Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sábado, 12 de janeiro de 2013

N/M "Ponta do Sol", um ano de presença no porto da Graciosa


A calema no interior do porto origina estes interessantes "geysirs"


O N/M "Ponta do Sol", efectuou a sua primeira escala de 2013 na passada 5ª-feira dia 10 de Janeiro no porto da Graciosa. O navio que é operado pela Box Lines, completou um ano de presenças regulares  entre nós, uma vez que a sua estreia ocorreu a 11 de Janeiro de 2012. Completado um ano este tem comprido a sua missão de extraordinária importância para a  economia da ilha de forma positiva, totalizando 22 escalas em 2012.
Na escala de  5ª-feira, devo referir que apesar da indesejada ondulação de NW com 4,5 metros de altura e a consequente calema originada no interior do porto, o navio operou apesar dessas  dificuldades, o que demonstra a boa vontade do Comandante e Operador em cumprir a sua missão.
(©) Copyright fotos: MM Bettencourt, Graciosa.


Para certas cabecinhas preocupadas com a construção da rampa, esta é uma mais valia para o nosso porto, e vai certamente um dia trazer mais beneficios que maleficios. E sim podem operar as duplas habituais!

5 comentários:

Berto Garcia disse...

Muy buen trabajo en el seguimiento de la operativa del buque Saludos

Rui Carvalho disse...

Caro MMB

Quanto à rampa duvido ! Falta "colhones" a muita gente com poder para impor essa decisão.
É pena mas é a verdade, as lealdades não o permitem.

Abraço

ErrE

Manuel disse...

Amigo ErrE e Berto, se a rampa não fôr para utilizar porque estão a faze-la? A situação dificil que se vive actualmente exige uma rápida evolução do modelo de transporte, se continuarmos parados no tempo quando quisermos correr atrás dele será tarde de mais, a ilha estará sem população!
Abraço,
Manuel

Elvio Drumond Leão disse...

Boas Manuel, informe-me porque é que os navios aí atracam quase todos por bombordo, com as gruas do lado do cais, aqui so mesmo quando se precisa fazer paralelo de gruas para cargas muito pesadas se faz isso.
abraço
Elvio

Manuel disse...

Amigo Elvio, não serei o mais indicado para te responder. Mas sempre ouvi que será para facilitar uma saída de emergência, assim é mais fácil sair, se tivesse que sair a ré seria mais dificil!
Abraço,
Manuel