Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sábado, 29 de dezembro de 2018

ESTREIA DO N/M "NORFOLK" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA


(©) Copyright fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA
Apresentamos um registo da breve escala do N/M "NORFOLK" no porto da Praia da Vitória, onde descarregou três unidades de carga geral destinadas à Força Aérea Americana que se encontra estacionada na Base Aérea das Lajes. Por coincidência o navio "NORFOLK" veio diretamente da cidade de Norfolk, Virgínia, onde uma grande Base Naval Militar dos EUA se encontra instalada.
Nome: NORFOLK.
Tipo: Carga Geral/Contentores.
IMO: 9418975.
Indicativo: WDI3067.
MMSI: 366230000.
Bandeira: Estados Unidos da América.
Porto de Registo: Wilmington, DE.
Número Oficial: 1262669.
Donos: Dome Chartering & Trading Corp.- Annapolis, MD, EUA.
Operadores: Schuyler Line Navigation Co. LLC- Annapolis, MD, EUA.
Classe: DNV-GL.
Ano de Construção: 2010.
Estaleiro: Qingshan Shipyard- Wuhan, China- Casco#20060305.
Comprimento Fora a Fora: 166,15 metros.
Boca: 22,90 metros.
Calado: 9,80 metros.
Arqueação Bruta: 15,549 toneladas.
Porte Bruto: 17,478 toneladas.
Número de Tripulantes: 13.
Gruas: 2X 400,00 toneladas, 1X 120,00 toneladas.
Potência de Máquina: 9,800 kW (13,324 hp), 428,00 rpm. 1 hélice CP, 131,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 16,30 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 1,650 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 3,050 kW.
Potência de Thruster: 800,00 kW (1,088 bhp).
Nomes Anteriores: Beluga Persuasion (12/2009-01/2010), Beluga Singapore (01/2010-04/2012), Singapore (04/2012-08/2012), HHL Lisbon (08/2012-07/2015)




sábado, 22 de dezembro de 2018

PORTOS DOS AÇORES, S.A. PROMOVE SESSÕES PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO «JUL»

NOTA DE IMPRENSA /Portos do Açores, SA
A Portos dos Açores, S.A., administração portuária do arquipélago, promoveu nas últimas semanas um série de sessões de apresentação do projeto da «Janela Única Logística» (JUL), na qual participaram as diferentes entidades que irão trabalhar com esta nova realidade, que pretende simplificar, atualizar e modernizar os procedimentos nos portos portugueses.
A «Janela Única Logística» visa assegurar a fluidez de informação referente ao transporte de mercadorias de e para os portos nacionais, obrigando à evolução dos atuais sistemas de gestão portuária (a conhecida ‘JUP’), o que implicará a adoção, por parte de todos os portos, de uma mesma plataforma no que diz respeito à interação com cada um dos atores das diferentes comunidades portuárias nacionais.
O processo de preparação para adoção desta nova plataforma é fundamental para a empresa pública Portos dos Açores, S.A., com vista à otimização gradual de todos os envolvidos no setor portuário, não só para efetiva simplificação de procedimentos, mas também com o objetivo de reduzir custos e produzir mais-valias para todos os parceiros da cadeia.
Nas diferentes reuniões de apresentação às comunidades portuárias de todas as ilhas, estiveram presentes representantes das Capitanias dos Portos, da Autoridade Tributária e Aduaneira, da GNR, do SEF, da PSP, da Polícia Judiciária, do SIS, das Delegações de Saúde e do Serviço de Desenvolvimento Agrário, além dos diferentes agentes de navegação e transitários, dos despachantes oficiais e dos operadores portuários.
Na perspetiva de alargar a todo o arquipélago o conhecimento desta nova geração de software designada «Janela Única Logística» (JUL) e do seu modelo de interoperabilidade com sistemas externos – que arrancará como projeto-piloto, já no início de 2019, nos portos da Madeira e que depois avança, gradualmente, para todos as infraestruturas portuárias nacionais – foram, então, levadas a efeito as referidas sessões de esclarecimento, que envolveram, no seu conjunto, cerca de 120 participantes, de todas as ilhas.

Horta, 20 de dezembro de 2018

Portos dos Açores, S.A.
[Departamento Jurídico, Administrativo e de Comunicação]

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

ESTREIA DO N/M "GOLDEN GRAINS" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA



(©) Copyright fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA.
Registo da estreia do novíssimo N/T "GOLDEN GRAINS" no porto da Praia da Vitória para descarga de cerca de 8.645 toneladas de Gluten de Milho e de Borras resultantes de destilação,que foram embarcadas no porto de Destrehan em pleno rio Mississippi. Esta carga em quatro partidas destina-se às duas industrias de rações com fábrica no Cabo da Praia da Vitória, a UNICOL e a TERCEIRENSE RAÇÕES. O total anual descarregado por navios com graneis secos no porto da Praia da Vitória subirá para aproximadamente 95.169 toneladas.
Nome: GOLDEN GRAINS.
Tipo: Graneleiro.
IMO: 9777723.
Indicativo: D5LY3.
MMSI: 636092734.
Bandeira: Libéria.
Porto de Registo: Monrovia.
Número Oficial: 92734.
Donos: MST Mineralien Schiffahrt GmbH- Schnaittenbach, Alemanha.
Operadores: Minship Ship Management GmbH & Co. KG- Schnaittenbach, Alemanha. 
Classe: Lloyd's Register.
Ano de Construção: 2018.
Estaleiro: AVIC Weihai Shipyard Co. Ltd.- Weihai, China- Casco#B38-20.
Comprimento Fora a Fora: 181,00 metros.
Boca Máxima: 30,03 metros.
Calado: 10,60 metros.
Arqueação Bruta: 23,651.
Porte Bruto: 37,597 toneladas.
Número de Tripulantes: 21.
Gruas: 4X 25,00 toneladas.
Potência de Máquina: 6,050 kW (8,226 hp), 99,00 rpm. 1 hélice FP, 99,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 14,90 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 2,175 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 1,950 kW.



segunda-feira, 26 de novembro de 2018

ESTREIA DO N/T "CHEM LYRA" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA



(©) Copyright fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA.
O N/T "CHEM LYRA" é o 19º navio químico a escalar o porto da Praia da Vitória este ano, e fica aqui o registo da sua estreia onde manifestou descarregar cerca de 2.394 toneladas de Fuelóleo para o recebedor BENCOM. Assim o total anual para este tipo de produtos petrolíferos descarregados sobe para 68.727 toneladas aproximadamente.
Nome: CHEM LYRA.
Tipo: Produtos Químicos.
IMO: 9486178.
Indicativo: D5LF4.
MMSI: 636017490.
Bandeira: Libéria.
Porto de Registo: Monrovia.
Numero Oficial: 17490.
Donos: Ace Tankers CV- Amesterdão, Holanda.
Operadores: Chem Lyra SA- Monrovia, Libéria.
Classe: Nippon Kaiji Kyokai.
Ano de Construção: 2009.
Estaleiro: Ningbo Xinle Shipbuilding Co. Ltd.- Ningbo, China. Casco#XL-110.
Comprimento Fora a Fora: 144,80 metros.
Boca Máxima: 23,03 metros.
Calado: 8,90 metros.
Arqueação Bruta: 11,939 toneladas.
Porte Bruto: 17,055 toneladas.
Número de Tripulantes: 19.
Potência de Máquina: 4,900 kW (6,662 hp), 173,00 rpm. 1 hélice FP, 173,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 13,00 nós.
Velocidade Máxima: 14,00 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 2,100 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 1,920 kW.
Potência de Thruster: 690,00 kW (938,00 bhp).

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

RECORDE E ESTREIA DO N/M "SERVET ANA" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA


(©) Copyright fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA.
O porto da Praia da Vitória bateu o recorde de toneladas totais descarregadas numa única operação que tinha sido estabelecido a 09 de Fevereiro deste ano quando o N/M "SANTIAGO BASIN" (ver aqui) descarregou 15.404 toneladas de milho, sendo que desta vez o N/M "SERVET ANA" manifesta 15.627 toneladas de milho, ultrapassando o anterior recorde em cerca de 225 toneladas. Com a sua estreia no porto da Praia da Vitória este navio torna-se o 13º graneleiro a escalar o porto este ano e eleva o total descarregado destes produtos para 86.624 toneladas. O milho tem como recebedores os inevitáveis TERCEIRENSE RAÇÕES e UNICOL. Esta escala foi afetada pela passagem da tempestade CARLOS pelo arquipélago dos Açores, obrigando a trabalho redobrado de modo a manter a escala dentro do prazo acordado.
Nome: SERVET ANA.
Tipo: Graneleiro.
IMO: 9443774.
Indicativo: TCMF7.
MMSI: 271042643.
Bandeira: Turquia.
Porto de Registo: Istambul.
Número Oficial: TUGS 2021.
Donos: Deval Transport AS- Istambul, Turquia.
Operadores: Deval Nakliyat AS- Istambul, Turquia.
Classe: American Bureau of Shipping.
Ano de Construção: 2011.
Estaleiro: Tsuji Heavy Industries Jiangsu Co. Ltd.- Zhangjiagang, China- Casco#S1007.
Comprimento Fora a Fora: 178,70 metros.
Boca Máxima: 28,04 metros.
Calado: 9,79 metros.
Arqueação Bruta: 19,999 toneladas.
Porte Bruto: 30,124 toneladas.
Número de Tripulantes: 18.
Gruas: 4X 30,00 toneladas.
Potência de Máquina: 6,232 kW (8,473 hp), 131,00 rpm. 1 hélice FP, 131,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 14,00 nós.
Potência de Geradores Auxiliares: 2,064 kW.

