Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

domingo, 27 de julho de 2014

Regata de vela Les Sables / Les Açores / Les Sables (Chegada à Horta!)


A primeira etapa da regata de vela da Classe Mini 6.50 Les Sables / Les Açores (Horta) / Les Sables (www.lessables-lesacores.com), que largou no passado domingo, 20 de julho, da costa atlântica de França irá concluir-se este domingo, dia 27, na ilha do Faial, apresentando-se na liderança da competição os dois únicos velejadores italianos integrados na frota.

Para Giancarlo Pedote, com o veleiro “Prysmian”, a meta na baía da Horta deve ser alcançada às primeiras horas do amanhecer, estando a sua vitória completamente assegurada, em face da vantagem de cerca de 70 milhas náuticas que detém sobre o compatriota Michele Zambelli, no iate “Fontanot”.

Em terceiro, na aproximação ao arquipélago dos Açores, situava-se ao final da tarde de sábado o gaulês Nicolas Boidevezi, com o veleiro “Señor Blue”, que assim completava o domínio das embarcações protótipos sobre os iates de construção de série.

Precisamente no segmento de série a liderança da prova era assegurada pelo francês Damien Audrain (“EPC – Rêves de Clown”), à frente do belga Jonas Gerkens (“Netwerk”) e do gaulês Francois Jambou (“Kairos”), todos separados à altura por apenas 5 milhas náuticas, mas já com cerca de 150 milhas de atraso para o líder absoluto da course.

Aos portugueses, a Les Sables / Les Açores / Les Sables de 2014 revela particular interesse em face da presença no lote de participantes de um velejador nacional, António Fontes, com a embarcação “Leonor”, que ao final de sábado seguia na 13.ª posição, a 400 milhas da chegada, entre 22 concorrentes na vertente dos iates de série.

Esta é uma competição bienal para navegadores solitários – muitos profissionais –, de grande exigência física e já com assinalável reputação desportiva internacional, que vai na sua quinta edição e que em 2014 congrega 33 embarcações, repartidas por dois segmentos, o dos protótipos (11 inscritos) e o dos veleiros de série (com 22 desportistas náuticos envolvidos). Este ano a frota comporta velejadores de oito nacionalidades diferentes, sendo 23 deles franceses, dois britânicos, dois italianos, dois suíços, um belga, um espanhol, um português e um canadiano.

A presente edição da regata Les Sables / Les Açores / Les Sables tem sido muito competitiva, pelo tipo de embarcações em prova (veleiros minúsculos, de apenas 6,5 metros), pelo excelente leque de participantes e pelas extraordinárias condições de mar e vento, que têm proporcionado navegações a velocidades relativamente elevadas, entre os 8 e os 12 nós (milhas/hora).

Esta prova liga a cidade francesa que é mundialmente conhecida por ser ponto de partida e chegada da maior aventura de circum-navegação em solitário, sem escalas e sem assistência – a famosa “Vendée Globe” – à cidade da Horta (Açores), o que acontece desde 2006, e faz parte do calendário oficial da Federação Francesa de Vela, integrando agora, pela primeira vez, o Campeonato de França para Regatas de Alto Mar em Solitário, na Classe Mini.

A Les Sables / Les Açores / Les Sables detém no seu palmarés o recorde mundial de distância percorrida em 24 horas por embarcações desta dimensão, feito alcançado em 2010 por Bertrand Delesne que num dos dias da segunda etapa da competição daquele ano conseguiu percorrer 304,9 milhas náuticas, numa média de 12,70 nós, velocidade entretanto jamais igualada.

Horta (Açores), 2014-07-26
Dr. Luís Prieto



Sem comentários: