Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sábado, 8 de setembro de 2012

"Express Santorini", em contagem decrescente




 A operação ferry-2012, vai aproximando-se do fim, quanto a mim e até à data, classifico-a como positiva, pois mais uma vez, esta tem decorrido dentro do que estava programado salvo certas situações pontuais (Greve e Furação Gordon), que levaram a pequenas alterações.
Esta operação será certamente lembrada como uma operação de transição no que à utilização das rampas ro-ro diz respeito, pois tudo indica na próxima operação todas as rampas estarão concluídas. Alguns discutem as rampas ro-ro, outros o concurso para o fretamento de ferrys, mas a minha grande preocupação centra-se na política que irá oriental um eventual novo sistema de transportes marítimos açoriano, que sonho venha a ser moderno e eficiente, o problema é que muita gente não o quer por razões óbvias!
Que servirá construir uma rampa ro-ro, se a sua utilização for limitada e estas não representarem uma evolução do serviço ferry? 
 (©) Copyright fotos: MM Bettencourt, Graciosa.
 Quem visita este blog regularmente, sabe que muito dificilmente publico fotos de pessoas, mas esta imagem fez-me sentir orgulho  no Staff da Atlânticoline. 


Sem comentários: