Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Younicos vs Chem Daisy


O navio tanque, "Chem Daisy", efectuou ontem a vigésima escala do ano no porto da Graciosa. Provavelmente voltará antes do final do ano efectuando assim número idêntico de escalas registadas no ano anterior. No  decorrer do próximo ano, provavelmente assistiremos a uma significativa redução de escalas,  em virtude da entrada em funcionamento do projecto da empresa alemã Younicos, que se encontra numa fase avançada de construção.
Relembro que este projecto visa abastecer a ilha recorrendo à energia eólica e à energia solar, ou seja, terá como consequência uma quebra muito significativa do consumo de gasóleo na ilha, uma vez que a Central Termoeléctrica da Graciosa é o maior cliente do parque de combustíveis da Bencon SA.


3 comentários:

Luís Henriques disse...

... então a Graciosa está mais "verde"? :)
um abraço

Manuel Bettencourt disse...

Amigo Luís,
Para mim está sempre verde :))

Um abraço
Manuel

CAP CRÉUS disse...

Que seja benéfico para todos. (Graciosa incluída).