Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Nasceu a Portos dos Açores, SA

(©) Copyright fotos: MM Bettencourt, Praia da Vitória.
(©) Copyright fotos: António Simas, Ponta Delgada.
Foi hoje publicado no Jornal Oficial da Região Autónoma dos Açores o "Decreto Legislativo Regional N.º 24/2011/A, de 22 de Agosto" que aprova o novo sistema portuário dos Açores,  criando a Portos dos Açores, SA, resultado da fusão das 3 Administrações Portuárias existentes até agora  e que faziam parte da Portos dos Açores SGPS, a APSM,SA ( Administração dos portos de S. Miguel e Santa Maria) a APTG,SA ( Administração dos Portos de Terceira e Graciosa) e a APTO, SA ( Administração dos Portos do Triângulo e Grupo Ocidental).
No diploma hoje publicado pode-se ler o seguinte: "A circunstância de se optar pela fusão das três Administrações Portuárias Regionais e pela sua incorporação na PA não significa que se pretenda seguir um modelo centralizado de gestão portuária, sem ter em conta as características específicas das várias ilhas e das suas infra-estruturas portuárias", tendo por isso sido criado em vez das anteriores Administrações portuárias 3 Direcções-Gerais com a mesma jurisdição das anteriores Administrações e que passam a ser denominadas de: DGPSM- Direcção Geral dos Portos de S. Miguel e Santa Maria, DGPTG- Direcção Geral dos Portos da Terceira e Graciosa e a DGPTO- Direcção Geral dos Portos do Triângulo e Grupo Ocidental. Cada membro do conselho de administração da PA, incluindo o presidente, exercerá as funções de director-geral numa das três  direcções-gerais.
Fonte: Jornal Oficial da Região Autónoma dos Açores.
(©) Copyright foto: Miguel Nóia, Horta.

6 comentários:

António Deodato disse...

Parabéns ao Senhor Secretário Regional da Economia, pela coragem, que apenas peca por ser tardia. A Região Autónoma dos Açores, no que se refere a portos comerciais, estava de tal forma fraccionada que era impossível funcionar em condições. O meu sonho de há mais de 20 anos, tornou-se realidade.
António Deodato.

Manuel disse...

Boas Sr António gosto de o ver por cá. Reconheço que a ideia é boa, ´veremos como se define certas coisas, pois ainda não existe muita informação.
Um Abraço e volte sempre
Manuel

Anónimo disse...

Caro amigo,
Gostei imenso da imagem do porto da Horta e do desenvolvimento das obras em curso, consideravelmente aumentadas depois da minha passagem pela cidade.
Sendo totalmente a favor da melhoria das instalações portuárias, espero simultaneamente que tenha sido mantida a preocupação de preservar os eventuais achados de grande valor arqueológico ali encontrados.
Cumprimentos,
Reinaldo Delgado

Café Puro disse...

Meio caminho andado para a decadência dos portos do triângulo!
No canal que movimenta 400000 passageiros por ano, os horários e rotas já são feitos em PDL e em breve, para se construir um WC ou colocar uma boia terá de seguir pedido de autorização ao conselho de administração NATURALMENTE sediado em S. Miguel.
Quem mais grita contra o centralismo de Lisboa é quem cá dentro mais centraliza em Ponta Delgada!!
E se a desculpa é a optimização de gastos, basta ver o exemplo da transparente(?) e eficiente(?) gestão da ex junta autónoma dos portos de S. Miguel e Santa Maria!!!

Manuel disse...

Boas Café, obrigado pelo comentário, quanto á tua questão sabes que a sede da PA é na Horta, algumas coisas ficam centralizadas mas no Faial, mas para te ser sincero ainda não tenho muita informação, vamos esperar para ver como funciona efectivamente.
Um Abraço,
Manuel

Café Puro disse...

Hummm, isso vai ser como as Secretarias Regionais do Faial e Assembleia Legislativa Regional...no princípio tudo boas intenções, depois e na realidade, os edifícios estão lá, mas o poder vem de fora: nem o presidente da ALR nem os titulares das (cada vez menos) secretarias regionais com sede na Horta, residem lá...aliás, apesar de terem moradia oficial paga e local de trabalho na Horta, apenas passam por lá para assinar os despachos!
Enfim, é como dizes vamos esperar para ver