Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

N/M "Ponta do Sol" novamente operacional, navega rumo a Lisboa

O N/M "Ponta do Sol",  saiu hoje dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo onde esteve em reparação, navegando nesta altura rumo ao Porto de Lisboa. Sendo assim o navio volta a tempo de iniciar a próxima viagem aos Açores ao serviço Boxlines Navegação SA. .
Um Agradecimento ao Amigo José Castro pelo simpático envio desta foto.
(©) Copyrights foto: José Castro; Blog "Pelos Confins do Mundo".
Imagem: Captura do prog. Localizatodo.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Smit Salvage, prossegue operação no "Costa Concordia"

A operação de extracção do combustível do "Costa Concordia", que está a ser executada pela SMIT SALVAGE, continua dentro do que a experiente empresa holandesa previa, mas obviamente dependente das condições metereológicas. Hoje a Smit informa que tem a barcaça "Meloria" do parceiro italiano nesta operação Fratelli Neri, posicionada junto ao estabilizador do navio. Para a recepção do combustível encontra-se agora junto à barcaça "Meloria" a barcaça/tanque "Magic Duba", que substitui o navio tanque "Elba". Lembro que a extracção do combustível dos 6 tanques da proa do navio, já se encontra concluído, tendo sido retiradas as válvulas "hot tap". 
(©) Copyrights fotos: Fratelli Neri; Smit Salvage; Reuters

N/M "Ponta do Sol", saindo da doca nº 2 dos ENVC

O N/M " Ponta do Sol" que havia chegado aos Estaleiros Navais de Viana do Castelo a 31 de Janeiro, procedente de Ponta Delgada com uma avaria, saiu hoje da doca-seca nº 2 para o cais de aprestamento, prevendo-se que  efectue a próxima viagem aos Açores ao serviço da Boxlines.
Uma Simpática colaboração do Amigo Filipe Branco, Obrigado.
(©) Copyrights fotos: Filipe Branco, Viana do Castelo.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Um novo sistema de Transportes Marítimos para os Açores

Porto do Porto Santo, com o ferry "Lobo Marinho" e o porta-contentores "Funchalense 5" atracados.
A polivalência do "Lobo Marinho" permite em caso de necessidade o transporte de contentores.
Este post vem no seguimento de um anterior denominado "Os ferrys são peça fundamental para a criação de um mercado interno", neste pretendo explicar a minha opinião sobre a forma de potenciar os ferrys na nossa região, criando um sistema diferente, preparado para assumir-se como polivalente, eficiente, moderno, rápido, arma no combate à desertificação, pedra base de um mercado interno, ou seja, um activador sócio-económico da região como um todo.
Antes de avançar no post, vou dar uns pequenos exemplos da situação actual: Partindo do principio que pretendo enviar produtos da minha ilha ( sejam quais forem), para o grupo Oriental, isso só poderá acontecer quinzenalmente, ou seja com a mesma frequência com que o faço com Lisboa e Leixões, sendo que por exemplo um contentor que tenha como destino Santa Maria, sairá da Graciosa numa 4ª-feira de uma semana ímpar, e chegará apenas na 4ª-feira da semana seguinte. Resumindo leva mais tempo a viagem até Santa Maria do que até Lisboa. Esta situação aplica-se inversamente. Alguns poderão dizer que existe outras soluções, eu digo desde já que, retrocessos não obrigado!
Deixando o grupo oriental e "navegando até o grupo Ocidental, a mesma situação acontece, ou seja, apenas ligações quinzenais e também uma semana de "viagem" até ás Flores.
No Grupo Central, poderá ser mais fácil, mas também não se consegue colocar produtos(hortícolas por ex.) nas ilhas do triângulo no mesmo dia, isto mesmo quando há ferry e este sai da Graciosa e duas horas depois está em S. Jorge ( os ferrys estão proibidos de transportar carga). Actualmente essa carga terá que ir até à Terceira (tráfego local) e seguir no dia seguinte para S. Jorge, em relação ás outras ilhas registamos situações semelhantes.
Vontade de criar o tal mercado interno, parece haver(será?), mas facilmente se percebe que algo terá que mudar nos transportes marítimos, para que essa vontade seja implantada. Em pleno século XXI, Santa Maria ou Flores, não podem estar a 15 dias de distância. È verdade que as rampas ro-ro em construção poderão ser um dos pilares desse mercado interno, mas muito mais terá que ser feito. Nesta altura e em especial este ano, devíamos ter o direito de saber que projecto marítimo defendem os nossos políticos.
Depois destas reflexões, o sistema que gostava de ver aplicado nos Açores, é um sistema porta-contentores/ ferry, tendo por base o existente na Madeira-Porto Santo. O serviço ferry nos Açores passaria a anual, percorrendo todas as ilhas de oriente a ocidente e vice-versa, de forma a que se possa deslocar carga e pessoas nos dois sentidos todas as semanas, isto permitiria colocar os produtos rápidamente em qualquer ilha sem perda de qualidade e devidamente protegidos, obviamente haveria necessidade de avaliar certas questões, tais como a frequência, as necessidades de carga etc, sendo este  essencialmente um serviço de carga  inter-ilhas.
Associado a este serviço manteria o actual sistema de carga contentorizada, mas gostaria de ver aqui a participação dos armadores no encontrar de uma solução que fosse positiva para todos, lembro que na Madeira, a Porto Santo Line (operador ferry) e a E.N.M.( contentores), pertencem ao Grupo Sousa. Transpondo esta realidade para os Açores, o Grupo Bensaude teria por exemplo esta capacidade, uma vez que aliado aos ferrys teria meios logísticos para potenciar o serviço e dinamiza-lo, tais como Transitários, Hotéis, etc.
Este sistema permitiria a que por exemplo as Flores recebe-se numa semana o ferry e na seguinte o porta-contentores, enquanto que ficava assegurada uma verdadeira ponte entre ilhas.
Lembro que isto é apenas um mero exercício retórico, esta sugestão tem algumas questões por resolver, mas de possível solução, deve ser encarado também como um princípio em constante actualização, serve de desafio também a quem devia apresentar algo de novo... ou o novo é o velho?
(©) Copyrights fotos : Elvio Leão, Porto Santo; Blog "O Mar do Porto Santo"
Mapa arquipélago, imagem original: RIAC

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Modelismo - Lancha de Pilotos, "João Vaz Corte-Real"

O Modelismo Naval é algo que bem feito, como é o caso, enquadra-se perfeitamente no conceito de arte. Esta pequena réplica da lancha de pilotos, "João Vaz Corte-Real", é uma pequena obra de arte, construída pelos irmãos Tiago e Flávio Moreira, Caniçal, ilha da Madeira,  deixa-nos encantados com a fidelidade em relação ao modelo real, lembro que se trata de uma construção de raiz e não a montagem de um kit, baseada no modelo "interceptor 38" da Safehaven Marine, Irlanda.
 Esta pequena grande, "João Vaz Corte-Real", já iniciou a sua actividade nas provas organizadas pelo grupo "Amigos do Modelismo", Madeira, que tem por base um dos tanques sob a pista do aeroporto da Madeira, tendo realizado essa estreia logo da melhor maneira conquistando dois prémios, 1º lugar na Construção e 3º lugar na prova de perícia.
(©) Copyrights fotos: Tiago Moreira, Madeira.
Amigos, Tiago Moreira e Flávio Moreira

sábado, 25 de fevereiro de 2012

N/M "Furnas", navegando no Tejo

N/M "Furnas", navegando no  Tejo com destino ao porto da Praia da Vitória. Lembro que com base na nova organização da frota da linha dos Açores, o porto da Praia da Vitória recebe escalas quinzenais directamente de Lisboa, quanto à outra  ligação fundamental com Leixões continua a ser realizada com ligação directa a Ponta Delgada.
(©) Copyrights foto: Rui Minas Agostinho, Lisboa.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

N/M "Lagoa" e N/M "Paulo da Gama" no porto da Graciosa

Duas construções nacionais, "Electra" Estaleiros Navais de Peniche e "Lagoa" Estaleiros Navais de Viana do Castelo.
Ontem o porto da Graciosa, recebeu a escala de dois navios, o N/M "Lagoa", temporáriamente ao serviço da Boxlines Navegação, SA, e o N/M "Paulo da Gama" dos Transportes Marítimos Graciosenses, Lda.
O N/M "Lagoa" opera pela segunda vez no nosso porto tendo desta vez recorrido á polivalência da lancha de Pilotos "Electra", para  esta o auxiliar na manobra de entrada com as suas 6 tons de tracção . Espero ver o N/M "Lagoa" mais uma vez no porto da Graciosa, como diz o povo, "não há duas sem três",  e aliás dizem-me que o "Ponta do Sol" poderá não estar operacional  no fim da próxima semana.
(©) Copyrights fotos: MM Bettencourt, Graciosa.
Meu Amigo Rui Franco, espero que seja apenas um Até Breve, espero-o daqui a quinze dias, Um Abraço.

N/M "PORTALEGR​E" na Praia da Vitória

(©) Copyrights foto: Christian Costa-http://www.oceanships.de/
Já há uns tempos que por cá não aparecia um navio da NAVEIRO, bem vindos, o último foi o "OPORTO" que cá esteve faz agora três anos (05FEV09), mas que não tinha sido referido neste pro-activo blog. Nestes últimos anos muito mudou na Portuguesa NAVEIRO, coisas más e muitas coisas boas, destacando desde já a renovação da frota com agora 12 navios, da qual faz parte este "PORTALEGRE". É assim que ficamos contentes, navios portugueses em portos portugueses, pena é que estas 3.299 toneladas de Colza tenham sido carregadas em Roterdão. Lembramos que o acumulado da época 2012 perfaz agora 15.005 toneladas.
Dados técnicos:
Nome: PORTALEGRE.

Data e Hora da entrada: 22.02.2012 - 18:00.
Indicativo de chamada: CQMF.
Nº IMO: 9360477.
Porto de registo: Madeira.
Bandeira: Portugal.
Ano de construção: 2009.
Estaleiro: Factoria Naval de Marin SA - Nº 149.
Comprimento f. a f.: 89,50 mts.
Boca máxima: 13,70 mts.
Porte (DWT): 5.897 tons.
Arqueação bruta: 2.956 Mtons.
Arqueação líquida: 1.558 Mtons.
Calado máximo à entrada: 5,45 Mts.
Último porto: Roterdão.
Próximo porto: Aguarda Ordens.
Tipo de carga: 3299 Tons. de Colza.
Recebedor: UNICOL, UCRL.
Auxiliar de proa: 280 Kw.
Potência da Máquina Principal: 1.850 Kw.
Armador: Lico Leasing SA EFC.
Agência: Thomé de Castro, Sucrs. Lda. - José Soares.
Nome do Comandante: Francisco João Rodrigues da Mota.
Piloto de serviço: Henrique D'Almeida.
(©) Copyrights fotos: Cmdte. Henrique D´Almeida, Praia da Vitória.
 (©) Copyrights texto: Cmdte. Rui Carvalho, Praia da Vitória.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Ro-ro "Agean Pearl", em Ponta Delgada com a logística do Sata Rallie 2012

Hoje tem inicio o Sata Rallye Açores 2012, prova do IRC, que irá animar as estradas da bonita ilha de S. Miguel. Mas para realização deste evento, foi preciso uma "estrada" para fazer chegar a Ponta Delgada as viaturas e restante logística da prova, essa "estrada" este ano foi assegurada pelo ro-ro de bandeira grega, "Agean Pearl".
Interessante registar que o sistema ro-ro, está associado à realização desta prova e de outras do mesmo tipo que se realizam pelo arquipélago. 
(©) Copyrights fotos: António M. Dias de Simas, Ponta Delgada.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Navio "Mistral" da Marinha Francesa em Ponta Delgada

O porto de Ponta Delgada, recebeu ontem a escala do navio da Marinha Francesa, L1903 "Mistral", trata-se  de um Navio de Projecção e Comando BPC ( bâtiment de projection e commandement). Este navio tem um comprimento de 199 metros, tem capaciade para transportar uma unidade militar tipo batalhão com 450 elementos, veículos de combate até 1000 toneladas, 16 helicópteros, 2 hovercrafts, e 4 LMC ( lanchas de desembarque convencionais).
O Navio navega rumo aos EUA, onde irá participar no exercicio militar "Bold Alligator 2012", que envolve marinhas de vários países.
(©) Copyrights fotos: António M. Dias de Simas, Ponta Delgada.
Imagen: Autor desconhecido

Navio "Disney Fantasy"- A Magia da Disney em Ponta Delgada

  O porto de Ponta Delgada, teve o prazer de receber, na 2ª-feira dia 20 de Fevereiro, o novíssimo navio de cruzeiros da Disney, o "Disney Fantasy". O  navio segue rumo a Nova York onde será inaugurado, tendo a sua viagem inaugural marcada para 31 de Março. Este navio tal como o seu irmão "Disney Dream", foi construído nos estaleiros Meyer Weft, Papenburg, Alemanha, tendo sido lançado à água a 8 de Janeiro do corrente ano.
Nome: Disney Fantasy
Nº IMO:  9445590
Ind Chamada: C6ZL6
Bandeira: Bahamas
T.A.B.: 1290750 tons
T.A.L.: 1040391 tons
D.W.T.: 9500 tons
Ano: 2012
Estaleiro: Meyer Werft- Papenburg, Alemanha; casco nº 688
Lançado à água: 8-01-2012
Comprimento: 339 mts
Boca: 40,50 mts
Calado: 8,32 mts
Capacidade: 1250 cabines; 4000 passageiros
Vídeo: Youtube Canal- Dj77n
(©) Copyrights fotos: António M. Dias de Simas, Ponta Delgada.