Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Marinha mercante nacional - Será o princípio do fim?

Num anterior post, fazia referência ao facto do N/M "Madeirense 3", operado pela Boxlines Navegação, SA e propriedade da Empresa de Navegação Madeirense, ter efectuado mudança de registo passando agora a ostentar bandeira de Malta, surgindo agora  na net uma referência à Box Lines-Transportes Internacioanis, S.A.R.L., tendo esta nova empresa sede em Luxemburgo, veremos em que consiste realmente esta nova empresa.
Aquando da troca de registo do "Madeirense 3", ouvia-se dizer que eventualmente haveria outros armadores nacionais (Transinsular e Mutualista), que ponderavam a troca de registo, surge agora rumores, que o histórico armador açoriano Mutualista Açoreana, pertença do Grupo Bensaude, pretende mudar o seu registo para a Bélgica. O tempo irá confirmar ou desmentir estes rumores, mas a confirmarem-se estamos perante os ultimos momentos da marinha mercante nacional. Senhores politicos que nos desgovernam, ainda querem falar sobre a aposta no mar?
BOX LINES-TRANSPORTES INTERNACIONAIS S.A R.L.
70 Route d'Esch
L-1470 Luxembourg (Lëtzebuerg)
LUXEMBOURG
 (©) Copyright fotos: Miguel Nóia, Faial; MM Bettencourt, Graciosa.

17 comentários:

Victor disse...

Manuel, vejo portacontentores da espanhola Boluda registados na Madeira a operar em Canárias... E nós vamos registar os nossos portacontentores da cabotagem insular em outros países? Não percebo...

Manuel disse...

Amigo Victor, um Amigo meu com conhecimento disse-me o seguinte: O tráfego da cabotagem nacioal não pode arvorar a bandeira de conveniência do país em questão, quer dizer que o armador portguês não pode usar o registo MAR para operar na cabotagem nacional, mas pode por fazê-lo noutro serviço, por exemplo nas canárias portugal.

Penso que é esta a questão, se alguém nos poder ajudar a perceber esta debandada agradecia!
Um Abraço,
Manuel

Paulo Farinha disse...

Viva!
Então o ferry Lobo Marinho vai mudar de registo?
Coloco uma hipótese remota.
Esta questão do madeirense 3 não estará relacionada com a introdução da linha marítima Funchal- Setúbal e mais um porto nacional?
De facto (até estranhei) os promotores não encontraram resistências por parte da APRAM (Autoridade portuária da Madeira) no que concerne a licenciamentos!!!

Manuel disse...

Amigo Paulo, não sei responder, o "tio" Luís Miguel Sousa anda activo, ainda não percebi se esta Boxlines Transportes Internacionais, irá substituir a Box Lines Navegação SA.
quanto às suas questões na linha Setúbal-Funchal, o perito é o amigo eu não faço ideia, mas estou curioso e atento para ver quem são os promotores.

Abraço,
Manuel

Paulo Farinha disse...

Amigo Bettencourt
Os promotores? com boa vontade e empenho ainda chegam aos Açores!
Trata-se de gente que apostam na inovação, e o serviço de ferry é inovador em Portugal, costumo dizer que era para ontem! ah!ah!ah!
Um abraço
Paulo Farinha

Manuel disse...

Amigo Paulo, uma linha para os Açores? Já fica satisfeito que nos Açores houvesse um serviço ferry anual.
Quanto a mim, os 3 armadores (contentores) deviam participar nesse serviço de forma a que os ferrys fossem um complemento dos serviço de contentores, seria mais ou menos o modelo da Madeira.
Abraço,
Manuel

Anónimo disse...

Infelizmente presumo que seja verdade, navios com registo MAR. n podem se dedicar ha cabotagem, pelo menos é o que consta o que n quer dizer que seja totalemnte aplicavel, vejamos o lobo marinho s n é cabotagem, o que será?!....
Essas "regras" sao feitas e estabelecidas para protejer determinados grupos, para nao permitir a invasao de armadores "estrangeiros2 na cabotagem nacional, mas sendo que os armadores se "pisgam" para outros paises, serao na mesma armadores estrangeiros a operarem em portugal, apesar da lingua continuar a ser Portuguesa, esperemos, que tbm nao mudem as tripulações todas, a ver vamos, mas começando pelo encino nautico que é a vergonha que se conhece, e como ja vamos lendo aqui e ali nos blogs, passando pelos desgovernantes...........


CTE HElder

Impaciente disse...

Afinal quem sao estes "promotores" tão bem intencionados e orientados?

David disse...