domingo, 11 de novembro de 2018

Estreia do N/M "HHL Tokyo" no Porto da Praia da Vitória

(©) Copyright fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA.
Registo da descarga de um motor para a central termoeléctrica da EDA no Belo Jardim, Praia da Vitória, descarregado pela HANSA HEAVY LIFT e deslocado pelos constantes LASO transportes.
Nome: HHL TOKYO.
Tipo: Carga Geral/Contentores.
IMO: 9448346.
Indicativo: V2FH9.
MMSI: 305680000.
Bandeira: Antigua e Barbuda.
Porto de Registo: St. John's.
Número Oficial: 4832.
Donos e Operadores: Hansa Heavy Lift GmbH- Hamburgo, Alemanha.
Classe: DNV-GL.
Ano de Construção: 2011.
Estaleiro: Hudong-Zhonghua Shipbuilding Group Co. Ltd.- Xangai, China- Casco#H1531A.
Comprimento Fora a Fora: 168,61 metros.
Boca: 25,20 metros.
Calado: 9,50 metros.
Arqueação Bruta: 17,644.
Porte Bruto: 19,496 toneladas.
Número de Tripulantes: 19.
Gruas: 2X 700,00 toneladas, 1X 180,00 toneladas.
Potência de Máquina: 9,800 kW (13,324 hp), 428,00 rpm. 1 hélice CP, 146,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 17,00 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 2,700 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 3,750 kW.
Potência de Thruster: 800,00 kW (1,088 bhp).
Nomes Anteriores: Beluga Procession (01/2011-05/2011), Beluga Tokyo (05/2011-05/2011).






sábado, 3 de novembro de 2018

Estreia do N/T "STI ROTHERHITHE" no Porto da Praia da Vitória


(©) Copyright fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA.
O estreante N/T "STI ROTHERHITHE" é o 17º navio químico a escalar o porto da Praia da Vitória este ano. É mais um navio do operador SCORPIO TANKERS, que já este ano nos visitou com o N/T "KRISJANIS VALDEMARS" (ver aqui). Com esta descarga de 4.600 toneladas de fuelóleo, o total descarregado por navios químicos neste porto sobe para cerca de 64.000 toneladas.
Nome: STI ROTHERHITHE.
Tipo: Produtos Químicos.
IMO: 9706475.
Indicativo: V7DP2.
MMSI: 538005409.
Bandeira: Ilhas Marshall.
Porto de Registo: Majuro.
Número Oficial: 5409.
Donos e Operadores: Scorpio Commercial Management SAM- Mónaco-Ville, Mónaco.
Classe: DNV-GL.
Ano de Construção: 2015.
Estaleiro: Hyundai Mipo Dockyard Co. Ltd.- Ulsan, Coreia do Sul- Casco#2500.
Comprimento Fora a Fora: 184,00 metros.
Boca Máxima: 27,44 metros.
Calado: 11,90 metros.
Arqueação Bruta: 24,162 toneladas.
Porte Bruto: 38,734 toneladas.
Número de Tripulantes: 21.
Potência de Máquina: 8,502 kW (11,559 hp), 117,00 rpm. 1 hélice FP, 117,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 14,50 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 3,600 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 3,240 kW.
Potência de Thruster: 1,070 kW (1,455 bhp).


sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Estreia do N/M "Sider Jasmine", no Porto da Praia da Vitória


© Copyright fotos: Mário Lima, Terceira
© Copyright texto: Cte Rui Carvalho, Terceira
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA.
Mais um navio de graneis sólidos (12º em 2018) que se estreia no porto da Praia da Vitória, e onde descarregou 6.109 toneladas de sêmea de trigo e palmiste para os habituais TERCEIRENSE RAÇÕES e UNICOL. A carga foi embarcada em Abidjan (Costa do Marfim), e após escalas em Las Palmas e Ponta Delgada o navio seguiu para o porto de Lisboa. Enquanto navio da Carisbrooke Shipping (Reino Unido) e com o nome de "JASMINE C" nunca nos visitou, visitando-nos agora com armador Suíço (J Marine Ltd), operador Italiano (Sider Navi SpA) e bandeira Portuguesa (Registo Mar), refletindo a realidade do shipping internacional.
Nome: SIDER JASMINE.
Tipo: Carga Geral/Contentores.
IMO: 9463542.
Indicativo: CQAG2.
MMSI: 255806164.
Bandeira: Portugal.
Porto de Registo: Madeira.
Donos: Nova Marine Carriers SA- Lugano, Suíça.
Operadores: Sider Navi SpA- Nápoles, Itália.
Classe: Lloyd's Register.
Ano de Construção: 2010.
Estaleiro: Jiangsu Yangzijiang Shipbuilding Co. Ltd.- Jiangyin, China- Casco#2007-791C.
Comprimento Fora a Fora: 138,06 metros.
Boca Máxima: 21,02 metros.
Calado: 8,05 metros.
Arqueação Bruta: 9,530 toneladas.
Porte Bruto: 12,927 toneladas.
Número de Tripulantes: 16.
Gruas: 2X 80,00 toneladas.
Potência de Máquina: 5,400 kW (7,342 hp), 500,00 rpm. 1 hélice CP, 125,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 14,50 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 1,530 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 2,100 kW.
Potência de Thruster: 500,00 kW (680,00 bhp).
Nome Anterior: Jasmine C (06/2010-04/2018).


quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Estreia do N/M "Uniscout" no Porto da Praia da Vitória

© Copyright fotos: Cte Rui Carvalho
© Copyright texto: Cte Rui Carvalho.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA.
O N/M "UNISCOUT" fez a viagem desde o porto de Las Palmas ( Gran Canaria ) com dois lotes de palmiste e sêmea de trigo para os recebedores UNICOL e TERCEIRENSE RAÇÕES, sendo que as 2.625 toneladas de produto foram embarcadas em Abidijan na Costa do Marfim. Assim o 11º navio graneleiro a escalar o porto da Praia da Vitória, com esta adição, eleva o total descarregado de cereais e aditivos para rações transportados a granel neste tipo de navios para o valor de 64.838 toneladas.
Nome: UNISCOUT.
Tipo: Carga Geral/Contentores.
IMO: 9484194.
Indicativo: V2DX5.
MMSI: 305366000.
Bandeira: Antígua e Barbuda.
Porto de Registo: St. John's.
Donos e Operadores: Thorco Shipping A/S- Hellerup, Dinamarca.
Classe: DNV-GL.
Ano de Construção: 2009.
Estaleiro: Bodewes Scheepswerf Volharding Foxhol- Foxhol, Holanda- Casco#656. Casco construído em Qingdao, China.
Comprimento Fora a Fora: 132,20 metros.
Boca Máxima: 15,90 metros.
Calado: 7,78 metros.
Arqueação Bruta: 6,351 toneladas.
Porte Bruto: 9,813 toneladas.
Número de Tripulantes: 11.
Gruas: 2X 60,00 toneladas.
Potência de Máquina: 3,840 kW (5,221 hp), 600,00 rpm. 1 hélice CP, 148,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 14,80 nós.
Velocidade Máxima: 15,50 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 700,00 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 1,278 kW.
Potência de Thruster: 500,00 kW (680,00 bhp).
Nomes Anteriores: Dutch Maren (09/2008-07/2009), BBC Niteroi (07/2009-08/2011), Nikita Scan (08/2011-08/2013), Thorco Atlas (08/2013-07/2014), Thorco Arviat (07/2014-02/2017), John Rae (02/2017-01/2018).


sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Estreia do paquete "Artania", no porto da Praia da Vitória


© Copyright fotos: Miguel Morais, Terceira
Fonte: Portos dos Açores, SA.
Ontem, dia 4 de outubro, o porto da Praia da Vitória registou a estreia do navio de cruzeiros "Artania" do operador alemão Phoenix Reisen. Este paquete está a realizar um cruzeiro de 18 noites entre as cidades de Hamburgo e Génova. Além da ilha Terceira, tem programadas mais duas escalas no nosso arquipélago, primeiro na Horta e no dia seguinte em S. Miguel. A bordo viajam 1118 passageiros, na sua maioria alemães, e 515 tripulantes.




quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Despedida do ferry "Aqua Jewel" do Porto da Graciosa

A tradicional foto que assinala o fim da operação ferry, com a tripulação do navio, colaboradores do Porto da Graciosa, Staff da Atlânticoline e Policia Marítima.



Hoje, o Porto da Graciosa registou a última escala do ferry "Aqua Jewel", terminado assim a operação ferry 2018 no nosso porto. Como já é tradição houve foto de grupo, bolo e o navio despediu-se com uma volta completa antes de rumar à ilha Terceira.
Aproveitando este post, quero expressar ao Cte Vangelis Roupakas, e à sua tripulação,  à  Comissária Susana Vaz e a todo o  Staff, o meu respeito e amizade que tenho por vós, espero que o inverno seja breve e que Deus me dê a Felicidade de vos voltar a encontrar  no próximo ano, obrigado e Até Breve!



 Cte Vangelis Roupakas e o Piloto César Bettencourt
MM Bettencourt e o Cte Vangelis Roupakas