Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

N/M "Sete Cidades", enfrentando a tempestade




© Copyright fotos: Mário Silva, Terceira.
Uma espetacular sequência de fotos da autoria do amigo e colaborador deste blog, Mário Silva, relativas ao navio porta-contentores, "Sete Cidades", do armador português, Transinsular, enfrentando a tempestade hoje ao largo da ilha Terceira. O navio deu entrada hoje no porto da Praia da Vitória ao inicio da tarde, depois de uma  primeira tentativa  efetuada pela manhã. 
De referir que para além do forte temporal que assola desde alguns dias os Açores e, consequentemente a operação dos navios, outra "tempestade" que assola o porto de Lisboa, neste caso sindical, está a afectar fortemente a programação dos navios porta-contentores que asseguram a  ligação fundamental deste arquipélago ao continente português, Madeira e resto do mundo, e consequentemente a economia das ilhas.
Nome: SETE CIDADES.
Tipo: Porta Contentores e Carga Geral.
IMO: 9150432.
Indicativo: CSAJ.
MMSI: 263755000.
Bandeira: Portugal.
Porto de Registo: Lisboa.
Matricula: J-424.
Donos e Operadores: Transinsular- Lisboa, Portugal.    
Classe: Bureau Veritas.
Ano de Construção: 1999.
Data de Entrada ao Activo: 12/1999.
Estaleiro: Estaleiros Navais de Viana do Castelo S.A.- Viana do Castelo, Portugal. Casco#205.
Comprimento Fora a Fora: 100,60 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 93,00 metros.
Boca: 16,50 metros.
Pontal: 8,00 metros.
Calado: 6,31 metros.
Deslocamento: 7,342 toneladas.
Arqueação Bruta: 3,979 toneladas.
Arqueação Liquida: 1,941 toneladas.
Porte Bruto: 4,969 toneladas.
Numero de Tripulantes: 12.
Gruas: 2X 40,00 toneladas.
Potencia de Maquina Principal: 3,472 kw (4,721 hp), 600,00 rpm. 1 hélice CP, 162,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 15,70 nos.
Potencia de Maquinas Auxiliares: 1,110 kw.
Potencia de Geradores Auxiliares: 1,180 kw.
Potencia de Thruster: 350,00 kw (476,00 bhp).
Pesquisa de dados técnicos: Paulo Peixoto Boston, EUA.




quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

O icónico, "Queen Elizabeth", no Porto da Praia da Vitória


© Copyright texto e fotos: Cte Rui Carvalho, Praia da Vitória.
Uma grande honra foi oferecida ao porto da Praia da Vitória e à Ilha Terceira pelo operador Cunard Line, Ltd. através da escala de um dos seus icónicos navios, o elegante e exclusivo QUEEN ELIZABETH. Num fantástico dia para receber a Rainha, a ilha engalanou-se numa miríade de atividades e momentos de entretenimento para os 1990 passageiros que hoje nos visitaram, pela mão de dúzias de entidades turísticas, públicas e privadas. É para dias destes que este pequeno porto vive.




Dados técnicos:
Nome: QUEEN ELIZABETH.
Tipo: Passageiros/Cruzeiro.
IMO: 9477438.
Indicativo: ZCEF2.
MMSI: 310625000.
Bandeira: Bermuda.
Porto de Registo: Hamilton.
Número Oficial: 916716.
Donos e Operadores: Cunard Line Ltd.- Southampton, Inglaterra, Reino Unido.
Classe: Lloyd's Register.
Ano de Construção: 2010.
Estaleiro: Fincantieri- Monfalcone, Italia.-Casco#6187.
Comprimento Fora a Fora: 294,00 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 265.36 metros.
Boca Máxima: 32,29 metros.
Pontal: 10,80 metros.
Calado: 7,90 metros.
Deslocamento: 46,729 toneladas.
Arqueação Bruta: 90,901.
Arqueação Líquida: 50,157.
Porte Bruto: 7,685 toneladas.
Número de Convés: 16. 12 para passageiros. Número de Cabines: 1,046. Número de Camas: 2,250. Número de Tripulantes: 1,253.
Potência de Máquinas: 64,000 kW (87,014 hp), 514,00 rpm. 2 hélices Azimutais, 150,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 21,70 nós.
Velocidade Máxima: 24,00 nós.
Potencia de Maquinas Auxiliares: 1,278 kw.
Número de Caldeiras: 3.
Potência de Thrusters: 2,200 kw (2,991 bhp).
Trabalho de pesquisa de dados técnicos: Paulo Peixoto, Boston, EUA.




terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Younicos vs Chem Daisy


O navio tanque, "Chem Daisy", efectuou ontem a vigésima escala do ano no porto da Graciosa. Provavelmente voltará antes do final do ano efectuando assim número idêntico de escalas registadas no ano anterior. No  decorrer do próximo ano, provavelmente assistiremos a uma significativa redução de escalas,  em virtude da entrada em funcionamento do projecto da empresa alemã Younicos, que se encontra numa fase avançada de construção.
Relembro que este projecto visa abastecer a ilha recorrendo à energia eólica e à energia solar, ou seja, terá como consequência uma quebra muito significativa do consumo de gasóleo na ilha, uma vez que a Central Termoeléctrica da Graciosa é o maior cliente do parque de combustíveis da Bencon SA.


sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Estreia do N/T "Marte", na Praia da Vitória

© Copyright texto e fotos: Cte Rui Carvalho, Praia da Vitória.
A estreia do navio butaneiro "MARTE" no porto da Praia da Vitória foi para todos nós uma novidade agradável, uma variação ao habitual "EPIC CAPRI" que nos visita todos os meses, e uma possibilidade de conhecer novos navios por estas bandas.
Nome: MARTE
Tipo: Navio Butaneiro.
IMO: 9269374.
Indicativo: 9HA2059.
Bandeira: MALTA.
Porto de Registo: VALLETTA.
Donos: Marte Shipping BV
Operadores: Anthony Veder Gas Carriers BV
Classe: Registro Italiano Navale.
Ano de Construção: 2004.
Estaleiro: Poli S.P.A.- Casco#197.
Comprimento Fora a Fora: 74,94 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 69,70 metros.
Boca: 14,20 metros.
Calado máximo: 6,49 metros.
Arqueação Bruta: 2.708.
Arqueação Liquida: 820.
Porte Bruto: 3.090.
Potência de Máquina: 3.824 kW. 2 Azipod.
Velocidade de Serviço: 13,50 nós.


Pesquisa de dados técnicos: Paulo Peixoto, Boston. EUA.

TMG Lda. alteram ligação com a Graciosa

Comunicado da empresa, Transportes Marítimos Graciosenses, Lda.
Vimos comunicar aos nossos clientes que na sequência de uma reunião havida com o Governo Regional sobre a ligação com a Graciosa, ficou estabelecido que a escala semanal será alterada para a 5ª Feira, desde que a carga frigorifica nos seja entregue na 3ª ou 4ª Feira.

Desde que haja atrasos na chegada daquele tipo de carga, dada as suas características e importância no sector alimentar, a nossa saída acompanhara essa alteração.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Estreia do paquete "Aurora", na Praia da Vitória, estabelece novos recordes




© Copyright texto e fotos e gráficos: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Registo da estreia do paquete AURORA no porto da Praia da Vitória, a qual estabelece um novo recorde no comprimento fora-a-fora (270 metros), arqueação (76.152) e de passageiros em trânsito (1.820) para este porto. Com esta última escala esperada para a Ilha Terceira em 2015 podemos fazer um balanço muito positivo, uma vez que se alcançaram resultados muito acima dos registados em anos anteriores, reflectindo um trabalho muito sério e árduo feito pelos agentes turísticos envolvidos, tal como indicam os gráficos apresentados abaixo. Resulta daqui uma maior responsabilidade futura, pois os desafios agora definidos e que se apresentam, vão exigir maior exigência e mais trabalho por parte das entidades privadas e públicas de forma a dar uma resposta efectiva e de qualidade à procura deste destino por parte dos operadores internacionais. Muito há a fazer, coragem.






Nome: AURORA
Tipo: Passageiros/Cruzeiro
IMO: 9169524
Indicativo: ZCDW9
MMSI: 310556000
Bandeira: BERMUDA
Porto de Registo: HAMILTON
Operadores: P&O Cruises
Classe: Lloyd's Register
Ano de Construção: 2000
Estaleiro: Jos L Meyer GmbH
Comprimento. Fora a Fora: 270 mts.
Comprimento entre Perpendiculares.: 247,55 mts.
Boca Máxima: 33,60 mts.
Calado: 8,40 mts.
Arqueação Bruta: 76.152 
Arqueação Líquida: 40.037 
Porte Bruto: 8.486 
Número de Convés: 13
Número de Passageiros: 1820
Número de Tripulantes: 805
Potência de Máquinas: 56.000 KW.
2 FP propellers @ 140 rpm 
Velocidade de Serviço: 24 nós
Número de Thrusters: 3 + 1
Pesquisa de dados técnicos: Paulo Peixoto, Boston, EUA.