Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

domingo, 4 de setembro de 2011

Logo da Portos dos Açores, SA

Logo da recem criada "Portos dos Açores, SA"

12 comentários:

Anónimo disse...

Não será mais um organismo governamental para se encher de cargos e tachos como todos os restantes do pais? não será mais um caso cheio de profissionais que de profissionais não têm nada e que ocupam o lugar não por mérito mas por "amizades" ??????

não sei amigo Manuel mas já vejo e já vi tanta coisa que......enfim..

quanto ao logo, está apelativo e com cores muito sugestivas...

um abraço amigo Manuel

F.N.

Anónimo disse...

Esta nova empresa vai nomear um novo representante para o operador portuário de Ponta Delgada para substituir o eng. Rêgo Costa que se reformou. Corre por aí a notícia que a pessoa indicada é o Nuno Barata. Se for verdade é mais um sinal de que o Partido Socialista está em fim de ciclo.
Quando é que o porto de Ponta Delgada vai ter dirigentes à altura da sua importància?

Anónimo disse...

Essa da nova orgânica dos Portos dos Açores é como baralhar e dar de novo.Dos antigos administradores, uns reformam-se, outros continuam, outros assumem o carga de directores-gerais e outros são incorporados em dependências da Secretaria Regional da Economia, pelo que, na prática, não há qualquer poupança.

Manuel disse...

Boas Caros Visitantes, obrigado pelos comentários, sinceramente ainda não percebi qual será a organica da Portos dos Açores pensava que seria um Director-Geral e um Director-Comercial por cada Direcção-Geral.
Como calculam não tenho informação sobre futuras nomeações, só conheço um Nuno Barata, e se fôr esse "Voto" nele.
Um abraço a todos
Manuel

Anónimo disse...

Sendo os portos e os transportes marítimos, uma área tão importante para os Açores, não se compreende como é que o Secretário da Economia nomeia gente que pouco conhece do sector. Depois admiram-se das asneiras que se fazem.
O que safa o Governo Regional é que o deputado do PSD, eng, Jorge Macedo, quando fala de politica maritimo-portuária só diz asneiras. A única voz critica a essa politica de desgraça acaba por vir da bancada do PS pela voz do deputado Dr. Lizuarte Machado.

Anónimo disse...

Penso que esta nova orgânica é contária ao dinamismo que se impõe para os portos dos Açores. A situação anterior era muito melhor que esta, uma vez que cada conjunto de portos podia imprimir o ritmo que entendesse aos portos da sua jurisdição. Agora é só nivelar por baixo.
Resta apenas saber quem são os administratores dessa nova empresa para saber se temos razão naquilo que dizemos.

Manuel disse...

Boas Caros Visitantes, ouvi aqui dizer que os Directores Gerais são: Conceição Rodrigues, Nascimento e Macedo, quanto aos dois ultimos omiti o primeiro nome pois não tenho a certeza.

Quanto à politica de transportes maritimos, ainda não consegui perceber qual os planos futuros e tenho muito medo das influências nefastas que se desenvolvem no PSD, as imagens da ultima campanha dizem tudo.
Um Abraço
Manuel

Anónimo disse...

O Presidente da sociedade será o eng. Nascimento do Faial e os vogais a eng. Conceição Rodrigues da Terceira e o dr. Filipe Macedo de S. Miguel. Além destes é que ainda haverá três directores-gerais

Manuel disse...

Caro Visitante Obrigado pelo comentário, estava convencido que era Directores Gerais e Directores Comerciais.
Abraço
Manuel

Anónimo disse...

tudo bons tachos e compadres da mesma filiação,mas que pouco ou nada percebem do assunto. A proposito que faz um professor de Letras na área dos navios de cruzeiro dos portos de s. Miguel? só por ser um aficcionado dos cruises e ter pilim pra viajar??Com semanas/meses a fio sem cruzeiros nas portas do mar deve ter imenso trabalho coitado!!

Marcelo Sousa disse...

Bom dia Manuel
Na nossa lancha de pilotos em vez do logo da Apto já lá está é esses logo, na Electra também já está assim?

Abraço
Marcelo Sousa

Manuel disse...

Caro Visitante, o problema dos tachos é que quando mudar o cozinheiro o outro(a) que vier traz também a sua coleção de tachos esse é o problema do país.
Abraço
Manuel

Caro Marcelo, não estou na Graciosa por isso não posso responder, mas quando souber digo.
Abraço
Manuel