Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sexta-feira, 25 de março de 2011

N/M "Ruby", a ponte entre a ilha e o continente

 O "nosso" N/M "Ruby", visita-nos com uma frequência quinzenal, este porta-contentores é propriedade da empresa alemã, Briese Schiffahrt, estando afretado pela Box Lines Navegação,SA, seu operador, que o explora actualmente na linha dos Açores.
O N/M "Ruby", tem como ano de construção 2002, tendo sido construído no estaleiros, Qingshan,  em Wuhan, China, foi lançado á água a 22 de Outubro de 2001, ostentando o nome de "Frisia",  em 2002 é nomeado de "Apolo", ostentando esse nome até Setembro de 2003, altura em que é renomeado de "Anja", nome que usa até Junho de 2010, passando então a chamar-se de "Ruby".
Não me canso de dizer que esta é uma ligação fundamental para a economia da nossa pequena ilha,  é minha opinião, que a Box Lines, têm prestado um bom serviço,  aliás outra coisa não seria de esperar de um operador insular, que certamente terá uma diferente sensibilidade em relação a uma pequena ilha que depende deste  para que a sua economia tenha acesso aos mercados do continente Português, Madeira  e  obviamente o resto do mundo.
(©) Copyright fotos: MM Bettencourt, Graciosa.

9 comentários:

Francisco Nunes disse...

Embora os navios a visitar a sua ilha sejam na sua grande maioria sempre os mesmos, é sempre bom ver o gosto que demonstra o amigo manuel a tentar captar varios tipos de fotos e imagens para satifazer a sua propria "vontade" e fazer as delicias daqueles que por aqui passam....
um abraço amigo manuel....

Manuel disse...

Boas Amigo Francisco, é verdade, é complicado publicar fotos dos mesmos navios, mas já falei com a malta do Ruby, e teremos novidades dentro em breve.
Abraço,
Manuel

DavidB disse...

Os Navios podem ser sempre os mesmos mais as cargas são sempre diferente

Manuel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Manuel disse...

Amigo David, dentro em breve teremos novidades em relação ás fotos do Ruby, será daqui por um mês, ai sim serão fotos diferentes, digamos que a minha máquina vai de viagem e voltará dali a 15 dias.
Abraço,
Manuel

DavidB disse...

Eu tanto gosto dos barcos como das cargas que eles trazem , para muitos estas fotos podem ser mais umas fotos do Ruby sem interesse nenhum , para mim mostram sinais de desenvolvimento , mostram a chegada de 2 Maquinas Agriculas e de uma escavadora , para quem vive num pais grande pode parecer pouco mais para quem vive numa ilha pequena isto é em grande, aqui na Madeira desse tipo de Maquinas Agriculas é tao raro que eu nunca vi nenhuma

Manuel disse...

Amigo David, sempre um observador atento, de facto tem razão, é preciso não esquecer que somos uma pequena ilha com 62 km 2, e perto de 5000 habitantes, nunca se pode esquecer isso.
Já agora aproveito para lhe dizer, que quando comecei a trabalhar no porto em 1995, na altura era o porta-contentores Vitorino Nemésio", a sua carga normal seria uns 15 a 20 teus, hoje andaremos por uns 70 a 80 teus (ultima viagem), quero com isto dizer, que embora com menos população hoje consome-se mais, toda a nossa maneira de viver alterou-se.
Abraço,
Manuel

DavidB disse...

E ainda poderia alterar-se mais essa tua ilha é maior que o Porto Santo (42km) e tem mais população (+-4400 a quem fale em 5000), se houve-se uma ligação diaria de Ferry para outra ilha maior.

Se para o Porto Santo da para ai também daria

Diz-me uma coisa quanto tempo demora dai a ilha mais perto ?

Manuel disse...

Amigo David, já comentei consigo a minha opinião, seria um modelo como o Porto Santo, com ferry e porta-contentores, mas aqui acho dificil, muitos interesses o impedem. No fim da página do blog tem o meu mail, se quiser posso explicar melhor, uma vez que não posso dizer tudo aqui aquilo que penso.
Quanto ao tempo de ligação, o Express Santorini, leva 3h 15 minutos, por imposição do horario, o Hellenic Wind sensivelmente 2 horas, isto em relação ao porto da praia da Vitória, penso que a distancia é de 53 milhas. Continuo sem perceber o que será o futuro do serviço ferry.
Abraço,
Manuel