Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sábado, 29 de dezembro de 2018

ESTREIA DO N/M "NORFOLK" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA


(©) Copyright fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA
Apresentamos um registo da breve escala do N/M "NORFOLK" no porto da Praia da Vitória, onde descarregou três unidades de carga geral destinadas à Força Aérea Americana que se encontra estacionada na Base Aérea das Lajes. Por coincidência o navio "NORFOLK" veio diretamente da cidade de Norfolk, Virgínia, onde uma grande Base Naval Militar dos EUA se encontra instalada.
Nome: NORFOLK.
Tipo: Carga Geral/Contentores.
IMO: 9418975.
Indicativo: WDI3067.
MMSI: 366230000.
Bandeira: Estados Unidos da América.
Porto de Registo: Wilmington, DE.
Número Oficial: 1262669.
Donos: Dome Chartering & Trading Corp.- Annapolis, MD, EUA.
Operadores: Schuyler Line Navigation Co. LLC- Annapolis, MD, EUA.
Classe: DNV-GL.
Ano de Construção: 2010.
Estaleiro: Qingshan Shipyard- Wuhan, China- Casco#20060305.
Comprimento Fora a Fora: 166,15 metros.
Boca: 22,90 metros.
Calado: 9,80 metros.
Arqueação Bruta: 15,549 toneladas.
Porte Bruto: 17,478 toneladas.
Número de Tripulantes: 13.
Gruas: 2X 400,00 toneladas, 1X 120,00 toneladas.
Potência de Máquina: 9,800 kW (13,324 hp), 428,00 rpm. 1 hélice CP, 131,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 16,30 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 1,650 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 3,050 kW.
Potência de Thruster: 800,00 kW (1,088 bhp).
Nomes Anteriores: Beluga Persuasion (12/2009-01/2010), Beluga Singapore (01/2010-04/2012), Singapore (04/2012-08/2012), HHL Lisbon (08/2012-07/2015)




sábado, 22 de dezembro de 2018

PORTOS DOS AÇORES, S.A. PROMOVE SESSÕES PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO «JUL»

NOTA DE IMPRENSA /Portos do Açores, SA
A Portos dos Açores, S.A., administração portuária do arquipélago, promoveu nas últimas semanas um série de sessões de apresentação do projeto da «Janela Única Logística» (JUL), na qual participaram as diferentes entidades que irão trabalhar com esta nova realidade, que pretende simplificar, atualizar e modernizar os procedimentos nos portos portugueses.
A «Janela Única Logística» visa assegurar a fluidez de informação referente ao transporte de mercadorias de e para os portos nacionais, obrigando à evolução dos atuais sistemas de gestão portuária (a conhecida ‘JUP’), o que implicará a adoção, por parte de todos os portos, de uma mesma plataforma no que diz respeito à interação com cada um dos atores das diferentes comunidades portuárias nacionais.
O processo de preparação para adoção desta nova plataforma é fundamental para a empresa pública Portos dos Açores, S.A., com vista à otimização gradual de todos os envolvidos no setor portuário, não só para efetiva simplificação de procedimentos, mas também com o objetivo de reduzir custos e produzir mais-valias para todos os parceiros da cadeia.
Nas diferentes reuniões de apresentação às comunidades portuárias de todas as ilhas, estiveram presentes representantes das Capitanias dos Portos, da Autoridade Tributária e Aduaneira, da GNR, do SEF, da PSP, da Polícia Judiciária, do SIS, das Delegações de Saúde e do Serviço de Desenvolvimento Agrário, além dos diferentes agentes de navegação e transitários, dos despachantes oficiais e dos operadores portuários.
Na perspetiva de alargar a todo o arquipélago o conhecimento desta nova geração de software designada «Janela Única Logística» (JUL) e do seu modelo de interoperabilidade com sistemas externos – que arrancará como projeto-piloto, já no início de 2019, nos portos da Madeira e que depois avança, gradualmente, para todos as infraestruturas portuárias nacionais – foram, então, levadas a efeito as referidas sessões de esclarecimento, que envolveram, no seu conjunto, cerca de 120 participantes, de todas as ilhas.

Horta, 20 de dezembro de 2018

Portos dos Açores, S.A.
[Departamento Jurídico, Administrativo e de Comunicação]

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

ESTREIA DO N/M "GOLDEN GRAINS" NO PORTO DA PRAIA DA VITÓRIA



(©) Copyright fotos: Cte Rui Carvalho, Terceira.
Pesquisa de dados técnicos: Paul Peixoto, Boston EUA.
Registo da estreia do novíssimo N/T "GOLDEN GRAINS" no porto da Praia da Vitória para descarga de cerca de 8.645 toneladas de Gluten de Milho e de Borras resultantes de destilação,que foram embarcadas no porto de Destrehan em pleno rio Mississippi. Esta carga em quatro partidas destina-se às duas industrias de rações com fábrica no Cabo da Praia da Vitória, a UNICOL e a TERCEIRENSE RAÇÕES. O total anual descarregado por navios com graneis secos no porto da Praia da Vitória subirá para aproximadamente 95.169 toneladas.
Nome: GOLDEN GRAINS.
Tipo: Graneleiro.
IMO: 9777723.
Indicativo: D5LY3.
MMSI: 636092734.
Bandeira: Libéria.
Porto de Registo: Monrovia.
Número Oficial: 92734.
Donos: MST Mineralien Schiffahrt GmbH- Schnaittenbach, Alemanha.
Operadores: Minship Ship Management GmbH & Co. KG- Schnaittenbach, Alemanha. 
Classe: Lloyd's Register.
Ano de Construção: 2018.
Estaleiro: AVIC Weihai Shipyard Co. Ltd.- Weihai, China- Casco#B38-20.
Comprimento Fora a Fora: 181,00 metros.
Boca Máxima: 30,03 metros.
Calado: 10,60 metros.
Arqueação Bruta: 23,651.
Porte Bruto: 37,597 toneladas.
Número de Tripulantes: 21.
Gruas: 4X 25,00 toneladas.
Potência de Máquina: 6,050 kW (8,226 hp), 99,00 rpm. 1 hélice FP, 99,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 14,90 nós.
Potência de Máquinas Auxiliares: 2,175 kW.
Potência de Geradores Auxiliares: 1,950 kW.