Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Chegada do, "Maersk Mc-Kinney Møller", a Roterdão (Vídeo)

O novo mega porta-contentores, da Maersk Line,  " Maersk Mc-Kinney Møller", primeiro da classe "TRIPLE-E", chegou hoje pela primeira vez  ao porto de Roterdão.  A classe "Triple E",  será composta por 20 navios, com um comprimento de 400 metros, 59 metros de boca ,  altura de 73 metros, e uma excepcional capacidade de 18 000 Teus (mais 16% que o Emma Maersk -2500 contentores). Os 20 gigantes construídos nos estaleiros da Daewoo Shipbuilding, Coreia  serão entregues em 2013-2014, os primeiros 10 navios e a segunda dezena em 2014-2015, totalizando um espaço de carga de 380 000 Teus. Como exemplo um comboio com 18 000 teus, teria um comprimento de 110 kms,  a classe Triple-E  conseguirá  viajar 184 quilómetros consumindo 1 kWh  de energia por tonelada de  carga, enquanto que um Jumbo  viaja apenas meio quilómetro  .
O TRIPLE-E, significa em inglês "Economy of scale, Energy efficiency and Environmentally improved", eis o  novo "Rei dos Oceanos"!

Sem comentários: