Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

A Autoridade Marítima Nacional abre ao público vários Faróis todas as quartas-feiras

 © Copyright foto: MM Bettencourt, Graciosa.
© Texto e logo: Marinha Portuguesa.

A Autoridade Marítima Nacional abre ao público vários Faróis todas as quartas-feiras, de forma gratuita e sem necessidade de marcação prévia, uma iniciativa destinada a dar a conhecer a missão dos Faróis e as funções dos faroleiros.

Esta iniciativa, que se iniciou em 2011, permite ao público visitar a mítica torre do Farol e observar o mar de uma perspetiva única, em três visitas guiadas pelos respetivos faroleiros, agora com os seguintes horários: 
- no inverno das 13h30 às 16h30 (última subida à torre às 16h00)
- no verão das 14h00 às 17h00 (última subida à torre às 16h30)

Os faróis abertos semanalmente a visitas são:
- No Continente, os Faróis de: Montedor, Aveiro, Leça, Cabo Mondego, Penedo da Saudade, Cabo Carvoeiro, Berlenga, Cabo da Roca, Cabo Espichel, Sines, Cabo Sardão, Cabo de São Vicente, Ponta da Piedade, Ponta do Altar, Alfazina, Santa Maria e Vila Real de Santo António;
- Na Madeira, o Farol da Ponta do Pargo.
- Nos Açores, os Faróis de: Ferraria, Ponta do Cintrão, Arnel, Gonçalo Velho, Ponta da Garça, Contendas, Ponta da Barca, Ponta da Ilha, Ponta do Topo, Albarnaz e Lajes das Flores.

As visitas a faróis, tal como ocorria anteriormente, podem continuar a ter lugar fora das datas e horários agora definidos, carecendo no entanto de autorização prévia.

Sem comentários: