Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

quinta-feira, 26 de julho de 2012

"Corvo" e "Lusitânia", no porto das Velas


Na passada 3ª-feira o N/M "Corvo" da Mutualista Açoreana, reestabeleceu a normalidade ao nível da carga contentorizada, no que à ilha de S. Jorge diz respeito. Lembro que na semana anterior, o navio "Sete Cidades", não conseguiu operar devido a uma avaria numa das suas gruas. Fazendo companhia ao navio da Mutualista, encontrava-se o N/M "Lusitânia" da EBP, que escala as Velas habitualmente às 3ª-feiras, operando este no caís criado com a construção da rampa ro-ro do porto das Velas.
(©) Copyright foto: Ricardo Gonçalves, S. Jorge.

2 comentários:

Anónimo disse...

Manuel reparaste no pormenor de um farolim novo a meio do molhe ?

Manuel disse...

Meu Amigo, não tinha reparado, mas que faz ali aquele farolim?
Explica-me lá pois acho que tu sabes bem essas coisas certo amigo M.
Abraço,
Manuel