Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Navio estábulo, "Orient 1", em Ponta Delgada


© Copyright fotos: António Simas, S. Miguel.
Navio estábulo "Orient 1", em escala técnica no porto de Ponta Delgada ontem dia 13 de Outubro. Embora os Açores sejam uma região onde a agro-pecuária tem um grande importância económica, não é normal ver navios deste tipo por cá. Lembro que a exportação de gado vivo é efectuada nos porta-contentores(contentores O/S), embora em algumas ilhas a exportação em contentores frigoríficos esteja a ganhar importância.
Nome: Orient 1
IMO: 9004413
Ind. chamada: PHWI
MMSI: 352 281 000
Bandeira: Panamá
Operador: Horizon Gemi Isletmicilig
Tipo: Navio estábulo
T.A.B.: 7896 tons
T.A.L.: 3329 tons
D.W.T.: 3873 tons
Ano: 1991
Estaleiro: Kitanohon, Japão.
Comprimento: 108,5 mts
Boca: 20 mts
Calado: 6,64 mts
Potência da máquina principal: 9599 hp
Velocidade de serviço: 18,5 nós
Ex-Nomes: Ariake Maru No8; Leader; Leader 1.

2 comentários:

Vix Spray disse...

Os Açores podiam em casos pontuais fretar um navio destes.

Manuel disse...

BOAS ix Spray,

Era interessante saber quantos animais são exportados por semana ou mês, mas como imagina não sei, também interessante era perceber bem quais as actuais directivas de CEE para o transporte de animais, no caso dos açores existe uma excepção se não estou em erro, e que evolução terão essas directivas.
Não sei sobre o assunto mas era interessante uma pesquisa.

Já agora nos meus 18 anos de porto da Graciosa, apenas me lembro de uma vez ter estado cá um navio estábulo, na altura para uma descarga de ovelhas, pena que na altura não tinha máquina.

Um Abraço e volte sempre
Manuel