Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Reparação dos danos da cabeça do molhe poente do Núcleo de Recreio Náutico das Lajes das Flores

A empresa pública Portos dos Açores, S.A. acaba de lançar um concurso público com vista à execução da “empreitada para reparação dos danos causados pelos temporais de 26 a 28 de fevereiro e de 2 e 3 de março de 2018 na cabeça do molhe poente do Núcleo de Recreio Náutico do Porto das Lajes das Flores”, tendo o respetivo anúncio do procedimento sido publicado ontem, no Diário da República (Anúncio de procedimento n.º 1646/2019 - Diário da República n.º 35/2019, Série II de 2019-02-19 / Parte L – Contratos Públicos). Este concurso público, com um preço base em € 700.000,00 (setecentos mil euros), acrescidos do IVA à taxa legal em vigor e é hoje também publicitado no Jornal Oficial da Região Autónoma dos Açores (Anúncio n.º 42/2019 – Jornal Oficial, II Série, n.º 36, de 2019-02-20), sendo o prazo definido para a execução dos trabalhos de 15 meses. A obra compreende, em concreto, a remoção do bloco da cabeça do molhe poente que foi derrubado, a dragagem do canal de entrada e bacia do núcleo de recreio náutico, para recuperação das respetivas cotas de serviço e, ainda, a reconstrução da estrutura danificada, com consolidação das respetivas fundações e reinstalação do farolim de assinalamento marítimo. Acresce a isto a reabilitação da cabeça do molhe exterior (Norte), do mesmo núcleo de recreio náutico, com a reposição de enrocamentos removidos pelos últimos temporais verificados, bem como a recuperação dos pontões flutuantes danificados e respetivas redes técnicas.
Portos dos Açores, S.A. Departamento Jurídico, Administrativo e de Comunicação

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Estreia do N/M "Ocean Jazz" no Porto da Praia da Vitória





©) Copyright texto: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA
Depois da visita do N/M "NORFOLK" a 29 de Dezembro do ano passado (ver aqui) para descarga de três viaturas especiais,  coube agora ao N/M "OCEAN JAZZ" o  transporte de regresso aos Estados Unidos da América das viaturas especiais substituídas.
Nome: OCEAN JAZZ.
Tipo: Transportador de Carga Pesada, semi submersível.
IMO: 9509970.
Indicativo: WDJ4909.
MMSI: 367782370.
Bandeira: Estados Unidos da America.
Porto de Registo: New Orleans, LA.
Número Oficial: 1271950.
Donos: Wilmington Trust Co.- Wilmington, DE, EUA.
Operadores: Intermarine LLC- New Orleans, LA, EUA.
Classe: Lloyd's Register.
Ano de Construção: 2010.
Estaleiro: Lloyd Werft Bremerhaven GmbH- Bremerhaven, Alemanha- Casco#115. Casco construído em Gdansk, Polónia.
Comprimento Fora a Fora: 169,40 metros.
Boca: 25,40 metros.
Calado: 6,60 metros.
Arqueação Bruta: 17,538.
Porte Bruto: 10,662 toneladas.
Número de Tripulantes: 17.
Gruas: 2X 350,00 toneladas, 1X 200,00 toneladas.
Potência de Máquinas: 8,960 kW (12,182 hp), 750,00 rpm. 2 hélices CP, 161,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 15,00 nós.
Velocidade Máxima: 16,00 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 1,300 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 2,940 kW.
Potência de Thrusters: 5,577 kW (7,582 bhp).
Nomes Anteriores: Combi Dock IV (01/2010-10/2011), OIG Giant II (10/2011-12/2016), Ocean Jazz (12/2016-02/2017), Industrial Jazz (02/2017-05/2017).




