Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sábado, 5 de maio de 2012

Sistema de identificação dos contentores




 A Boxlines, efectuou ontem mais uma das suas escalas quinzenais no porto da Graciosa, com o navio "Ponta do Sol". Para o post de hoje, decidi um tema interessante na minha opinião que é o sistema de identificação dos contentores, na imagem acima publicada dividimos a matricula em 4 partes, com destaque na minha opinião para o digito de confirmação que como o nome indica confirma a correcção de toda a matrícula, como simples e mero interessando nestas pequenas grandes "coisas", diria que qualquer programa de PC, que processe estas matrículas deveria automaticamente conferir a correcção da matrícula, evitando os indesejados erros.
Para ajudar à composição do post, e publicar uma melhor explicação, recorri-me das imagens de duas tabelas, uma exemplificativa da forma de obtenção do código de confirmação, e outra  que determina o valor a atribuir a cada letra.
Para quem tiver interesse em saber mais, aconselho uma visita ao site "containerhandbuch.de", onde obti esta e muitas outras informações.
(©) Copyright fotos: MM Bettencourt, Graciosa.
Fonte: ContainerHandbook.de
  © Copyright Quadro: ContainerHandbook
 © Copyright Quadro: ContainerHandbook

4 comentários:

Elvio Leão disse...

Boas Manuel
Eu até trabalho com um programa pc desenvolvida para a OPM, em que não corrige o numero ou a sigla, mas simplesmente se estiver errado não aceita. Longe vão os tempos que que se tinha que verificar pelas listas.
Abraço e bom fim de semana.
Elvio

Manuel disse...

Amigo Elvio, não aceitar a matricula já é muito bom, eu verifico pelas listas, mas o funcionamento do meu porto deve ser totalmente diferente, mas um dia deste falamos por mail nisso fiquei curioso como funciona o teu porto.
Um Abraço e bom fim de semana
Manuel

Rui Carvalho disse...

Caro MMB

Não é o teu porto, são os "paraquedistas" que por cá aterram que não têm a mínima noção do que é um porto ou um sistema informático para trabalhar com contentores.

Abraço~

ErrE

PS - Acho que nem sabem distinguir um de 20 de um de 40. De outras "coisas" sabem e muito.

Manuel disse...

Amigo ErrE, hoje em dia como todos sabemos a informatização bem feita pode contribuir para uma melhor operacionalidade, eficiência. O que vejo de uma maneira geral é falta de consciência sobre aquilo que é um porto, mas acho que nem vale a pena falar.
Abraço,
Manuel