Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Temporal em Ponta Delgada - Vídeo impressionante


Mais um vídeo que demonstra o forte temporal que se abateu sobre o porto de Ponta Delgada, no dia 27 de Setembro. O filme publicado é da autoria do Sr. Cmdte. Francisco Borralho,que abordo do seu N/M "Furnas" foi registando momentos impressionantes. Agradeço a Simpatia e Generosidade do Sr. Cmdte Franscisco Borralho, em partilhar com todos nós o seu filme.

N/M "Madeirense 3" zarpando de Ponta Delgada

N/M "Madeirense 3" zarpando do porto de Ponta Delgada dia 28 de Setembro, depois de ter enfrentado no dia anterior o forte temporal que se abateu sobre o porto micaelense ( Vídeo).
(©) Copyrights fotos: António M Dias de Simas, S. Miguel.

O Ministério da Defesa pediu ao Governo dos Açores para interceder no caso do concurso público lançado pela empresa Atlânticoline para a construção de dois ferries

O Ministério da Defesa pediu ao Governo dos Açores para interceder no caso do concurso público lançado pela empresa Atlânticoline para a construção de dois ferries porque os critérios excluem os estaleiros de Viana do Castelo e qualquer empresa nacional.
“Num procedimento que infelizmente é já recorrente, a empresa Atlânticoline, SA repete o lançamento de concursos para a construção de navios cujos requisitos inviabilizam, pura e simplesmente, a possibilidade de os ENVC [Estaleiros Navais de Viana do castelo], mas também de qualquer empresa nacional, a eles concorrer", lê-se num carta dirigida ao secretário Regional da Economia, Vasco Cordeiro, assinada pelo secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional, Paulo Braga Lino, a que a agência Lusa teve acesso.
Paulo Braga Lino invoca o "difícil momento que o país e as suas empresas atravessam", a situação dos ENVC e "o interesse nacional e regional" para solicitar a intervenção do Governo açoriano.
"Certo de que acompanhará a preocupação que aqui expresso, solicito a V. Exª sejam desenvolvidas as iniciativas entendidas por convenientes, que permitam eliminar a restrição, a nosso ver injustamente, introduzida nestes concursos, bem como assegurar a sua não repetição futura, assim contribuindo para a manutenção e desenvolvimento de tão importante indústria nacional", escreve o secretário de Estado na mesma carta, que tem data de quinta-feira.
Em causa está o concurso público que a Atlânticoline abriu na semana passada para a construção de dois navios para operar nas ligações entre Faial, Pico e S. Jorge, nos Açores.
Neste concurso, com um valor de 18,72 milhões de euros, a empresa manteve as condições que existiam no anterior, entretanto encerrado por desistência do único estaleiro convidado a apresentar proposta, e que suscitaram críticas dos estaleiros nacionais e um apelo do presidente da Câmara de Viana do Castelo para que o Governo português intercedesse.
Paulo Braga Lino explica na mesma carta que não estão em causa as "considerações técnicas" do caderno de encargos, mas que é "discutível a decisão de limitar a participação de empresas de cuja experiência não conste, designadamente, a construção e entrega, nos últimos 3 anos, de pelo menos 2 navios monocasco, com comprimento de fora a fora mínimo de 30 metros, no valor unitário igual ou superior a €7.000.000,00".
É esta restrição que exclui as empresas nacionais do setor, diz o secretário de Estado, acrescentando que existem "por certo" outras formas de "assegurar a garantia pretendida".
"Esta situação, que é contrária a princípios de solidariedade nacional e regional, prejudica, objetivamente, como V. Exª bem compreenderá, a economia e o tecido empresarial e tecnológico portugueses, impossibilitando as nossas empresas de concorrerem a tais concursos", acrescenta o secretário de Estado.
Paulo Braga Lino refere-se especificamente ao caso dos ENVC, considerando que "é do superior interesse da empresa, dos seus trabalhadores e do país poder assegurar a sua participação em concursos que tenham por objeto a construção de navios”.
“Essas oportunidades de negócio assumem importância relevante para a empresa, considerando o impacto positivo que podem ter na sua situação económico-financeira, devendo por isso ser consideradas de interesse regional e nacional", escreve.
Render: Atlânticoline / Texto: Agência Lusa.

Porto da Graciosa com novo empilhador "Amigo do ambiente"

 Resultado de um concurso levado a cabo ainda pela APTG, SA, que visava a aquisição de equipamentos de elevação vertical, destinados aos portos sob sua jurisdição ( Porto da Praia da Vitória e Porto da Graciosa), foi entregue na passada 4ª-feira uma dessas máquinas no porto da Graciosa.
A referida entrega foi efectuada pelo representante da empresa FÁCIL, Sr. Filipe, tendo o Sr. Melvino Lourenço, como representante da DG-PTG,  recebido o novo equipamento .
Para além de ser um empilhador moderno e com muitas vantagens operacionais, o destaque deste equipamento, um empilhador "Clark Gen EX 25" , vai para o facto de ser uma máquina "Amiga do ambiente", pelo facto de ser eléctrico, eliminando a emissão dos sempre indesejável gases tóxicos, e por reduzir ao minimo a sua manutenção  ( óleos e filtros) . O facto de o porto da Graciosa proceder à consulidação/ desconsulidação de contentores de alguns transitários, vem  esta máquina também contribuir para um ambiente de trabalho mais saudável para os intervenientes na referida operação.
O "Clark Gen EX 25" têm uma autonomia de operação continua de 5 horas,  uma capacidade de elevação de 2,5 tons, vem  equipado com deslocação lateral de garfos e posicionador,  semi-cabinado etc. ( Mais detalhes  ver Aqui).
(©) Copyrights fotos: MM Bettencourt, Graciosa

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Temporal no porto de Ponta Delgada ( vídeo)


O porto de Ponta Delgada enfretou um forte temporal no passado dia 27  do corrente mês, o vídeo que publico  é da autoria do  Sr. Comandante, António Piedade, que a partir do seu "Madeirense 3" efectou o referido registo, Agradeço a Simpatia e Generosidade do Sr Comandante, na partilha do referido vídeo com os nossos Estimados Visitantes.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Até breve Amigo Santorini

Hoje o N/F "Express Santorini" efectuou a sua última escala no porto da Graciosa, terminando assim a operação ferry no que à minha ilha diz respeito. Felizmente a operação decorreu dentro da maior normalidade tal como já havia acontecido com a operação de 2010, mas a seu tempo farei um post sobre a operação ferry de 2011 e  perspectivando a operação de 2012.
Neste post, que penso ser de um simples "Até Breve" quero expressar ao Amigo Cmdte, Stefanos Papadopoulos ( e sua tripulação) e à Amiga   Comissária, Susana Vaz ( e  Staff), o meu Respeito, Admiração e Amizade que tenho por  Vós, espero que o Inverno seja breve e Deus me traga a Felicidade de nos voltarmos a encontrar no porto da Graciosa no próximo ano, Até Breve! 
A "Familia"  Santorini- Foto de Cpt Stefanos Papadopoulos.
(©) Copyrights fotos: MM Bettencourt, Graciosa.

N/T "Chem Daisy" refugiado na costa norte de S. Miguel

Enquanto o porto de Ponta Delgada vivia momentos de sobressalto devido ao temporal que o assolou, o N/T " Chem Daisy" optou por se refugiar na costa norte da ilha (ao largo de S. Vicente Ferreira), evitando assim a "turbulência" que se registava no porto micaelense.
(©) Copyrights fotos: antónio M. Dias de Simas, S. Miguel.

O ferry "Espírito Santo"

 Pequeno ferry "Espírito Santo", dos Transportes Marítimos Graciosenses,  no porto da Graciosa( 26-9-11).
(©) Copyrights fotos: MM Bettencourt, Graciosa.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Temporal encerra porto de Ponta Delgada

O forte temporal que afectou a ilha de S. Miguel, afectou a operacionalidade do porto de Ponta Delgada, tendo este sido  encerrado à navegação. Devido à forte agitação marítima e ao vento, foi necessário recorrer aos rebocadores para manter os navios ao caís, tendo inclusive se registado a queda de alguns contentores  ao mar.
(©) Copyrights fotos: António M. Dias de Simas, S. Miguel.
Um foto muito ilucidativa do dia no porto de Ponta Delgada, uma gentil partilha do Amigo José Borges, Obrigado.
(©) Copyrights foto: José Borges, Ponta Delgada.

O americano "Geysir" na Praia da Vitória

Algumas fotos do porta-contentores "Geysir", operando no porto da Praia da Vitória. Este navio é presença regular no porto terceirense, uma vez que é responsável pelo abastecimento do destacamento militar norte-americano estacionado na Base das Lajes.
(©) Copyrights fotos: Cmdte. Rui Carvalho, Praia da Vitória.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

N/M "BLUE CARMEL" na Praia da Vitória

 No espaço de três semanas escalaram o porto da Praia da Vitória dois gémeos verdadeiros, este N/M "BLUE CARMEL" e o N/M "BLUE NOTE" (ver aqui) constituindo algo que no alcance da nossa memória é inédito. Este último declara 4420 toneladas de trigo francês carregado em Rouen para fabrico do bom pão e finos bolos terceirenses. Constitui o 22º navio de cereais/aditivos da época 2011.
DADOS TÉCNICOS:

Nome: BLUE CARCEL
Data e Hora da entrada: 26.09.2011 - 08:30
Indicativo de chamada: V2ER5
Nº IMO: 9491903
Porto de registo: St. John's.
Bandeira: Antígua & Barbuda.
Ano de construção: 2009.
Comprimento f. a f.: 89,96 mts.
Boca máxima: 15,58 mts.
Porte (DWT): 4.798 tons.
Arqueação bruta: 3.845 Mtons.
Arqueação líquida: 1.590 Mtons.
Calado máximo à entrada: 6,10 mts.
Último porto: Rouen.
Próximo porto: Aguarda Ordens.
Tipo de carga: 4.420 Tons. de Trigo.
Recebedor: Moagem Terceirense.
Auxiliar de proa: 250 KW.
Potência da Máquina Principal: 2.040 KW.
Armador: Blue Carmel GmbH Co KG.
Agência: BENSAUDE Agência de Navegação - João Martins.
Nome do Comandante: YURY KABAK.
Piloto de serviço: Henrique D'Almeida.
(©) Copyrights texo e fotos: Cmdte. Rui Carvalho, Praia da Vitória.

N/M "Corvo" no porto das Velas

Foto do N/M "Corvo" operando no porto das Velas, ilha de S. Jorge, na passada sexta-feira (23-9-11), um registo e gentil  partilha de Ricardo Gonçalves, Obrigado!
(©) Copyrights foto: Ricardo Gonçalves, Velas.

O projecto pioneiro da Younicos para a ilha Graciosa


A experiência é pioneira. A ilha Graciosa, vai submeter-se a uma revolução verde.Pode vir a ser a primeira região insular do mundo, livre de CO2.
Os seus 4500 habitantes vão usar exclusivamente energias renováveis, principalmente solares, mas também eólicas. É um projeto ambicioso, liderado pela companhia alemã, Younicos, companhia, sedeada em Berlim, e que pretende fornecer energia limpa para as ilhas.
Fonte: Euronews.

domingo, 25 de setembro de 2011

N/T "MENCEY" em Tenerife

Continuando no segmento dos navios tanque, publico duas fotos do N/T "MENCEY",  um "hermano" Canário do "Chem Daisy", melhor explicado, este tal como o "Chem Daisy", faz abastecimento das ilhas mais pequenas do arquipélago Canário.
Nome: Mencey
IMO: 9280146
Ind. Chamada: EAPV
Bandeira: Espanha
Porto de registo: Santa Cruz de Tenerife
T.A.B.: 4599 tons
T.A.L.: 3791 tons
D.W.T.: 6937 tons
Ano: 2004
Estaleiro: RMK Tersenesi, Tuzla, Turquia, casco 56
Operador: Petrogas, Canárias.
Comprimento: 109, 54 mts
Boca: 17,22 mts
Calado: 7 mts
Motor principal: Cat 8M32 , 5221 hp
Bowtrhruster: 476 hp
(©) Copyrights fotos: António Sáez, Tenerife.

N/T "EXCELLO" na Praia da Vitória

Fotos referentes ao N/T "EXCELLO" na sua escala do dia 24 de Setembro no porto da Praia da Vitória para descarga de cerca de 9000 toneladas de fuelóleo, para o recebedor BENCOM, destinando-se essencialmente à produção de energia  termoeléctrica para a Ilha Terceira. Esta forma de produção representa segundo a EDA-Empresa de Electricidade dos Açores 90,5 % do total, sendo os restantes produzidos por gasóleo - 0,4 %, hídrica - 0,8 % e finalmente eólica 8,3 %. Com as novas torres eólicas desembarcadas (ver aqui) espera-se reduzir um pouco mais a dependência da ilha nos combustíveis fósseis. 
(©) Copyrights texto e fotos: Cmdte. Rui Carvalho, Praia da Vitória.

sábado, 24 de setembro de 2011

N/T "Chem Daisy" no porto da Graciosa

 Algumas fotos do N/T "Chem Daisy" no porto da Graciosa, chegou ontem  procedente de Ponta Delgada, seu porto de carga  e partiu hoje pela manhã rumo ao porto da Horta.
Espero-o por cá brevemente, de todos os navios tanque que por cá passaram na missão de abastecimento inter-ilhas este é o meu preferido, para ser um navio perfeito apenas mudava a côr de  azul para verde ( uma côr ecológica).
(©) Copyrights fotos: MM Bettencourt, Graciosa.