Donos: Unie van Redding Sleepdienst- Antuerpia, Belgica.
Operadores: Smit Transport Belgium NV- Antuerpia, Belgica.
Classe: Lloyd's Register.
Ano de Construcao: 1982.
Data de Entrada ao Activo: 12/11/1982.
Estaleiro: Niestern Sander B.V.- Delfzijl, Holanda. Casco#509.
Comprimento Fora a Fora: 60,46 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 53.60 metros.
Boca Maxima: 15,35 metros.
Pontal: 7,04 metros.
Calado: 6,25 metros.
Arqueacao Bruta: 1,738 toneladas.
Arqueacao Liquida: 521,00 toneladas.
Porte Bruto: 1,745 toneladas.
Numero de Tripulantes: 26.
Traccao Fixa: 160.00 toneladas.
Potencia de Maquinas Principais: 9,000 kw (12,236 hp), 600,00 rpm. 2 helices CP.
Velocidade de Servico: 16,00 nos.
Potencia de Maquinas Auxiliares: 1,166 hp.
Potencia de Geradores Auxiliares: 1,666 kw.
Numero de Thrusters: 3. 
 Nome: KOLGA.
Tipo de Embarcacao: Anchor Handling Tug Supply.
IMO: 9646326.
Indicativo: PCTR.
MMSI: 244790079.
Bandeira: Holanda.
Porto de Registo: Roterdao.
Donos e Operadores: Heerema Marine Contractors-NTH- Leiden, Holanda.
Classe: Lloyd's Register.
Ano de Construcao: 2013.
Data de Entrada ao Activo: 13/12/2013.
Estaleiro: Astilleros Armon Vigo SA- Vigo, Espanha. Casco#86.
Comprimento Fora a Fora: 72,00 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 63,00 metros.
Boca Maxima: 18,35 metros.
Pontal: 8,50 metros.
Calado: 7,30 metros.
Deslocamento: 6,613 toneladas.
Arqueacao Bruta: 3,470 toneladas.
Arqueacao Liquida: 1,041 toneladas.
Porte Bruto: 2,900 toneladas.
Traccao Fixa: 180,00 toneladas.
Potencia de Maquinas Principais: 12.000 kw (16,316 hp), 600,00 rpm. 2 helices CP, 150,00 rpm.
Velocidade Maxima: 14,00 nos.
Potencia de Maquinas Auxiliares: 2,600 kw.
Numero de Boilers: 1.
Potencia de Geradores Auxiliares: 6,898 kw.
Potencia de Thrusters: 2,640 kw (3,588 bhp).

Nome: THIALF.
Tipo de Embarcacao: Plataforma de Manutencao, semi-submersivel,
IMO: 8757740.
Indicativo: 3EAA4.
MMSI: 353979000.
Bandeira: Panama.
Porto de Registo: Panama.
Matricula: 1563786G.
Donos e Operadores: Heerema Marine Contractors-NTH- Leiden, Holanda.
Classe: Lloyd's Register.
Ano de Construcao: 1985.
Data de Entrada ao Activo: 07/1985.
Estaleiro: Mitsui Eng. & SB Co. Ltd.- Tamano, Japao. Casco#F573.
Comprimento Fora a Fora: 201,60 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 189,30 metros.
Boxa Maxima: 88,40 metros.
Pontal: 49,50 metros.
Calado: 13,30 metros.
Deslocamento: 198,754 toneladas.
Arqueacao Bruta: 136,709 toneladas.
Arqueacao Liquida: 41,012 toneladas.
Porte Bruto: 129,221 toneladas.
Gruas: 2X 7,100 toneladas.
Velocidade de Servico: 6,00 nos.
Potencia de Thrusters: 33,000 kw (44,868 bhp),
Nome Anterior: McDermott Derrick Barge No. 102. (1985-1998).

Inauguração do Navio "Gilberto Mariano"- Ilha do Pico (Vídeo-Manuel Soares)


Mais um excelente vídeo do Sr. Manuel Soares, desta vez relativo à bênção e apresentação pública do novo ferry "Gilberto Mariano", que decorreu no porto da Madalena, ilha do Pico dia 21 de Março.
© Copyright vídeo: Manuel Soares, Faial.

"Thialf", o maior navio grua do mundo, em Ponta Delgada


© Copyright foto: Paulo Sousa, S. Miguel (29-3-2014, navegando junto à ilha de S. Miguel)
O "THIALF", é o maior navio grua semi-submersível do mundo, tendo uma capacidade de elevação em tandem com as suas duas  gruas principais de 14 200 M/Tons, podendo elevar uma carga até 95 metros acima do deck e baixar uma carga até uma profundidade de 460 mts no raio mínimo das gruas. Este poderoso e fantástico navio grua, pertence à HEEREMA MARINE CONTRACTORS (que possui mais navios deste tipo), tendo sido construído para a MCDERMOTT, em 1985 como DB-102,  nos estaleiros Mitsui Engineering & Shipbuilding, e adquirida pela Heerema Marine Contractors em 1997.Como outros navios deste tipo está equipada com um sistema de posicionamento dinâmico Class III, que inclui 6 thrusters de 5 500 KW, em águas memos profundas poderá usar o seu sistema de ancoragem que inclui 12 ancoras de 22,5 tons cada, e para bombar  lastro possui um sistema com uma capacidade de  20 800 metros cúbicos por hora.
Em termos de acomodação fica-se pelas 685 pessoas, dispõe também de um heliporto com capacidade para operar um helicoptero Boeing 234 Chinook.
Dimensões: Comprimento 206,6 metros; Boca: 83,4 metros; Calado: 11,5 a 31, 16 metros.
Este fantástico navio, está hoje junto ao Porto de Ponta Delgada, o Amigo Paulo Sousa, teve a gentileza de partilhar esse momento com todos nós, Obrigado!
Fontes: Heerema Marine Contractors; Wikipédia.
(©) Copyright fotos: Heerema Marine Contractors


quarta-feira, 26 de março de 2014

Sistema de detecção de pedestres para máquinas industriais (Vídeo)


© Copyright vídeo: TaylorMachineWorks
Interessante  sistema de detecção de pedestres para máquinas industriais. Para entender a importância do primeiro vídeo, relativo a um sistema de detecção de pedestres  nas proximidades das máquinas nomeadamente empilhadores, julgo ser necessário e importante observar o segundo vídeo sobre os campos de visão destas máquinas. 
© Copyright vídeo: WorkSafeBC

Navios em Port Colborne, Lago Erie



© Copyright texto e fotos: Paulo Renato, Canadá.
Algumas fotos de navios atracados em, Port Colborne, na entrada do Welland no lago Erie, onde se pode ver como o gelo ainda se mantém à volta dos navios depois de um dos Invernos mais frios dos últimos vinte anos, o que poderá dificultar e muito a abertura do canal. Os tradicionais quebra gelo deverão dar uma ajudinha esta semana para que se proceda a "limpeza" do gelo.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Substituição dos navios em Hierro.

 Alcántara 2, SC Tenerife Noviembre 2013.
Em novembro passado, Armas começou a linha  Los Cristianos Hierro con o pequeno catamarã Alcántara2 de Austal 1990, alugado a Acciona . Nos últimos meses, verificou-se a fraca capacidade
frete e pouco operativo con "mar gruesa".
  Taburiente en Asticán.
 HSC Alborán llegando a S.C. Tenerife el 16 Marzo 2014.
Armas tem visto a necessidade de alugar o  catamarã Alborán, Incat 1999, do mesma classe que os Olsen, para sutituirlo neste linha, que tem uma subvençãode 18.000.000 € durante um período de
quatro anos.
O HSC Alboran va a começar primeiro entre Los Cristianos Gomera e SC Palma  durante varada em ASTICAN do V.Tijarafe,en sua sustituiçao.
HSC Alcántara 2 volta cobrir as linhas na Península.
Bentago y Alborán en Tenerife.
(©) Copyrights texto y fotos: Antonio Sáez, Tenerife.

sexta-feira, 21 de março de 2014

Primeira viagem do ferry, "Mestre Simão" - (Vídeo Manuel Soares)

Mais um excelente vídeo da autoria do Sr. Manuel Soares, ilha do Faial, desta vez referente à primeira viagem do ferry "Mestre Simão".
© Vídeo: Canal : Manuel Soares

Grande Plano - RTPAçores, debate sobre o PIT


Interessante programa da RTP Açores, que debateu o PIT (Plano Integrado de transportes). Depois de ouvir o programa volto a fazer um apelo aos responsáveis políticos (das várias cores), Tenham coragem de assumir o Povo dos Açores como sua primeira prioridade!
Vídeo: RTP Açores

Investimento no transporte marítimo reforça competitividade e coesão regional


O Presidente do Governo dos Açores afirmou hoje que os diversos investimentos na melhoria do setor do transporte marítimo de passageiros integram-se na estratégia definida de aproveitar o potencial do Mar, de aumentar a competitividade da economia e de reforçar a coesão entre as nove ilhas do arquipélago.          

“Estes três objetivos vêm reforçar a estratégia que o Governo prossegue, não de se substituir a privados, mas sim, como aconteceu com a entrada em funcionamento destes navios e com o transporte de viaturas, de trabalhar com devida articulação e concertação com as entidades privadas que já assumem este serviço”, afirmou Vasco Cordeiro.

O Presidente do Governo, que falava na Madalena do Pico, na bênção e apresentação pública do novo navio “Gilberto Mariano”, salientou que, a nível regional, assiste-se a um processo de transformação do setor do transporte marítimo de passageiros, através das intervenções nas infraestruturas portuárias e de novos navios.

Além do “Mestre Simão” e do “Gilberto Mariano”, apontou os exemplos do novo Terminal de Passageiros da Horta, da construção em curso do novo Terminal da Madalena, da ampliação do cais comercial das Velas e do investimento previsto para o cais comercial de São Roque, que assumem uma lógica integrada em si.

Segundo disse, estes investimentos que estão a ser feitos aos mais diversos níveis, assim como os futuros navios de maior dimensão, integram a estratégia do Governo que visa servir três objetivos perfeitamente definidos.

“Em primeiro lugar, o potencial que o Mar representa para nós, área onde há ainda muito caminho a fazer, aproveitando aquilo pode significar como via de comunicação”, adiantou Vasco Cordeiro.

O segundo objetivo dessa estratégia é o aumento da competitividade da economia, através da melhoria da circulação de pessoas e bens entre as nove ilhas, realçou o Presidente do Governo, ao frisar que este é um objetivo estratégico que o Governo vem prosseguindo com vista à constituição de um mercado interno.

De acordo com Vasco Cordeiro, o terceiro pilar dessa estratégia assenta no reforço da coesão regional, tendo em conta que estes investimentos garantem as condições para que as diversas ilhas se possam sentir mais integradas e como parte do todo que são os Açores.

Na sua intervenção, o Presidente do Governo salientou, por outro lado, que o “Mestre Simão”, que hoje começou a operar, e o “Gilberto Mariano”, que sábado inicia as ligações, marcam uma nova fase no transporte marítimo de passageiros nesta zona do arquipélago.

“Estes dois navios, que significaram um investimento superior a 18 milhões de euros, estão agora ao serviço de quem é a razão de ser deste tipo de investimento: as Açorianas e os Açorianos”, afirmou.

“Muito foi e tem sido dito a propósito destes novos navios, nuns casos por ignorância, noutros por consciente maledicência, mas hoje aqui estamos a comprovar que, efetivamente, este investimento está ao serviço destas ilhas, dos Açores, e foi planeado e definido para ser um fator acrescido de comodidade e conforto para a mobilidade nesta zona do nosso arquipélago”, frisou Vasco Cordeiro.

Depois de realçar que a escolha do nome para estes navios foi uma homenagem ao Mestre Simão e a Gilberto Mariano, duas figuras históricas do transporte marítimo de passageiros no Triângulo, Vasco Cordeiro anunciou que o novo Terminal de Passageiros da Madalena será batizado com o nome "João Quaresma", outra das figuras que marcou este setor no Grupo Central.
 © Copyright texto: GACS/PC
© Copyright fotos: Miguel Nóia; Gacs/JAR

quinta-feira, 20 de março de 2014

"Express Santorini" e "Hellenic Wind", em Perama, Grécia

© Copyright fotos: Stefanos Papadopoulos, Grécia.
Enquanto o ferry, "Express Santorini", navegava rumo à doca-seca,  o Amigo Cte. Stefanos, tirou estas duas fotos, com destaque para o HSC "Hellenic Wind", atracado em Perama, Grécia. Já tenho saudades dos ferrys, das festas e das férias!

Navio escola alemão, "Alexander Von Humboldt II", em Ponta Delgada

Navio escola alemão, "Alexander Von Humboldt II", atracado ontem em Ponta Delgada, um registo do Amigo, António Simas.
NOME: ALEXANDER VON HUMBOLDT II.
IMO: 9618446.
Indicativo: DDKK2.
MMSI: 218768000.
Bandeira: Alemanha.
Porto de Registo: Bremerhaven.
Donos e Operadores: Deutsche Stiftung Sail DSST- Bremerhaven, Alemanha.
Classe: Germanischer Lloyd.
Ano de Construcao: 2011.
Data de Entrada ao Activo: 07/10/2011.
Estaleiro: BVT Brenn- Bremen, Alemanha. Casco#04.
Comprimento Fora a Fora: 65,05 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 47,40 metros.
Boca: 10,00 metros.
Pontal: 6,75 metros.
Calado: 5,00 metros.
Deslocamento: 1,805 toneladas.
Arqueacao Bruta: 763,00 toneladas.
Porte Bruto: 820,00 toneladas.
Numero de Tripulantes: 79.
Tipo de Propulsao Principal: 24 velas, tres mastros.
Potencia de Maquina Auxiliar: 551,00 kw (749,00 hp), 1,900 rpm. 1 helice FP.
Numero de Thrusters: 1.
© Copyright foto: António Simas, S. Miguel.
Trabalho de pesquisa de dados técnicos: Paulo Peixoto, Boston.

quarta-feira, 19 de março de 2014

N/T "Chem Daisy", no fundeadouro





© Copyright fotos: MM Bettencourt, Graciosa.
O navio tanque, "Chem Daisy", chegou ao porto da Graciosa no passado domingo tendo fundeado, o que permitiu umas fotos diferentes! Havia de entrar ao fim da manhã de segunda-feira dia 17 de Março, para descarregar o seu precioso líquido, largando ao fim do dia rumo ao porto da Velas.



terça-feira, 18 de março de 2014

Novo ferry, ‘Gilberto Mariano’, apresentado ao público no próximo dia 21 de março

Fonte: Atlânticoline
© Copyright fotos: Miguel Nóia, Faial.
O navio ‘Gilberto Mariano’, o segundo encomendado pela Atlânticoline para substituir os atuais “cruzeiros” que fazem a ligação das ilhas do Triângulo, será apresentado ao público no próximo dia 21 de março, pelas 11h30.
A cerimónia de bênção e apresentação deste segundo navio terá lugar no cais da Madalena, no Pico, ilha em que nasceu e viveu Gilberto Mariano. 
O navio encontra-se já certificado, entrando ao serviço no dia seguinte ao da sua apresentação (sábado, 22 de março). Entretanto, o navio ‘Mestre Simão’ entrará ao serviço já na próxima sexta-feira.

Recordando um diferente modelo de transporte marítimo de passageiros e viaturas proposto pelo Sr. Cte Lizuarte Machado

 Recordando um diferente modelo de transporte marítimo de passageiros e viaturas, proposto anteriormente pelo Sr. Cte. Lizuarte Machado. Destacando-se  neste modelo a opção por navios do tipo catamaran. 







Nota: O trabalho gráfico apresentado terá como autor o Sr Cte. Lizuarte Machado.

domingo, 16 de março de 2014

O Gigante SEDCO710.



 A plataforma de 30 anos de idade, chega em quinta-feira a Tenerife para uma revisão completa, que vai durar três meses. Ela vem do Golfo da Guiné, que prestou serviços offshore. O SEDCO710, que é propriedade do grupo EUA Transocean, foi construído em 1983 no Japão pela Mitsui Engineering.
 Ele foi rebocado pela incrível Pacific Champion 2011, 86m comprimento gt 4500, 16300cv e força de tração de 190t (205t max).
 
 Foi necessário reforçar em o segundo alinhamento do dique Leste 8 bolardos (cabeços) de 100t c.u e um de 150, por segurança do gigante.
(©) Copyrights texto y fotos: Antonio Sáez, Tenerife.