Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sexta-feira, 12 de junho de 2015

O "Hellenic Wind", a família "Superseacat", e a baleia

© Imagem: Marinetraffic
O HSC  "Hellenic Wind",  quando navegava no dia 10 do corrente mês,  do porto da Praia da Vitória com destino ao porto da  Graciosa, embateu num objeto não identificado, muito provavelmente um cachalote, tendo danificado o sistema de estabilização do navio à proa (Ver render), o que  irá originar a ida do navio para Lisboa para posterior reparação, regressando no inicio do próximo mês.
 Esta situação, não é inédita, uma vez que já aconteceu  nos Açores com o ferry, "Golfinho Azul", que embateu numa baleia, mas sem afectar o navio dado as suas características. 
Coincidência, ou não, foi o facto de hoje ter aparecido no porto da Praia da Vitória, uma baleia morta, o que nos leva a pensar se terá sido esta a responsável pelo embate! Caso para dizer que uma baleia colocou um "super gato do mar", KO!  
O meu Agradecimento ao Amigo Guilherme Bettencourt, pela partilha das fotos com os leitores do blog!


Família dos MDV1200

O HSC " Hellenic Wind" pertence à família dos MDV1200 ( conhecidos como Superseacat ) são uma série de hight speed crafts (HSC), construídos pelos estaleiros Fincantieri, Itália, para a Ocean Bridge Investments e Sea Containers, Lda. entre 1996 e 1999, tendo sido construídos 6 destes navios. Os primeiros 2 navios do tipo MDV1200, foram o HSC Pegasus One e HSC Pegasus Two, construídos para a Ocean Bridge Investmnets em 1996 e 1997 respectivamente, mais 4 destes navios foram construídos para a Sea Containers, Lda. entre 1997 e 1999. A Sea Containers Lda originalmente tinha encomendado um navio Auto Express 78 á Austal Ships, mas o primeiro da série falhou a velocidade requerida e foi recusado, tendo então a Sea Containers, Lda. se virado para os Estaleiros Fincantieri e encomendado 2 destes 
navios MDV1200, e depois mais dois. Características dos Superseacat: Comprimento 100,3 metros, boca 17,1 metros,calado 2,6 metros, 689 passageiros, 120 viaturas e 4 autocarros, velocidade de serviço 35 nós e máxima 40 nós, motores 4x Ruston V 20 RK270 diesel, com 6875 KW de potência, fornecida a 4 jactos de água Kamewa S112, impulsor de proa Brunvoll FU-45 LTC 1225-330 KW. De salientar que o desenho exterior deste tipo de navio foi concebido pelos famosos escritórios de design Pininfarina, Itália que conta com clientes famosos, como a Ferrari, Maserati, Volvo, e projectos de arquitectura como por exemplo o estádio da Juventus, entre outros .
Fontes: Wikipedia; Absolute Astronomy & Ship-Technology.
Baleia hoje removida no porto da Praia da Vitória.






Sem comentários: