Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sábado, 13 de março de 2010

NRP Sagres Volta ao Mundo 2010



Um belo vídeo sobre a 3ª viagem de circum-navegação do emblemático navio escola "SAGRES" da Marinha Portuguesa. A viagem pode ser acompanhada no site RTP/SAGRES. Desejos de Boa Viagem. Vídeo: Youtube/ MarinhaPortuguesa.

6 comentários:

Anónimo disse...

A resposta à centralização das cargas na ilha Terceira para fazerem baldeação com destino às restantes ilhas do Grupo Central e ainda às Flores e Corvo foi dada no programa da RTP Açores, transmitido Quinta-Feira do Faial.

Manuel disse...

Caro Anónimo, Obrigado pela visita e comentário, pêço desculpa mas não vi esse programa, será que me podia ajudar?
Cumprimentos e volte sempre
Manuel

Rui Carvalho disse...

Caro Anónimo

Se a resposta vem do Faial, temo que a está tudo dito.

Abraço

Rui Carvalho

Anónimo disse...

A Atlanticoline volta a brindar este ano as ilhas de S.Jorge e do Pico com um péssimo itinerário. Prejudica os navios porta-contentores em operações comerciais e têm saídas, algumas vezes quase sobrepostas.
Para uma maior operacionalidade do porto da Praia da Vitória, sou da opinião que os navios de passageiros deviam atracar na baía de Angra do Heroísmo.

Manuel disse...

Caro Anónimo, Obrigado pela visita e comentário, quantos ás operações dos ferrys e porta-contentores concordo totalmente consigo, provavelmente também verei o porta-contentores suspender a operação para dar lugar á operação do ferry que dura mais ou menos uma hora (45m +manobra) sendo este tempo na minha opinião excessivo para o movimento do ferry, meia hora de operação era mais do que suficiente, e no fim do dia poupavam muito tempo. Quanto a Angra não concordo porque, porque a Praia da Vitória têm gare de passageiros, e tem rampa ro-ro que pode ser utilizada em caso de necessidade ( como aconteceu o ano passado), além disso todo o equipamento está na Praia da Vitória podendo-se utilizar por exmplo o reboque numa manobra de um navio comercial e logo de seguida utilizar num ferry, outra questão que estou a pensar com os meus botões é o empilhador para tirar a rampa do hellenic Wind, não sei se foram feitas alterações à rampa que ele tinha o ano passado, que como sabe necessitava de empilhador, ouvi dizer que iam fazer alterações nele, camarotes para tripulação etc será que alteraram a rampa?.
Quanto aos horários, e em relação á minha ilha embora possam não ser perfeitos acho-os um pouquinho melhores que os do ano passado embora sejam parecidos.
Cumprimentos e volte sempre
Manuel

Rui Carvalho disse...

Meus caros,

Só o custo em combustível para a ida da lancha de pilotagem a Angra para ataracar e largar um Ferry fica pelos 200 Euros.
Os de um reboque em Angra andará por 1000 Euros.
Lembro que enquanto os auxiliares estiverem e Angra, na Praia da Vitória ficará incapassitada de operações.
Na melhor das hipóteses toda essa operação demorará cerca de 5 horas para o reboque.
A factura será interessante, a não ser que os passageiros - que não pagam taxas portuárias como em todo o lado do Mundo, e até fazem cruzeiros a 1 Euro, queiram ajudar e pagar aquilo que é devido apenas para custos operacionais - como já devem ter percebido os Açores não são uma Região rica e vivemos da solidariedade (mais que merecida) da República, embora nos portemos todos os dias como uns grandes e abastados ricos.

Abraço

Rui Carvalho