Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Arribada do N/M "ELEKTRA" ao fundeadouro de Angra do Heroísmo





© Copyright fotos: João Bettencourt Mendonça e Guilherme Bettencourt
© Copyright texto: Rui Carvalho
 Registo fotográfico da arribada do N/M "ELEKTRA" ao fundeadouro de Angra para desembarque de um tripulante acidentado a bordo. Proveniente de Southampton e com destino a New York, rapidamente desembarcou o doente que de imediato foi encaminhado para o hospital de Santo Espírito para tratamento. Sobra dizer que é uma presença habitual destas águas, e que para os mais atentos, é muitas vezes apanhado pelas antenas açorianas de localização e posicionamento de navios.
 Nome: ELEKTRA.
Tipo de Navio: Carregador de Viaturas.
IMO: 9176577.
Indicativo: 9V8798.
MMSI: 564614000.
Bandeira: Singapura.
Porto de Registo: Singapura.
Matrícula: 396256.
Operadores: Wallenius Wilhelmsen Logistics- Lysaker, Noruega.
Classe: Lloyd's Register.
Ano de Construção: 1999.
Estaleiros: Eastwood Heavy Industries Ltd.- Geoje, Coreia do Sul. Casco#4420.
                  Hyundai-Vinashin Shipyard Co. Ltd.- Ninh Hoa, Vietnao.
Comprimento Fora a Fora: 227,95 metros.
Boca Máxima: 32,29 metros.
Calado: 11,00 metros.
Arqueação Bruta: 67,264 toneladas.
Porte Bruto: 28,126 toneladas.
Número de Tripulantes: 30.
Número de Viaturas: 7,194.
Potência de Máquina: 16,358 kW (22,240 hp), 105,00 rpm. 1 hélice FP, 105,00 rpm.
Velocidade de Serviço: 20,50 nos.
Potência de Máquinas Auxiliares: 4,189 kw.
Número de Caldeiras: 2.
Potência de Geradores Auxiliares: 4,478 kw.
Potência de Thrusters: 2,250 kw (3,059 bhp).



4 comentários:

CAP CRÉUS disse...

Grande monstro :-)

Manuel Bettencourt disse...

Eu é que não apanho monstros deste :(

Abraço
Manuel

paulorenato disse...

e sempre bom ver algo diferente nos nossos mares e neste blog claro
um abraco do canada

Manuel Bettencourt disse...

Amigo Paulo,

Aqui ao largo passa alguns bichos engraçados, mas passam longe da vista :)

Um Abraço
Manuel