Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Lakers para desmantelar no Welland Canal





Muitas vezes um passeio ao Welland Canal, é uma seca, não se vê nada de jeito, por isso desta vez mando umas fotos dos sucateiros de Colbourg, uma das muitas pequenas industrias que vivem do canal. Estes são antigos Lakers à espera de um maçarico para  terminar com a sua carreira. Infelizmente este tipo de Laker (ponte de comando à proa e casa das máquinas à popa), estão com os dias contados, já existem poucos. Estes eram construídos aqui nos grandes lagos em estaleiros hoje abandonados, enquanto que os novos, como é o caso do "LAGONA SPIRIT", embora maiores e mais eficientes, trazem no rotulo "Made in China". No Welland ainda existe um estaleiro o do Weller, mas este vive apenas de alguns navios que o governo Canadiano manda para lá (Marinha e Guarda Costeira), de resto só na época em que tudo pára é que podemos ver alguns navios por lá em manutenção.
(©) Copyright fotos e texto: Paulo Renato, Canadá.

4 comentários:

Rui Carvalho disse...

Caro Paulo

Uma tristeza, fruto de uma globalização desleal e implacável.

Abraço

ErrE

paulorenato disse...

Caro Rui
E verdade,tenho ate pena de ver estaleiros e industrias que dependiam destes,estarem abandonados e fechadas.Chega-se ao ponto de certos navios que precisam de uma modernizacao mais delicada terem que fazer estas viagens ao mundo chines.A unica coisa boa e que pelo menos as tripulacoes sao ainda na maioria Canadianas ou Americanas.
Abraco
Paulo

Manuel disse...

Amigo Paulo, obrigado pelas sempre interessantes fotos.
Nisto estamos mais avançados que o Canadá, já estamos a eliminar as Bandeiras nacionais e respectivas tripulações, somos os maiores daqui a nada nem frota temos
Abraço,
Manuel

Ricardo disse...

Neste post, mais importante que as imagens foi o relato sobre as mesmas. Já há alguns anos que conheço estes lakers com ponte de comando à proa e só agora soube uma das verdadeiras causas do seu desaparecimento...infelizmente.

Ricardo