Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Obras no Porto Comercial de Velas ficam concluídas este verão, assegura Ana Cunha

Texto e foto: GACS
A Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas afirmou hoje, em São Jorge, que a empreitada de prolongamento do molhe-cais do Porto deVelas ficará pronta em julho e o aumento do terrapleno estará concluído em agosto.
“São esses os prazos que nos foram agora adiantados, até pelo empreiteiro, e que estão formalizados”, frisou Ana Cunha, que falava no final de uma visita às obras em curso.
A titular da pasta das Obras Públicas salientou que esta “é uma obra estruturante para a ilha de São Jorge”, fazendo “todo um reordenamento do porto de Velas, um prolongamento do molhe-cais, que permite que o cais comercial opere com dois navios em simultâneo em linha, e um aumento do terrapleno bastante significativo, com uma capacidade de armazenagem acrescida para contentores”.
A juntar a estas valências, acrescentou a Secretária Regional, “há ainda toda a estrutura do edifício do armazém de apoio, que permitirá albergar a maquinaria e também os escritórios de apoio à atividade do porto”.
Para Ana Cunha, logo que este conjunto de infraestruturas esteja operacional, “sentir-se-á o efeito impactante que esperamos que esta obra tenha no concelho de Velas e em toda a ilha de São Jorge”.
A empreitada de prolongamento do molhe-cais e aumento do terrapleno representa um investimento de cerca de 19,7 milhões de euros.

1 comentário:

CAP CRÉUS disse...

Gosto das fotos, desta malta, com capacete e a apontar para o infinito.
Dá uma imagem profissional e conhecedora da coisa.