Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

terça-feira, 14 de maio de 2013

Atlânticoline suspende temporariamente operação

© Copyright foto original: Cpt Stefanos Papadopoulos
A Atlânticoline suspendeu temporariamente operação por falta de passageiros, anunciou ontem o jornal Açoriano Oriental. Entendo as razões da Atlânticoline que levam a esta decisão, uma vez que todos nós sabemos, que passageiros nesta altura do ano são claramente poucos e somando as consequências da crise menos haverá. Contudo continuamos  a olhar para o serviço ferry, apenas como um serviço de passageiros, para a menina e para o menino, incluindo  uns smarts, triciclos, e trotinetes, que circulam com destino às festas de Verão nesta ou naquela ilha, quanto a mim existe vida para além dos passageiros.
Neste blog sempre defendi um sistema assente em duas vertentes, uma de um serviço porta-contentores e outra ferry. Neste post explico melhor a minha visão/opinião (VER AQUI). Apesar de ser esta a minha humilde opinião a porta do blog está aberta a quem pretender apresentar ideias diferentes.
Entretanto fico a pensar no que refere o programa de governo, onde se pode ler na pág. 190 do referido documento (AQUI), ser a aposta na carga rodada uma das medidas a aplicar. Tendo por base o mesmo documento e a minha opinião sobre os ferrys, tendo em atenção que a minha ilha corre o risco de esta semana não ter o porta-contentores (devido a avaria), não poderia o "Express Santorini", transportar por exemplo os contentores que se encontram em Ponta Delgada provenientes de Leixões (incluindo os de PDL), e de uma forma fácil e simples coloca-los no seu destino aproveitando as capacidades do ferry aliadas à recém construída rampa ro-ro?
Eu sei que não é assim tão simples, mas é perfeitamente possível, sendo este um mero exemplo das potencialidades de um serviço ferry ainda por explorar!



17 comentários:

Anónimo disse...

E os contentores eram carregados em PDL como? Nas Portas do Mar, duvido muito, pois não estou a ver como manobrar uma atrelado com um contentor no pouco espaço que existe atrás da rampa ro-ro. Na esquina do cais -10 (onde opera o ferry do Rally Açores), talvez, mas não sei se a porta traseira do Santorini é suficientemente comprida para assentar em cima do cais em toda a sua largura, pois aquela zona não faz um ângulo direito a 90 graus e corta um bocado na diagonal (os ferries que têm trazido a logística do Rally Açores têm portas traseiras bem mais compridas do que a do Santorini).

Manuel disse...

Caro Visitante, obrigado pela sua visita e comentário.

Estava eu a sonhar profundamente, quando o meu estimado visitante me acorda com este comentário! Acordei tão rápido que caí e bati com a cabeça, acho que leva uns pontos:)

Agora a sério, nas suas perguntas responde a umas questões que fazia a mim mesmo, pois apenas conheço as Portas do Mar das fotos. Ou seja não conheço o percurso para chegar um trailer até à rampa, além do mais penso que ao construirmos uma rampa ro-ro deve haver condições logisticas como um parque que permita o estacionamento dos camiões ou trailers para aguardarem o embarque. Basta ver os terminais ferrys nas Canárias.


O post era mais um sonho e um demonstrar que existe vida para além dos passageiros, até porque tudo indica na próxima semana terei o porta-contentores na ilha normalizando a situação, aliás como sempre faz a Box Lines quando por motivos de força maior é obrigada a cancelar.

Cumprimentos e volte sempre
Manuel

Ildefonso Ávila disse...

Bom dia
Essa noticia, sinceramente não percebo o alcance dela, pois não á polémica nenhuma, uma vez que quando foi publicado os horários da Atlanticoline, e com bastante antecedência, esse período de suspensão temporária já estava prevista. Por isso mais uma vez digo não percebi esta polémica, que se tem feito nos últimos dias, ou até sei mas não digo.
Cumprimentos,

Manuel disse...

Amigo Ildefonso, como referi no post compreendo a decisão da Atlânticoline, apenas quero demonstrar que não podemos olhar apenas para os passageiros, podemos ir mais além e quanto a mim devemos!
Para mim não se trata de polémica, mas apenas aproveitar para "gritar" que gostava de ver um ferry fazer mais do que já faz!
Cumprimentos volte sempre
Manuel

Ildefonso Ávila disse...

Bom dia
Eu compreendo a sua observação e não estou contra ela, só a favor, só estou contra, é o fato dos titulos que se dá nos jornais porque escrever a "Altanticoline suspendeu temporáriamente as viagens" dá ideia que não houve passageiros suficientes e então decidiram suspender a operação. É só nesse sentido. Desculpe se me fiz enetender mal. Cumprimentos,

Anónimo disse...

O acesso à famosa rampa ro-ro das Portas do Mar é feito através de uma rampa de liga o parque de autocarros ao cais. O parque de autocarros tem uma dimensão considerável (acolhe todo o parque de assistência do Rally Açores que incluiu diversos camiões TIR), pelo que não teria problemas em albergar uns quantos veículos pesados para embarque. Aqui fica uma foto do parque:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=389387904439470
(a rampa de acesso ao cais fica no canto inferior direito da foto)

O problema coloca-se no final da rampa de acesso ao cais, pois há pouco espaço entre o final desta rampa de acesso ao cais e a rampa ro-ro, como se vê nesta foto publicada mesmo aqui neste blog:

https://lh3.ggpht.com/-CqAuUXXLZOs/UXWrlP3onlI/AAAAAAAAVVA/Ycf8g-RpI9Y/s1600/IMG_0213.jpg

(o final da rampa de acesso ao cais é visível no canto inferior esquerdo)

Um ligeiro e um pesado relativamente curto não teriam grandes problemas em manobrar ali, mas uma pesado mais comprido (ainda por cima, se meter atrelados pelo meio) já seria mais complicado.

Um último problema (do lado terra) seria o acesso de pesados ao parque de autocarros das Portas do Mar, pois a única via de acesso é a avenida marginal onde é proibida a circulação de pesados (excepto autocarros), sendo que, com a actual a actual configuração da avenida, até os autocarros têm dificuldade em caber dentro das estreitas faixas de rodagem que foram pintadas no asfalto (a logística do Rally Açores chega às Portas do Mar com batedores da polícia à frente que quase param por completo no trânsito na avenida).

Manuel disse...

Amigo Ildefonso, não tem de pedir desculpa por nada, eu é que fiquei meio "baralhado"!
Mas quanto aos titulos, sabe como é, como mais polémico melhor. Eu se fizer um post com uma "desgraça" qualquer dispara as visitas! Os jornais como precisam de vender, precisam de apimentar a notícia.
Cumprimentos e volte sempre
Manuel

Caro Visitante, Obrigado pela explicação, compreendi como chegar à rampa e manobrar o trailer, acho que nunca tinha visto aquela imagem tirada a partir do navio, além do mais não fazia ideia que não podiam circular pesados na Avenida, estou bastante desactualizado nesse aspecto!
Talvez se a vedação fosse móvel, ficasse uma área maior para manobrar um trailer. Tudo isto era mais uma razão para fazer um teste com o ferry.


Cumprimentos e volte sempre
Manuel

litosjose disse...

Manel, tens de cá vir e passas a conhecer. A porta está aberta. :)
Abraço

Anónimo disse...

Amigo verde.

o Santorini afinal serve de pouco para transportar contentores ou camioes. Hoje fizeram testes e nao leva mais que dois camioes . Um camiao com contentor nao cabe lá dentro , apenas cabem 2 camioes com contentores isotermicos , e nao podem ser grandes. Enfim a autoestrada que tanto defendes ainda nao é este ano com os meios disponiveis que vai para a frente . Só se for a reboque do Santorini. Abraço

Manuel disse...

Caro Visitante obrigado pela visita e comentário!

Sobre o teste no Santorini envio este link de um post neste blog:

http://oportodagraciosa.blogspot.pt/2010/12/express-santorini-operando-na-grecia.html

Cumprimentos volte sempre
Manuel

Caro Amigo Zeca, gosto de te ver por cá, pensava que tinhas evaporado, sim senhor, quanto à viagem a PDL, depende se o Gaspar se portar bem :)

Um Abraço e volta sempre
Manuel

Anónimo disse...

Olá Manuel . Com esse tipo de camioes claro que é possivel. Mas com o que temos nos Açores é uma miragem ver os nossos camioes dentro do Santorini. Vivemos no 3º mundo em muitas coisas ainda .

Manuel disse...

Caro Visitante o sonho comanda a vida!
Resta-me sonhar, se houver vontade tudo é possível!

Cumprimentos e volte sempre
Manuel

Anónimo disse...

Ûm camiao identico ou muito semelhante ao da foto nao entra no Santorini. Só se for por cima com ma grua .

Manuel disse...

http://oportodagraciosa.blogspot.pt/2010/12/express-santorini-operando-na-grecia.html

Caro Visitante, obrigado pela visita e comentário,.

Cumprimentos e volte sempre
Manuel

Anónimo disse...

Acho que fizeram bem para quê criar despesa se pode se poupar?! Assim começam a operar quando haver gente suficiente ;). Adoro viajar nesta companhia, os preços até nem são maus, e tem boas condições.

Anónimo disse...

Para quem não sabe o Santorini foi feito para transportar comboios, por isso quem esta a falar é quem nunca vi a rampa ro/ro do navio, leva autocarros. Se já viram um comboio então já estão a ver que da muito bem para levar camiões :/

Refiro-me á rampa de trás.

Manuel disse...

Caros Visitantes, sobre a capacidade do Santorini, estou a estudar um post para que não restem dúvidas sobre essa questão!
Aliás o link que coloquei de um post anterior responde em parte a muitas dúvidas!

Cumprimentos e voltem sempre
Manuel