Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

domingo, 28 de junho de 2009

Pilotagem - (III/VI)

Uma profissão perigosa.
A profissão de Pilotos de portos tem seus perigos, como vemos neste momento que o navio porta-contentores Catalina Mar na baía a entrar em SC Tenerife e a precisar de um barco rebocador e a lancha de piloto com dificuldades de fazer o serviço. O mar parecia calmo, mas há uma forte corrente maritima que impede o piloto de abandonar o navio, no início das aproximações. Por último, o piloto consegue "saltar" para agarrar a escada e sobe imediatamente, enquanto sua lancha coloca-se á distância, rapidamente, para evitar bater no casco do navio.
Em outras ocasiões, a manobra é simples sem risco, tais como o acesso do piloto ao rol-on rápido Aegean Heaven.
(©) Copyright texto e imagens: Antonio Sáez, Tenerife.

Sem comentários: