Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

ESTREIA DO PAQUETE "MEIN SCHIFF HERZ" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA


© Copyright texto, fotos e vídeo: Cte Rui Carvalho, Praia da Vitória
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston
 O porto da Praia da Vitória regista hoje a estreia do paquete "MEIN SCHIFF HERZ" da conceituada operadora TUI AG, que juntamente com o poderoso armador ROYAL CARIBBEAN partilham a gestão destes icónicos navios dedicados ao mercado alemão de excursões marítimas. Torna-se assim o primeiro navio da ROYAL a visitar o nosso porto, graças à cooperação da Agência CMJ RIEFF & FILHOS LDA e AGÊNCIA DE NAVEGAÇÃO E COMERCIO OCEÂNICA LDA, bem hajam. O "MEIN SCHIFF HERZ" é um dos dois navios da classe Century construídos para o operador CELEBRITY CRUISES (grupo ROYAL), mantendo ainda hoje a elegância clássica que define os navios deste operador, tendo ainda um terceiro gémeo também no grupo. Tendo sido batizado inicialmente por "MERCURY", foi "CELEBRITY MERCURY" e "MEIN SCHIFF 2", e aquando da construção e início da operação do atual e moderníssimo "MEIN SCHIFF 2" esteve para ser transferido para o operador MARELLA CRUISES (também ROYAL), mas o seu enorme sucesso junto do mercado alemão fez que ficasse na frota adoptando o nome "MEIN SCHIFF HERZ" directamente ligado ao coração, obviamente.

Nome: MEIN SCHIFF HERZ.
Tipo: Passageiros/Cruzeiro.
IMO:  9106302  .
Indicativo:  9HJG9.
MMSI:  249053000.
Bandeira:  Malta.
Porto de Registo:  Valletta  .
Donos: TUI AG.- Hamburgo, Alemanha.
Operadores: TUI Cruises GmbH - Hamburgo, Alemanha. 
Classe:  UK P&I Club.
Ano de Construção: 1997.
Estaleiro: Jos L Meyer GmbH & Co - Papenburg - Alemanha - Casco Nº.: 639
Comprimento Fora a Fora: 262,51 metros.
Boca Máxima: 32,23 metros.
Calado: 8,50 metros.
Arqueação Bruta: 77,302 toneladas.
Porte Bruto: 9,600 toneladas.
Número de Convés: 13. Número de Cabines: 935. Número de Camas: 1912. Número de Tripulantes: 780.
Potência de Máquinas: 31,500 kW (42,826 hp), 4 motores a 500 rpm, 2 hélices a 120 rpm.
Velocidade de Serviço: 21,50 nós.
Potência de Thruster: 3 x 1,400 kW (1,903 bhp) avante + 2 x 1,400 kW (1,903 bhp) a ré.



quarta-feira, 20 de novembro de 2019

ESTREIA DO N/T "EPIC CORDOBA" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA


© Copyright texto e fotos: Cte Rui Carvalho, Praia da Vitória
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston
Esteve hoje no porto da Praia da Vitória,em visita de estreia, o navio tanque "EPIC CORDOBA" para descarga de duas partidas de gás de petróleo liquefeito (Butano C4H10) destinado ao recebedor TERPARQUE. O "EPIC CORDOBA" substitui o nosso conhecido e habitual visitante "GAS ALICE" que estará em doca seca para manutenção programada, segundo consta.
Nome: EPIC CORDOVA.
Tipo: Gás Liquefeito de Petróleo.
IMO: 9392042.
Indicativo: 9V9161.
MMSI: 566142000.
Bandeira: Singapura.
Porto de Registo: Singapura.
Número Oficial: 396717.
Donos: Brave Maritime Corp. Inc.- Atenas, Grécia.
Operadores: Epic Ship Management Pte. Ltd.- Singapura.
Classe: Bureau Veritas.
Ano de Construção: 2009.
Estaleiro: Kanrei Zosen K.K.- Naruto, Japão- Casco#412.
Comprimento Fora a Fora: 96,00 metros.
Boca Máxima: 15,02 metros.
Calado: 5,50 metros.
Arqueação Bruta: 2,997 toneladas.
Porte Bruto: 3,103 toneladas.
Número de Tripulantes: 15.
Potência de Máquina: 2,648 kW (3,600 hp), 240,00 rpm. 1 hélice FP, 240,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 14,80 nós.
Potência de Geradores Auxiliares: 640,00 kW.
Nomes Anteriores: Gas Exelero (06/2009-06/2011), Cordova (06/2011-06/2014).

sábado, 16 de novembro de 2019

ESTREIA DO N/T "TEAM FALCON" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA



© Copyright texto e fotos: Cte Rui Carvalho, Praia da Vitória
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston
Partilhamos aqui algumas fotografias que registam a estreia do navio tanque "TEAM FALCON" no porto da Praia da Vitória, onde descarregou gasolinas e gasóleo para o recebedor TERPARQUE. É o 18º navio químico a escalar o porto este ano e teve Ponta Delgada como origem, seguindo para Bilbao.
Nome: TEAM FALCON.
Tipo: Produtos Químicos.
IMO: 9396012.
Indicativo: 9HTO9.
MMSI: 249533000.
Bandeira: Malta.
Porto de Registo: Valletta.
Número Oficial: 9396012.
Donos: Team Tankers International Ltd.- Hamilton, Bermudas.
Operadores: Eitzen Chemical USA LLC- Westport, CT, EUA.
Classe: American Bureau of Shipping.
Ano de Construção: 2009.
Estaleiro: Dae Sun Shipbuilding & Engineering Co. Ltd.- Busan, Coreia do Sul- Casco#474.
Comprimento Fora a Fora: 170,10 metros.
Boca Máxima: 26,23 metros.
Calado: 10,01 metros.
Arqueação Bruta: 17,822 toneladas.
Porte Bruto: 25,419 toneladas.
Número de Tripulantes: 18.
Potência de Máquina: 7,860 kW (10,686 hp), 129,00 rpm. 1 hélice FP, 129,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 14,30 nós.
Velocidade Máxima: 15,50 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 2,880 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 2,550 kW.
Potência de Thruster: 750,00 kW (1,020 bhp).
Nome Anterior: Sichem Falcon (01/2009-01/2019).

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

ESTREIA DO N/M "KOCIEWIE" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA


© Copyright texto e fotos: Cte Rui Carvalho, Praia da Vitória
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston
Registo da descarga de três lotes de milho amarelo para os recebedores UNICOL, TERCEIRENSE RAÇÕES e RATER no porto da Praia da Vitória. Como habitualmente este milho foi embarcado no porto de Constança, Roménia, em pleno Mar Negro, e destina-se essencialmente à fabricação de rações para bovinos. É a estreia deste navio no porto da Praia da Vitória, e poderá ver as suas características mais abaixo, que foram escrupulosamente reunidas pelo nosso amigo e colaborador Paulo Peixoto de Boston. Bem hajam.
Nome: KOCIEWIE.
Tipo: Graneleiro.
IMO: 9423798.
Indicativo: C6XM5.
MMSI: 311014100.
Bandeira: Bahamas.
Porto de Registo: Nassau.
Número Oficial: 8001597.
Donos e Operadores: Polska Zegluga Morska PP- Szczecin, Polônia.
Classe: DNV-GL.
Ano de Construção: 2009.
Estaleiro: Tianjin Xingang Shipbuilding Industry Co. Ltd.- Tianjin, China- Casco#345-12.
Comprimento Fora a Fora: 189,98 metros.
Boca Máxima: 28,56 metros.
Calado: 10,58 metros.
Arqueação Bruta: 24,109 toneladas.
Porte Bruto: 38,981 toneladas.
Número de Tripulantes: 18.
Gruas: 4X 30,00 toneladas.
Potência de Máquina: 8,730 kW (11,869 hp), 127,00 rpm. 1 caldeira. 1 hélice FP, 127,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 14,00 nós.
Velocidade Máxima: 15,00 nós.
Potência de Maquinas Auxiliares: 1,905 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 1,800 kW.


terça-feira, 24 de setembro de 2019

ESTREIA DO N/M "LYUBOV" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA


© Copyright texto e fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira./Pesquisa de dados técnicos:Paul Peixoto, Boston.
O N/M "LYUBOV" estreia no porto da Praia da Vitória para descarga de dois lotes de Bagaço de Colza (Brassica napus  ou Couve Nabiça) que é o produto resultante da extracção do óleo das suas sementes para produção de essencialmente biodiesel. Este produto destina-se ao fabrico de rações para bovinos pelas fábricas UNICOL e TERCEIRENSE RAÇÕES.
Nome: LYUBOV.
Tipo: Carga Geral.
IMO: 9650949.
Indicativo: E5U2840.
MMSI: 518893000.
Bandeira: Ilhas Cook.
Porto de Registo: Avatiu.
Número Oficial: 1930.
Donos e Operadores: Cameo Associates SA- Cidade do Panamá, Panamá.
Classe: Registro Italiano Navale.
Ano de Construção: 2014.
Estaleiro: Lianyungang MRMT Ship Industry Co. Ltd.- Guannan County, China- Casco#MRMT02.
Comprimento Fora a Fora: 140,00 metros.
Boca: 16,60 metros.
Calado: 5,24 metros.
Arqueação Bruta: 5,880 toneladas.
Porte Bruto: 7,403 toneladas.
Número de Tripulantes: 14.
Potência de Máquinas: 2,942 kW (4,000 hp), 575,00 rpm. 2 hélices FP.
Velocidade de Serviço: 15,00 nós.
Potência de Geradores Auxiliares: 600,00 kW.
Nome Anterior: Tubunise (09/2013-11/2014).
MR. LORENZO



quinta-feira, 5 de setembro de 2019

ESTREIA DO N/M "ANNAMARIA D" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA


© Copyright texto e fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira./Pesquisa de dados técnicos:Paul Peixoto, Boston.
Colocamos aqui o registo da estreia do N/M "ANNAMARIA D" no porto da Praia da Vitória onde descarrega dois lotes de cevada para os recebedores UNICOL e TERCEIRENSE RAÇÕES. Não é um produto que frequentemente seja descarregado neste porto e o último navio que nos lembramos que manifestou cevada foi o N/M "TIWALA" a 09 de Outubro de 2017 (ver aqui).
Nome: ANNAMARIA D.
Tipo: Carga Geral/Contentores.
IMO: 9384186.
Indicativo: CQAF8.
MMSI: 255806162.
Bandeira: Portugal.
Porto de Registo: Madeira.
Número Oficial: TEMP566M.
Donos: Liberty Blue Shipmanagement GmbH & Co. KG- Leer, Alemanha.
Operadores: Liberty One Shipmanagement GmbH & Co. KG- Bremen, Alemanha.
Classe: Lloyd's Register.
Ano de Construção: 2007.
Estaleiro: Jiangsu Yangzijiang Shipbuilding Co. Ltd.- Jiangyin, China- Casco#2005-704C.
Comprimento Fora a Fora: 108,17 metros.
Boca Máxima: 18,48 metros.
Calado: 7,05 metros.
Arqueação Bruta: 5,629 toneladas.
Porte Bruto: 8,071 toneladas.
Número de Tripulantes: 11.
Gruas: 2X 25,00 toneladas.
Potência de Máquina: 2,800 kW (3,807 hp), 250,00 rpm. 1 caldeira. 1 hélice CP, 225,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 12,40 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 776,00 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 1,320 kW.
Potência de Thruster: 280,00 kW (381,00 bhp).
Nomes Anteriores: Klazina C (03/2007-03/2013), Maren (03/2013-04/2018).


quarta-feira, 28 de agosto de 2019

ESTREIA DO N/M "NORDANVIK" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA

©) Copyright texto: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA
Depois de 5 escalas seguidas do  N/M "EVIACEMENT IV" no terminal cimenteiro do Porto da Praia da Vitória, tivemos agora a satisfação de receber o N/M "NORMANDIK" em visita de estreia. É mais um navio de Carga Geral que foi adaptado para o transporte de cimento a granel com auto-descarga, o que é uma solução muito mais económica e mais rápida do que a construção de raiz de um navio cimenteiro puro.
Nome: NORDANVIK.
Tipo: Cimenteiro.
IMO: 9037161.
Indicativo: C6DA9.
MMSI: 311000625.
Bandeira: Bahamas.
Porto de Registo: Nassau.
Número Oficial: 7001004.
Donos: SMT Shipping Cyprus Ltd.- Limassol, Chipre.
Operadores: Eureka Shipping Ltd.- Limassol, Chipre.
Classe: Bureau Veritas.
Ano de Construção: 1991.
Estaleiro: Torlak Gemi Insaat Sanayi ve Ticaret A.S.- Tuzla, Turquia- Casco#829. Casco construído em Galati, Roménia.
Comprimento Fora a Fora: 97,00 metros.
Boca: 17,30 metros.
Calado: 7,16 metros.
Arqueação Bruta: 4,075 toneladas.
Porte Bruto: 5,547 toneladas.
Número de Tripulantes: 13.
Potência de Máquina: 2,720 kW (3,698 hp), 800,00 rpm. 1 hélice CP, 170,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 13,40 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 880,00 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 1,168 kW.
Potência de Thruster: 280,00 kW (381,00 bhp).
Nomes Anteriores: Mironych (10/1991-08/2002), Dogu Em (08/2002-10/2004), Kamer 3 (10/2004-05/2005), Crete Cement (05/2005-01/2009), Mario M (01/2009-12/2009), Tiger (12/2009-11/2012).
Transformado de Navio de Carga Geral/Contentores em Cimenteiro em Maio de 2005.


quinta-feira, 22 de agosto de 2019

ESTREIA DO BATELÃO "MALABO" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA

©) Copyright texto e fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Registo fotográfico da estreia do batelão "MALABO" no porto da Praia da Vitória para processo de afundamento e posterior flutuação do caixotão que irá constituir o futuro Cais do Topo na Ilha de São Jorge. Este caixotão foi construído no porto de Setúbal pela empresa ETERMAR e foi transportado por via marítima pelo rebocador "MONTALVO" da empresa REBONAVE. Espera-se que com a melhoria atmosférica dos próximos dias o caixotão possa ser finalmente instalado e repousar no seu destino final.
Nome: MALABO.
Nº IMO - 8637108
Bandeira - São Vicente e Grenaldinas
Porto de Registo - Kingstown
Tipo: Batelão sem Propulsão.
Donos: SEQUIMAR - Sociedade de Equipamento Marítimo Lda.
Ano de Construção: 1976.
Estaleiro: New Ross- Irish Republic.
Comprimento: 54,00 metros.
Boca: 27,43 metros.
Calado Máximo: 4,74 metros.
Arqueação Bruta - .2.961



sexta-feira, 5 de julho de 2019

Portos dos Açores - Dia Internacional sem Sacos – 3 de Julho de 2019

O objetivo da data é chamar a atenção para a produção e para o consumo excessivo de sacos plásticos a nível mundial, propondo-se alternativas para resolver este sério problema ambiental.
Sacos plásticos e problemas ambientais:
Estima-se que um cidadão na Europa consome cerca de 500 sacos plástico por ano, que acabam no lixo ao fim de meia hora de utilização ou então no meio-ambiente, criando-se vastas ilhas de lixo plástico nos oceanos - 80% da poluição marinha.
Como os animais confundem o plástico com alimentos, eles acabam por morrer pela ingestão de plástico e, se não morrem entram na cadeia alimentar de outras espécies como nós humanos.
Os sacos de plástico são constituídos por resinas tóxicas oriundas do petróleo e levam cerca de 500 anos a decompor-se. Apesar da gravidade da situação, apenas 2% da população recicla sacos plásticos.
Considerando a importância desta temática, e o seu alinhamento com os “Objetivos Mundiais de Sustentabilidade Ambiental”, a Portos dos Açores não deixou passar esta data sem contribuir para a Redução de Sacos Plásticos, tendo promovido a distribuição de Sacos de Panos Reutilizáveis com o lema “Nós Dizemos Não ao Plásticos”, por todos os colaboradores.
Texto e foto:Portos dos Açores, Departamento de GAHST (Gestão Ambiental, Higiene e Segurança no Trabalho)
Acúmulo de lixo plástico flutuando na costa norte de Honduras, em foto de Caroline Power: o problema é global (Copyright Foto: Caroline Power Photography)

quarta-feira, 3 de julho de 2019

Estreia do navio escola da Coast Guard Americana "EAGLE" no Porto da Praia da Vitória


©) Copyright fotos: Miguel Pamplona Simões, Terceira
©) Copyright texto: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA
O navio escola "EAGLE" visita o porto da Praia da Vitória numa viagem de instrução de cadetes e candidatos a oficiais da Guarda Costeira Norte-americana. Este navio foi o segundo de cinco semelhantes que foram construídos no estaleiro alemão Blohm & Voss, sendo o primeiro aquele que deu o nome à classe o "GORCH FOCK", o terceiro a ser construído é o nosso "SAGRES", o quarto o Romeno "MIRCEA" e finalmente o "HERBERT NORKUS" que nunca chegou a navegar verdadeiramente tendo sido afundado voluntariamente em 1947. O "EAGLE" (ex-HORST WESSEL) foi transferido para a marinha Norte-americana no final da segunda guerra mundial como pagamento de reparação de guerra por parte da Alemanha, onde se manteve no activo até aos dias de hoje.
Nome: EAGLE.
Tipo: Navio Escola.
IMO: 6109973.
Indicativo: NRCB.
MMSI: 303990000.
Bandeira: Estados Unidos da America.
Porto de Registo: New London, CT.
Número de Galhardete: WIX-327.
Donos e Operadores: Governo Americano- Guarda Costeira- Washington, DC, EUA.
Classe: Gorch Fock.
Ano de Construção: 1936.
Estaleiro: Blohm & Voss- Hamburgo, Alemanha.
Comprimento Fora a Fora: 89,70 metros.
Boca: 11,90 metros.
Calado: 5,30 metros.
Deslocamento: 1,813 toneladas.
Guarnição: 230 (12 oficiais, 68 tripulantes, 150 estagiários).
Potência de Máquina: 750,00 kW (1,000 hp).
Velocidade de Cruzeiro: 10,00 nós ( Máquina).
Velocidade Máxima: 19,00 nós (Velas),
Potência de Geradores Auxiliares: 320,00 kW
Área Vélica: 2,070 m2.
Nome Anterior: Horst Wessel (09/1936-05/1946).
Em serviço da guarda costeira Americana desde o dia 15 de Maio de 1946.

quarta-feira, 19 de junho de 2019

Estreia do N/M "ODYSSEAS" no Porto da Praia da Vitória


 
Colega, Mário Lima.
©) Copyright texto e fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA
O porto da Praia da Vitória regista mais uma estreia, cabendo desta vez ao N/M "ODYSSEAS" as honras de publicação. Como é habitual este navio manifesta duas partidas de milho que foi embarcado no porto Búlgaro de Varna para os recebedores UNICOL e TERCEIRENSE RAÇÕES. O navio permanecerá até sexta-feira no nosso porto, altura em que se espera finalizar as operações de descarga.
 Nome: ODYSSEAS.
Tipo: Graneleiro.
IMO: 9595187.
Indicativo: V7XM6.
MMSI: 538007623.
Bandeira: Ilhas Marshall.
Porto de Registo: Majuro.
Número Oficial: 7623.
Donos e Operadores: Navina Maritime SA- Atenas, Grécia.
Classe: Nippon Kaiji Kyokai.
Ano de Construção: 2011.
Estaleiro: Hyundai Mipo Dockyard Co. Ltd.- Ulsan, Coreia do Sul- Casco#6103.
Comprimento Fora a Fora: 186,40 metros.
Boca Máxima: 27,83 metros.
Calado: 10,99 metros.
Arqueação Bruta: 22,662 toneladas.
Porte Bruto: 37,138 toneladas.
Número de Tripulantes: 22.
Gruas: 4X 30,00 toneladas.
Potência de Máquina: 7,860 kW (10,686 hp), 129,00 rpm. 1 hélice FP, 129,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 14,50 nós.
Velocidade Máxima: 16,60 nós.
Potência de Geradores Auxiliares: 1,635 kW.
Nome Anterior: Ocean Hawk (09/2011-08/2017).


quarta-feira, 5 de junho de 2019

ESTREIA DO N/T "ROY MAERSK" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA


©) Copyright texto e fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA
Fica aqui o registo fotográfico de mais uma estreia de um navio tanque no porto da Praia da Vitória, desta vez o "ROY MAERSK" do gigante operador Dinamarquês Moller AP. Já cá tinham estado os seus irmãos gémeos N/T "CHEMTRANS RIGA"(ver aqui), o N/T "MAERSK RIESA" (ver aqui) e o N/T "MAERSK RHODE ISLAND" (ver aqui). Todos  estes navios descarregaram Fuelóleo para o recebedor BENCOM.
Nome: ROY MAERSK.
Tipo: Produtos Químicos.
IMO: 9306938.
Indicativo: OVSP2.
MMSI: 220289000.
Bandeira: Dinamarca.
Porto de Registo: Odense.
Número Oficial: D4049.
Donos: A.P. Moller- Copenhaga, Dinamarca.
Operadores: Handytankers K/S- Copenhaga, Dinamarca.
Classe: Lloyd's Register.
Ano de Construção: 2005.
Estaleiro: Guangzhou Shipyard International Co. Ltd.- Guangzhou, China- Casco#03130004.
Comprimento Fora a Fora: 171,26 metros.
Boca Máxima: 27,43 metros.
Calado: 11,95 metros.
Arqueação Bruta: 22,184 toneladas.
Porte Bruto: 35,190 toneladas.
Número de Tripulantes: 22.
Potência de Máquina: 7,150 kW (9,721 hp), 127,00 rpm. 2 caldeiras. 1 hélice FP, 127,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 14,50 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 2,889 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 2,730 kW.
Potência de Thrusters: 1,730 kW (2,352 bhp).



terça-feira, 4 de junho de 2019

HSC "Mega Jet" deu início à operação ferry da Atlânticoline no porto da Graciosa


©) Copyright fotos: MM Bettencourt, Graciosa.
Registo do regresso ontem ao porto da Graciosa do HSC "Mega Jet". O navio  deu início à operação ferry da Atlânticoline um pouco mais cedo do que previsto uma vez que existe um atraso na chegada do ferry "Azores Express", que devia ter iniciado a operação a 23 de Maio. É sempre um prazer voltar a ver este navio por cá. Uma saudação especial para o Cpt Vagelis e sua tripulação e para o Comissário, António Lurdes e seu Staf.




segunda-feira, 27 de maio de 2019

HSC "Mega Jet" a caminho dos Açores

Copyright foto: MMBettencourt,Graciosa.
Imagem: MarineTraffic


O HSC "Mega Jet" partiu ontem da Grécia rumo aos Açores, com paragem programada em Ceuta. Avança mais cedo do que inicialmente previsto devido ao atraso com o "Azores Express". 
Resultado de imagem para mega jet + graciosa