Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Pesca radical - Toiro marinho







 Quem disse que a pesca de caranguejo do Alaska era uma pesca radical? Pescar toiros isso sim é uma pesca radical! Os toiros deviam ser classificados com carga IMDG (International Maritime Dangerous Goods), numa nova class: "Cargas com cornos extremamente perigosas".
(©) Copyright fotos: MM Bettencourt, Graciosa

20 comentários:

Ricardo disse...

Pescar caranguejos é para meninos! Isto é que é pesca radical.

Abraço

Ricardo.

Manuel disse...

Ricardo, este toiro da ganadaria de Valentim Santos é o verdadeiro toiro da Red Bull, este tinha asas e fugiu do navio, dizem que bebeu Red Bull antes de entrar no navio (bem não foi bem assim mas foi quase) heheh
Abraço,
Manuel

Ricardo disse...

Ah pois Manuel, vamos é ver se a Red Bull investe aqui em publicidade já que os toiros já cá estão só falta é mesmo a publicidade. :-)


Bem o bicho teve sorte, em cair no mar e não no cais...Mas Agora vai andar salgado antes do tempo. :D

Manuel disse...

Ricardo, quem teve sorte em ele cair ao mar e não no caís foram as pessoas que estavam no caís, já viste a bela tourada que ia dar!

Abraço,
Manuel

Anónimo disse...

Bom, não sou especialista em saúde animal, mas estimo que o pobre deve ter apanhado um grande susto. Já não basta o que sofrem nas touradas, para gáudio dos fracos de espírito. Nunca mais é século XXI em Portugal...

Manuel disse...

Caro Visitante ninguém sofre por tomar um banho.
Quanto a touradas eu não gosto nem vou, mas não sou contra.
Abraço,
Manuel

Anónimo disse...

Para o sujeito e sujeita que diz que nunca mais e século XXI em Portugal só a uma palavra a dizer ignorância cada dia mais e cada ano que passa Portugal e os Açores são cada vez mais reconhecidos pela sua aficcion mais adianto que já a ilha terceira foi reconhecida como a ilha mais taurina do mundo para a ignorância dos anti taurinos aqui vai uma chapada sem mão pois em Viana do castelo não permitiam touradas e mesmo axim ouve os antitaurinos eram a volta de 70 manifestantes e a assistir a corrida eram 2500 certamente e uma vez mais basta de barulho invao seus ignorantes

Manuel disse...

Caro visitante, obrigado pela visita e comentário, o que é preciso é respeito mutuo, eu não gostos de touradas, mas respeito quem gosta, obviamente que não se pode impor a nossa opinião á outras pessoas!
Cumprimentos,
Manuel

Rui Carvalho disse...

Caro MMB

Se não gostar de ver animais a ser espetados nas costas com ferros só por prazer é ignorância, desejo já afirmar-me como o maior IGNORANTE do mundo. Com orgulho.
Se tauromaquia é cultura desejo já tornar-me o rei dos IGNORANTES de todo o universo.
Com todo o gosto.
Essa INTELIGÊNCIA nos outros não me afecta, apenas me entristece.

Abraço

ErrE

PS - Ahh pois, esqueci-me de falar de navios, fica para o próximo post.

Filipe disse...

Grande coisa deve ganhar a Terceira em ser a ilha mais taurina do mundo (?). Eu, pessoalmente, conheço inúmeras pessoas que, ao terem pouco tempo/orçamento para visitar os Açores, não hesitam em escolher outras ilhas onde não se maltratam os animais, em vez da Terceira. O que não é de surpreender, uma vez que o grande atractivo dos Açores é a natureza, a beleza e a calma que ela nos oferece. As pessoas que procuram isso, e que estão dispostas a pagar caro para virem aos Açores, OBVIAMENTE, não lhes interessa ver (sendo mesmo activamente contra) o maltrato gratuito dos animais, em nome de suposta "tradição".
Agora mais directamente a ver com o blog, descobri-o há pouco tempo e agrada-me bastante a sua temática e contexto. Contudo, não posso deixar de lamentar, mesmo sendo um blog pessoal e o autor ter o direito de publicar o que lhe der na gana, o texto e fotos deste post, que transformam numa caricatura uma situação que deve ter sido de grande sofrimento para o animal.
Cumps

Anónimo disse...

Que vergonha...se isto é cultura, deixem-me ler livros!!!
medieval e macabro!

Anónimo disse...

Será que nesta pesca, alguém pensou no animal que estava na água, totalmente fora do seu habitat?
Não lhe bastaria ser corrido para gaudio de uns poucos em torno de uns jorros de sangue, enchendo os bolsos de outros?!?!
Não terá a Graciosa outro tipo de ser e saber ser no século XXI?

Anónimo disse...

Pessima imagem dos Açores, pessimo cartaz para turistas.

Manuel disse...

Ninguém atirou o toiro para a água, apenas houve um acidente enquanto este bicho estava a ser carregado num navio, e ele caiu ao mar, já agora o toiro foi "rebocado" até ao varadouro, e entrou num atrelado que o levou de volta de perfeita saúde.

Se não o tivessem tirado da água, é que deviam estar chateados, pois o mar não é o seu habitat natural, obviamente aproveitei para brincar com o titulo.

Não é a primeira vez que um animal cai à água, lembro-me de uma ou duas vezes por diferentes razões, apenas partilhei estas imagens por serem fora do comum!

Quanto a toiros e touradas não gosto, mas respeito quem gosta!



Cumprimentos
Manuel







Anónimo disse...

Se caiu à água é porque estava no lugar errado!

E o respeito pelo animal, onde fica?
Há espaço no século XXI para o sofrimento propositado de um animal que sente como qualquer um de nós?

Manuel disse...

Para embarcar num navio não acho que um porto seja um lugar errado!

Um animal cai à água, quando estava a ser carregado (não vou explicar promenores) as pessoas retiram-no da àgua, onde está a falta de respeito pelo animal?
Deixavam-no no mar?

O Sr é livre de ter a sua opinião, eu tenho que a respeitar.

Cumprimentos
Manuel



Sergio R. disse...

Que falta de bom gosto tem os açoreanos!

É sitio que não visito (AÇORES), existe outros locais a visitar, onde a tortura não existe!

Anónimo disse...

Com que proposito estava no cais?

Anónimo disse...

Alf,

Depois de uma grande variedade de opiniões e comentários alguns deles até néscios também quero manifestar a minha opinião no teu blog :

Ora bem , estes touros das touradas à corda são animais bem cuidados e alimentados, levam uma vida de pastagem e descanso e apenas se destinam a isto , pura diversão . Acho que muita gente que aqui comentou nem deve tratar os seus próprios animais como sendo cães e gatos numa proporção equivalente ( mesmo sendo estes animais domésticos ), têm os gatos na rua ao relento , os cães amarrados com correntes dentro de barris de ferro , enfim... o ser humano no seu melhor como já estamos habituados

Das touradas de praça não tenho a mesma opinião mas respeito quem goste . Sem stresses a esse nivel!
Para mim é mais violento ver um animal amarrado todo o dia ao sol num terreno , sem agua para beber ou sombra para se resguadar.
Alguns destes serão também adeptos de fazer sofrer os bichos duma forma bárbara , batem nos animais quando não cumprem alguma ordem até a maioria das vezes mal dada e vêm para aqui dar lições de moral a quem ? Haverá também os que matam galinhas , porcos , cabras por esfaqueamento ou degolação. Vai tudo dar ao mesmo .

Somos todos diferentes uns dos outros . o que eu não gosto pode até agradar a toda a gente e vice-versa. Há que respeitar quem gosta de touros desde que seja um comportamento civilizado e com o mínimo de respeito pelos animais como penso que é o caso . Do touro na água é engraçado. Os animais a nivel superior ao ser humano pois qualquer boi ou vaca que caia na água sabe nada bem como todos os mamiferos mas o homem nada para o fundo , tipo martelo sem cabo se não aprender.

E como disse um ilustre comentador este blog é para comentários de navios e não de touros . :)

Bom fim de semana .

Manuel disse...

Amigo, esta parte do teu comentário diz tudo "E como disse um ilustre comentador este blog é para comentários de navios e não de touros . :) "
Acabou a brincadeira, basta de insultos, não querem vir aos açores não venham, já expliquei porque razão a "treta" do toiro estava no caís!

Não aceito mais comentários neste post!


Para o Amigo do Alf um Abraço
Para os restantes como diz o meu amigo procurem blogs sobre tauromaquia, ou anti-tauromaquia!