Aquisição de grua todo-o-terreno para o Porto da Casa, na ilha do Corvo



A empresa pública Portos dos Açores, S.A. acaba de lançar um concurso público internacional com vista à “aquisição de grua todo-o-terreno de estaleiro (rough terrain crane)” para o Porto da Casa, ilha do Corvo, tendo o respetivo anúncio do procedimento sido publicado hoje mesmo, no Diário da República (Anúncio de procedimento n.º 1421/2019 - Diário da República n.º 32/2019, Série II de 2019-02-14).

Este concurso público internacional para aquisição de grua para movimentação de mercadorias e alagem de embarcações, nomeadamente a lancha de passageiros “Ariel”, da Atlânticoline, no Porto do Corvo, tem um preço base em € 420.000,00 (quatrocentos e vinte mil euros), acrescidos do IVA à taxa legal em vigor e é agora também publicitado no Jornal Oficial da União Europeia.

A nova grua que a administração portuária pretende adquirir para a mais pequena ilha do arquipélago dos Açores é um equipamento móvel, do tipo todo-o-terreno de estaleiro (rough terrain crane), com capacidade nominal de 60,0 toneladas e capacidade de elevação mínima de uma carga de 10,0 toneladas, em conformidade com a norma europeia EN13000, a um afastamento do centro da grua de 12,0metros e a uma altura mínima do gato ao pavimento de 20,00 metros. A grua em questão deve comportar grupo de potência de motor diesel e lança telescópica.

Com a aquisição de uma nova grua todo-o-terreno para o Porto da Casa, na ilha do Corvo, a Portos dos Açores, S.A. pretende proceder à substituição de equipamento com semelhantes funcionalidades existente naquela ilha, que apresenta já alguma degradação, em face da sua antiguidade e horas de trabalho, garantindo, em simultâneo, a fiabilidade e segurança das operações naquela infraestrutura portuária, que agrega funções mistas de pequeno comércio, transportede passageiros e apoio às frotas de pescas, da náutica de recreio e das atividades marítimo-turísticas.
Copyright foto: Liebherr 
Texto: Portos dos Açores, SA

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

ESTREIA E RECORDE DO N/M "IVS TEMBE" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA


©) Copyright texto: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA
A 19 de Novembro de 2018 (ver aqui) fizemos registo neste Blog do estabelecimento de uma nova quantidade máxima de toneladas de cereal descarregadas numa única operação portuária (15.567 toneladas) que se encontravam a bordo do N/M "SERVET ANA". Hoje temos o prazer de informar que esse recorde será largamente ultrapassado após a descarga do N/M "IVS TEMBE" que manifesta 18.333 toneladas de milho carregadas no porto Romeno de Constança.
Nome: IVS TEMBE.
Tipo: Carga Geral.
IMO: 9726164.
Indicativo: 9V2741.
MMSI: 563933000.
Bandeira: Singapura.
Porto de Registo: Singapura.
Número Oficial: 399377.
Donos: Grindrod Shipping South África Pty. Ltd.- Durban, África do Sul.
Operadores: Island View Shipping- Singapura..
Classe: Nippon Kaiji Kyokai.
Ano de Construção: 2016.
Estaleiro: Kanda Zosensho K.K.- Kawajiri, Japão- Casco#554.
Comprimento Fora a Fora: 179,90 metros.
Boca: 30,00 metros.
Calado: 10,52 metros.
Arqueação Bruta: 23,224 toneladas.
Porte Bruto: 37,735 toneladas.
Número de Tripulantes: 20.
Gruas: 4X 30,50 toneladas.
Potência de Máquina: 6,250 kW (8,498 hp), 108,00 rpm. 1 hélice FP, 108,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 14,20 nós.
Velocidade Máxima: 15,70 nós.
Nome Anterior: IVS Singita (12/2015-01/2016).

sábado, 9 de fevereiro de 2019

ESTREIA DO N/T "CORAL LOPHELIA" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA


©) Copyright texto: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA
Depois de na sua viagem inaugural aos Açores não ter escalado o porto da Praia da Vitória, fez agora a sua estreia neste porto o N/T "CORAL LOPHELIA" para descarga de Gás Butano Liquefeito em granel para o recebedor TERPARQUE.
 Nome: CORAL LOPHELIA.
Tipo: Produtos Químicos.
IMO: 9350886.
Indicativo: D5HG9.
MMSI: 636016683.
Bandeira: Libéria.
Porto de Registo: Monrovia.
Número Oficial: 16683.
Donos: Anthony Veder Rederij BV - Roterdão, Holanda.
Operadores: Anthony Veder Gas Carriers BV , Holanda.
Classe: Bureau Veritas.
Ano de Construção: 2006.
Estaleiro: Cant. Nav. de Poli S.p.A.- Pallestrina - Itália - Casco #228.
Comprimento Fora a Fora: 108,00 metros.
Boca Máxima: 17,00 metros.
Calado máximo: 6,66 metros.
Arqueação Bruta: 5,440.
Porte Bruto: 4,999 toneladas.
Potência de Máquina: 4,500 kW, 165 rpm. 1 hélice CP.
Velocidade de Serviço: 14,50 nós.
Potência de Geradores Auxiliares: 986 kW.
Potência de Thruster: 442 kW.


quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

RECORDES E ESTREIA DO PAQUETE "VENTURA" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA




(©) Copyright texto e vídeo: Cte Rui Carvalho, Terceira.
(©) Copyright fotos: Mário Silva, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA
Registamos aqui a estreia do paquete "VENTURA" no porto da Praia da Vitória, onde 2.939 passageiros maioritariamente ingleses desembarcaram para visitar as cidades e paisagens da Ilha Terceira. Também alguns dos 1.145 tripulantes que trabalham a bordo desta fantástica embarcação tiveram oportunidade de pisar solo Açoriano. Este número de tripulantes e de passageiros estabelecem novos recordes para este porto, assim como o valor de arqueação bruta que destrona o anterior recorde do seu irmão gémeo "AZURA" que nos tinha visitado a 20 de Março de 2018 (ver aqui). Este é o quinto navio da atual frota do operador P&O que nos visita, esperando nós um dia receber a visita do "OCEANA" e do "BRITANNIA", e quem sabe talvez ainda do futuro "IONA" com lançamento à água em 2020.
Nome: VENTURA.
Tipo: Passageiros/Cruzeiro. 
IMO: 9333175.
Indicativo: ZCDT2.
MMSI: 310562000.
Bandeira: Bermudas.
Porto de Registo: Hamilton.
Número Oficial: 737911.
Donos e Operadores: Carnival UK- Southampton, Inglaterra, Reino Unido.
Classe: Lloyd's Register-100 A 1.
Ano de Construcao: 2008.   
Estaleiro: Fincantieri- Monfalcone, Italia- Casco#6132.
Comprimento Fora a Fora: 288,61 metros.   
Boca Máxima: 36,05 metros.   
Calado: 8,50 metros.   
Arqueacao Bruta: 116,017.  
Porte Bruto: 8,044 toneladas.
Número de Convés: 19, sendo 14 para passageiros. 
Número de Cabines: 1,546. 
Número de Camas: 3,597.
Número de Tripulantes: 1,230.         
Potência de Máquinas: 67,220 kw, 514,00 rpm. 2 hélices FP, 150,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 22,00 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 2,250 kw.
Número de Caldeiras: 3.
Potência de Thrusters: 6,600 kw avante e 6.600 Kw a ré



quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

N/M "Ponta da Barca" foi rebocado pelo "O Bravo"

Foto: Guilherme Bettencourt, Terceira.
Imagens referentes à chegada ontem ao porto da Praia da Vitória do rebocador "O Bravo", rebocando o N/M "Ponta da Barca" que ficou sem máquina na viagem com destino ao porto da Horta. Com mais esta avaria do "Ponta da Barca" a empresa TMG Lda está nesta altura com os 3 navios da frota inoperacionais. 

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

ESTREIA DO N/T "MARIA LAURA" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA

(©) Copyright texto e fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA
Registo fotográfico da escala de estreia no porto da Praia da Vitória do N/T "MARIA LAURA" , onde se desloca para a descarga de combustíveis refinados. Este navio é gémeo do N/T "BRO ANNA" que nos visitou em 22 de Junho de 2018, mas que infelizmente não se encontra registado neste proativo Blog.
Nome: MARIA LAURA.
Tipo: Produtos Químicos.
IMO: 9404376.
Indicativo: ICLE.
MMSI: 247274700.
Bandeira: Itália.
Porto de Registo: Cagliari.
Número Oficial: 63.
Donos: Navigazione di Cabotagem SpA- Livorno, Itália.
Operadores: Cabotaggi SpA- Livorno, Itália.
Classe: Bureau Veritas.
Ano de Construção: 2009.
Estaleiro: Tuzla Gemi Endustrisi A.S.- Tuzla, Turquia- Casco#39.
Comprimento Fora a Fora: 144,05 metros.
Boca Máxima: 23,03 metros.
Calado: 9,10 metros.
Arqueação Bruta: 11,836 toneladas.
Porte Bruto: 17,011 toneladas.
Potência de Máquina: 6,300 kW (8,565 hp), 514,00 rpm. 1 hélice CP.
Velocidade de Serviço: 14,70 nós.
Potência de Geradores Auxiliares: 4,400 kW.
Potência de Thruster: 789,00 kW (1,073 bhp).



domingo, 6 de janeiro de 2019

ESTREIA DO N/T "EVA SCHULTE" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA

(©) Copyright texto e fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA
Registo da estreia do N/T "EVA SCHULTE" no porto da Praia da Vitória para descarga de fuelóleo para o recebedor BENCOM.
Nome: EVA SCHULTE.
Tipo: Produtos Químicos.
IMO: 9439826.
Indicativo: 9V8141.
MMSI: 564739000.
Bandeira: Singapura.
Porto de Registo: Singapura.
Número Oficial: 395369.
Donos: The Schulte Group- Hamburgo, Alemanha.
Operadores: Hanseatic Chartering Ltd.- Limassol, Chipre.
Classe: American Bureau of Shipping.
Ano de Construção: 2010.
Estaleiro: Jiangxi Jiangzhou Union Shipbuilding Co. Ltd.- Ruichang, China- Casco#JZ1009.
Comprimento Fora a Fora: 145,17 metros.
Boca Máxima: 23,03 metros.
Calado: 8,80 metros.
Arqueação Bruta: 11,233 toneladas.
Porte Bruto: 16,621 toneladas.
Potência de Máquina: 4,440 kW (6,037 hp), 173,00 rpm. 1 hélice FP, 173,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 13,50 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 1,980 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 1,800 kW.
Potência de Thruster: 739,00 kW (1,005 bhp).



sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Portos da Ilha Terceira estabeleceram em 2018 um novo recorde no que respeita à movimentação de passageiros em navios de cruzeiro


Copyright texto e gráficos: Pagina Facebook / Porto da Praia da Vitória.
Os dois portos da Ilha Terceira estabeleceram em 2018 um novo recorde no que respeita à movimentação de passageiros em navios de cruzeiro, elevando o máximo alcançado em 2017 em mais 52,5%, sendo agora de 28.615.
Embora o número de navios se tenha mantido igual ao ano anterior (23), a sua dimensão disparou atingindo o número total de 1.235.944 AB, ou seja mais 55,6%, o que transforma este destino de "esquecido e desprezado" (8.752 AB em 2010) a "potencial a explorar" em 2019.
Também no que respeita ao número de tripulantes o crescimento foi acentuado, mais 45,0 %, para um total de 12.878 em 2018.
Assim no total passaram em 2018 pelos nossos portos 41.493 pessoas em navios exclusivamente de cruzeiro.