Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

O regresso do, "Funchal", ao porto da Horta




© Copyright fotos: Miguel Nóia, Faial.
Com  esta espectacular reportagem fotográfica o nosso Amigo, Miguel Nóia, registou a escala este domingo do emblemático navio de passageiros, "Funchal",  no porto da Horta, onde em outros tempos foi presença regular com as cores da, Empresa Insulana de Navegação.  Regressou  pela segunda vez com as cores da Portuscale Cruises, efectuando um cruzeiro que teve início em Lisboa, passou por, Ponta Delgada, e partirá com destino a Lisboa, ao contrário do previsto devido ao cancelamento da escala no porto Praia da Vitória.

"O Paquete Funchal é o marco da nossa frota, foi alvo de uma total remodelação, tornando-se assim num navio de quatro estrelas, estando mais acolhedor e encantador do que nunca com 10.000 toneladas de arqueação bruta, este navio de linhas clássicas com um perfil dotado de um charme reconhecido, os decks tornaram-se mais amplos e abertos proporcionando um ambiente intimista para os verdadeiros amantes dos cruzeiros e do mar.
Um navio com capacidade para 580 passageiros, o Funchal proporciona convívio e agradáveis e inesquecíveis momentos sociais, num estilo personalizado de cruzeiro, com uma tripulação atenta e dedicada, maioritariamente portuguesa, alguns dos quais têm acompanhado este navio por mais de 20 anos, o que lhe permitiu conquistar clientes seguidores e muito fidelizados.
Navegando por todo o mundo, ao longo da magnífica costa Sul Americana, o círculo Ártico, os Fiordes Noruegueses, as ilhas do Atlântico, o mar mediterrâneo, o mar Negro, o mar Vermelho, Austrália e Extremo oriente, o M/V Funchal atualmente destaca-se como um dos melhores exemplos de navios de cruzeiro clássico, cuja personalidade é cada vez mais procurada por experientes viajantes de cruzeiros.o navio Funchal é realmente muito encantador como a bela ilha da Madeira, de cuja capital leva seu nome." © Texto Portuscale Cruises
Dados técnicos:
Nome: FUNCHAL.
IMO: 5124162.
Indicativo de Chamada: CSBM.
Numero de MMSI: 255971000.
Bandeira: Portugal.
Porto de Registo: Madeira.
Operadores: SCMA- Lisboa, Portugal.
Ano de Construcao: 1961.
Estaleiro: Helsingor Skibsvaerft og Maskinbyggeri A/S- Helsingor, Dinamarca. Casco#353.
Numero de Conves: 3.
Comprimento Fora a Fora: 152,65 metros
Comprimento entre Perpendiculares: 138,50 metros
Boca Maxima: 19,08 metros.
Pontal: 9,15 metros.
Calado: 6,32 metros.
Altura: 39,00 metros.
Deslocamento: 8,870 toneladas.
Arqueacao Bruta: 9,563 toneladas.
Arqueacao Liquida: 3,759 toneladas.
Porte Bruto: 2,975 toneladas.
Numero de Cabines: 241.
Numero de Camas: 570.
Numero de Tripulantes: 165.
Gruas: 4 de 3 toneladas cada.
Potencia de Maquinas: 2X Werkspoor (Holanda) 10,002 hp (7,356 kw).
Velocidade de Cruzeiro: 14,50 nos.
Velocidade Maxima: 17,00 nos.
Trabalho de recolha de dados técnicos: Paulo Peixoto, Boston. 


7 comentários:

Anónimo disse...

"O Paquete Funchal iniciou a sua carreira como Paquete da Presidência da Republica,para visitas transatlânticas..." Terá sido assim???

Manuel Bettencourt disse...

Boas Caro visitante,

Copiei o texto, na altura da última visita, sinceramente pode estar errado! Vou investigar melhor.

Cumprimentos volte sempre
Manuel

Luis Miguel Correia disse...

O FUNCHAL foi concebido para assegurar a carreira das Ilhas a partir de Lisboa, destinando-se especialmente a servir a Madeira e o turismo então em desenvolvimento crescente. Nos primeiros anosm além de cruzeiros pontuais, o paquete FUNCHAL fazia três viagens regulares mensais sendo uma ao Funchal, P Delgada, Horta, Angra, P Delgada e Funchal e duas seguidas ao Funchal e Tenerife, que eram de facto viagens - cruzeiro. Em paralelo, a partir de 1962 foi utilizado por diversas vezes como navio presidencial para as viagens oficiais e particulares do Presidente Tomás aos Açores, Madeira, Cabo Verde, Guiné e Brasil. Em 1973 passou a fazer cruzeiros mas em Setembro de 1974 regressou à carreira da Madeira e Açores até Outubro de 1975. A partir de Maio de 1976 foi utilizado em cruzeiros.

Quanto às características técnicas actuais do FUNCHAL, o comprimento ff é de 154,60 metros e o deslocamento máximo de 9 200 toneladas.

Cumprimentos do Luís Miguel Correia

Manuel Bettencourt disse...

Caro Sr. Luís Miguel Correia,

Muito obrigado pela explicação, de facto a pessoa certa para o tema!

Cumprimentos e volte sempre
Manuel

paulorenato disse...

Sem duvida Luis M Correia sabe destas coisas como ninguem.Com ele tambem aprendi muito e conheci muito mais atravez dos seus artigos entao na Revista de Marinha em meados da decada de 80.Sempre um prazer ler os seus comentarios. Um abraco do Canada

Anónimo disse...

Regressei hoje do cruzeiro que partiu de Lisboa a 09 de Setembro de 2014 e cujo itinerário inicial foi completamente alterado, culminando com cancelamento da escala em Praia da Vitória.
Assim posso afirmar que, ao contrário do mencionado no texto da Portuscale Cruises, a maioria da tripulação e staff do Funchal não é portuguesa, podendo mesmo afirmar que são muito poucos os falam a língua de camões.
Penso ser importante repor a verdade.

Manuel Bettencourt disse...

Caro visitante,

Obrigado pela sua informação, não fazia ideia!

Espero, que apesar do cancelamento tenha tido um cruzeiro agradável

Cumprimentos e volte sempre
Manuel