Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

domingo, 21 de novembro de 2010

Navio de cruzeiros "Arcádia" nas Portas do Mar.

De passagem por Ponta Delgada, esteve no dia 19 deste mês,  o navio de cruzeiros "Arcádia". Dessa agradável presença no caís de cruzeiros, Portas do Mar, mais uma vez, o nosso Amigo António Simas, generosamente envia-nos estas belas fotos, dando uma imagem abrangente de toda a estrutura das Portas do Mar, onde para além do "Arcádia", podemos ver o  rebocador "Tsavliris Hellas", atracado no caís interior, junto à rampa roll-on/ roll-of, e no fundo da imagem do seu lado direito temos o N/T "Angelina Amoretti", que fizemos referência  neste blog  aquando da sua passagem pela Praia da Vitória.
(©) Copyrights fotos: António M. Dias de Simas, S. Miguel.

5 comentários:

Anónimo disse...

Goataria de manifestar a minha estranhesa pelo facto de ainda não terem preenchido um lugar vago na Administração da APTG, SA. A Dra. Sónia saíu no Verão e o lugar ainda está vago.
Parece que não há pessoal na Terceira para ocupar aquele lugar ou as pessoas não se querem chatear e acabar com as mordomias existentes naquela empresa.
Há ali empregados que raramente aparecem no serviço e outros que passam parte do dia a jogar às cartas no computador.
Eng. Maria Conceição Rodrigues, ponho essa gente na ordem...

César João disse...

Bonito!
É disto que os Açores precisam,turismo para ajudar esta economia a não regredir.
Quem me dera que as ilhas "ditas" pequenas, também tivessem algumas iniciatias parecidas, para ajudar no desenvolvimento do turismo e da economia de cada uma.

Manuel disse...

Caro Visitante, Obrigado pela sua visita. Quanto à sua pergunta em relação à substituição da Drª Sónia Pires, não lhe sei responder, embora também já me tenha feito a mim mesmo para quando a entrada de mais um elemento para a Administração.
Quanto à outra questão relativa às presenças no trabalho, e dos jogos, pedia-lhe que para a próxima diga isso directamente à Engª Conceição Rodrigues, pois calculo que a conheça melhor do que eu. Não se esqueça que sou funcionario da APTG, e que ao fazer esse tipo de chamada de atenção coloca-me numa situação dificil, pois não quero que o blog sirva para falar desse tipo de assunto ( nem tenho conhecimento disso), Pêço Desculpa mas tenho a certeza que compreenderá.
Cumprimentos e volte sempre,
Manuel

Manuel disse...

Boas Amigo Cesar João, as nossas pequenas ilhas durante 2011 receberam alguns navios de cruzeiros, espero que tudo se confirme e não haja desistencias.
Contudo acho que o transporte de carga-contentorizada e o serviço ferry, podiam contribuir mais para esse desenvolvimento, o primeiro porque nos possibilita aceder a mercados com preços mais competitivos do que os internos, e o segundo porque contribuiria para uma maior circulação da população, e uma melhor troca comercial entre ilhas. Impossivel seria estarmos ligados por uma ponte, mas será possivel os ferrys fazer de ponte entre as ilhas, mas temos que ser ilhas todas iguais, e não fazer voltinhas, esquecendo-se que as pequenas também são Açores, afinal isto é um serviço publico ou não?
Abraço,
Manuel

Rui Carvalho disse...

Caro MMB

Lamento profundamente que haja um certo tipo de pessoas que persistem cobardemente em se esconder atrás de um anonimato para produzir as maiores alarvidades que lhes vai na desviada cabeça.
Pelos vistos este cobarde anónimo tem "profundo conhecimento" e intimidade de tudo o que se passa nos gabinetes da empresa em questão, tornando-o assim cumulativamente COBARDE E FALSO, pois provavelmente sabe que está a faltar à verdade e a ofender a grande maioria dos funcionários dessa casa.
Os funcionários da APTG,SA há imagem de toda a Administração Pública não tiveram aumento em 2010, no entanto a produtividade aumentou 30%, só um ignorante é que não o sabe.
Lembro também que a preocupação da Sr. Engª (Agrária) Conceição Rodrigues não é com os seus funcionários mas sim com os CALOTEIROS que devem milhões à APTG, talvez mesmo faça parte dessa volumosa lista a empresa onde trabalha o COBARDE E FALSO anónimo acima referido. Só a semana passada seguiram 140 cartas solicitando a regularização de dívidas, na qual se inclui uma para a ATLANTICOLINE que ainda não pagou um cêntimo de euro referente á maravilhosa operação 2010.

Abraço

Rui Carvalho