Agora uma pergunta ao bloguista Madeirense :

Se é verdade que neste mes já vamos ter Ferry porque ele não vai ser utilizado para transportar os carros de Rali Vinho Madeira ?

tirado da pagina do Rali:

"Com a saída do Ferry “Armas” da rota da Madeira, o transporte das viaturas dos concorrentes será efectuado por carga convencional, a exemplo do efectuado em 2010. Os Portos de embarque e desembarque serão o de Lisboa e do Caniçal (Madeira)."

13 de Junho

No Programa Circuito a 21 de Junho Paulo Fontes dizia o mesmo

cheira-me que alguem não sabe nada e inventa a ter um dia acertar

Mais Deus queira que eu é que esteja enganado e tenha de morder a minha lingua venenosa

Victor disse...

Manuel, essa história do tráfego de cabotagem nacional não poder usar a bandeira de conveniência do própio país não inclui o ferry "Lobo Marinho"? É que ele tá registado na Madeira.

Ora deambulando pela lei no google vi que:

Decreto-Lei n.º 31/97

artigo 15.º

5 —Os navios registados no MAR não podem efectuar transportes marítimos entre portos do continente e das Regiões Autónomas e entre os portos destas, salvo na situação prevista no artigo 3.º do Decreto-Lei n.º 368/93, de 28 de Outubro.

Ora fui ver esse tal artigo e diz basicamente que a utilização de outro navio que nao um registado em Portugal no registo convencional depende de despacho do Ministro do Mar, fundamentado na existência de manifesto interesse público, precedendo parecer da DGPNTM.

Uma questão fundamental aqui estaria também na interpretação de "entre os portos destas". É que deve querer dizer entre portos da Madeira e dos Açores e não entre portos dentro da mesma região autónoma. Nesse caso o "Lobo Marinho" tá safo.

Paulo Farinha disse...

Ainda sobre os registos, ok!
Agora, isto não tem nada a ver com registos, BOX LINES-TRANSPORTES INTERNACIONAIS S.A R.L.
70 Route d'Esch
L-1470 Luxembourg (Lëtzebuerg)
LUXEMBOURG
Uma debandada?
A praça do Luxemburgo em alta, para desagrado total do Governo Regional da Madeira!
Quanto ao ferry, para os promotores será importante o transporte de passageiros e carga rodada entre o Funchal e Setúbal regularmente. O rally é uma situação pontual e o ferry não depende minimamente deste, pelo contrário.
Sim, o ferry já devia ter começado tendo em conta o período de Verão, mas fretar um ferry não é a mesma coisa, por exemplo alugar um carro.
O armador do ferry exigiu uma garantia com um montante bastante elevado! o que já está resolvido, inclusive licenças portuárias.

português disse...

Poe-se aqui uma questão. Se toda a gente vai começar a passar os registos de seus navios para outros sitios mais atractivos, as companhias que queiram continuar a contribuir fielmente para a economia deste país seja com impostos ou dando emprego a portugueses vão ficar em desvantagem competitiva e vão elas também acabar por ter de mudar... Ou alguém vai lhes dar uma medalha e palmadinhas nas costas? Infelizmente uma empresa privada não é uma associação de caridade e mesmo as públicas se não tiverem por objectivo máximo o lucro, têm pelo menos a obrigação de não dar muito prejuízo.

Intrigado disse...

Se já ha licenças emitidas, estas terão de possuir um "proprietario" como é que ainda ninguém abriu a boca sobre a identidade destes promotores?

Manuel disse...

Caros Visitantes, Obrigado a todos pela vossa participação, segundo se ouve esta novela ainda está no início,vamos ver o que se segue. Obviamente estou a referir-me ás troca de bandeiras e tripulação.
Um Abraço a Todos,
Manuel

Anónimo disse...

Bom dia a todos....

Gostaria de saber qual a opinião dos responsáveis e alunos da ESCOLA SUPERIOR INFANTE D.HENRIQUE...
Já que é para reduzir custos, e porque não encerrar a ESCOLA NAUTICA!!! E para finalizar acabar de vez com a nossa MARINHA MERCANTE...OFICIAIS, MESTRNÇA e MARINHAGEM.....e entregar TUDO aos financeiros deste país!!!!!

Manuel disse...

Bom dia, Caro Visitante, tem toda a raz~~ao
Cumprimentos,
Manuel

Anónimo disse...

Tambem a nossa marinha de recreio se muda para outros registos. Ainda não perceberam o negocio que esta pode gerar, tal como acontece em outros paises. Além do negocio, pode gerar, conhecimento, tecnologia,e emprego. É pena