Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

N/M "Corvo", descarregando milho e contentores no porto da Praia da Vitória


N/M "Corvo", entrando no porto da Praia da Vitória (Arquivo)
© Copyright fotos: Duarte Lourenço, Praia da Vitória.
© Copyright texto: Cte. Rui Carvalho, Praia da Vitória.
 Pela segunda vez este ano o N/M "CORVO", propriedade do armador nacional MUTUALISTA AÇOREANA, efectua uma descarga mista de contentores, carga geral e milho a granel no porto da Praia da Vitória. As 998,58 toneladas de milho amarelo manifestadas e embarcadas no porto de Lisboa aumentam o total de cereais\aditivos descarregados neste porto para as 40.932 toneladas repartidas por 10 navios.




6 comentários:

Anónimo disse...


A falta de cargas para os Açores e o aumento do preço dos cereais deve ter levado este armador a negociar com os importadores da Terceira este tipo de transporte no navio Corvo. É caso para dizer que quem não tem cão usa o gato.

Elvio Drumond Leão disse...

Cá está uma boa maneira de rentabilizar os navios.
Abraço
Elvio

Judeu disse...

Manuel, pergunto se como nestes navios penso que de vez em quando são transportados contentores com gado vivo e consequente infiltração de palha/dejectos dos mesmos para os porões ou tampas dos porões, se estes são sujeitos a algum tipo de desinfecção ou lavagem especial antes de neles ser carregado o milho.

Manuel disse...

Caro Visitante, obrigado pelo comentário, infelizmente não sei responder!



Cumprimentos e volte sempre
Manuel

Caro Visitante (Anónimo) e Élvio de facto trata-se de rentabilização!

Cumprimentos e voltem sempre
Manuel

Rui Carvalho disse...

Caro MMCB

Os porões são lavados e preparados para transporte de cereal.
Os registo de esgoto selados para não serem entupidos, assim como os ventiladores ou quaisquer outros orifícios igualmente susceptíveis.

Abraço

ErrE

Manuel disse...

Caro ErrE,

Obrigado! infelizmente haverá situações que não são assim e sabes bem do que falo obviamente que não me estou a referir ao Corvo e Cª

Abraço
Manuel