Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Atlânticoline recebeu três propostas para os novos ferrys



COMUNICADO
No âmbito do lançamento do Concurso Público para a “CONCEÇÃO E CONSTRUÇÃO DE DOIS NAVIOS RO-RO DE PASSAGEIROS PARA A REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES, COM CAPACIDADE PARA 650 PASSAGEIROS E 150 VIATURAS”, conforme estipulado no Programa de Procedimento, e tendo terminado no dia 2 de maio o prazo limite de entrega de propostas, o júri reuniu-se hoje, dia 5, às 10h00, nos escritórios da Atlânticoline em Ponta Delgada, para a realização do ato público de abertura destas mesmas propostas. 
Foram recebidas três propostas: duas de estaleiros espanhóis e uma de um estaleiro norueguês. As condições de preço apresentadas foram as seguintes:
Hijos de J. Barreras, S.A. - 81.200.000,00€;
Astilleros Armon Gijon, S.A. – 85.000.000,00€;
Fiskerstrand - 54.999.000,00€, por cada navio.
Após a abertura das propostas, estas foram consultadas pelos concorrentes. Não tendo havido reclamações ou questões a dirimir, o ato público foi encerrado pelas 10h35. O júri irá proceder posteriormente à análise documental e técnica das propostas, cujo relatório preliminar será oportunamente notificado aos concorrentes. 
Ponta Delgada, 05 de maio de 2014
Post relacionado:
Atlânticoline, apresentou as principais características dos novos ferrys

8 comentários:

Anónimo disse...

Boas, a proposta dos Espanhóis é o preço dos dois? 85milhoes os 2, 42.5 cada navio?

Manuel Bettencourt disse...

Boas caro visitante,

Julgo que sim, na apresentação consta: " Valor das construções orçadas em: 85 m€.", ou seja 42,5 cada navio, razão pela qual na nota de imprensa se diz " Fiskerstrand - 54.999.000,00€, por cada navio. "

Lembro-me de ter acompanhado aqui a construção do "Passio per Formentera" e julgo ter custado cerca de 42 milhões de euros! Obviamente que a construção não foi ontem mas eles lá sabem!

Cumprimentos e volte sempre
Manuel

Anónimo disse...

Caro Manuel, repare no navio da Hellenic Seaways : Nissos Chios, embora bastante maior que o pretendido (cerca de 30m ), olhe para a beleza do navio... seria um lindo traço para um navio bonito, condizendo com as lindas ilhas dos Açores. Cumprimentos, e desculpe este comentário.

Manuel Bettencourt disse...

Meu caro Visitate,

Não peça desculpa, eu Agradeço o seu comentário e outros que pretenda fazer, o blog também é composto pelos comentadores, só que ao contrario do Marcelo ou Sócrates não recebem nenhum :)

Sim também gosto das linhas desse ferry, mas vamos esperar pelo fumo branco !

Cumprimentos e volte sempre
Manuel

Anónimo disse...

Apesar da proposta dos Astilleros Armon não ser a mais "barata", penso que será a "melhor" candidata, visto que foram os mesmos que construíram o "Mestre Simão" e "Gilberto Mariano"!

O que acha amigo Manuel?

Abraço

Manuel Bettencourt disse...

Caro Amigo,

Como saberá será feita uma avaliação das várias vertentes quer financeira quer técnica! Não faço ideia do que os esses dois estaleiros apresentam!

Para já devemos referir que a construção dos dois ferrys na Armon foi um sucesso nisso concordamos, uma vez que se cumpriu prazos e não houve as habituais derrapagens financeiras, isto por muito que custe a alguns deve-se à gestão da Atlânticoline!

Cumprimentos e volte sempre
Manuel

Anónimo disse...

Boas,

Ter em atenção que os Estaleiros Armon, não tem experiência em navios ro-ro de passageiros,ao contrario do estaleiro Barreiras que tem provas dadas.

Cumps

Manuel Bettencourt disse...

Caro Visitante,

Não posso dizer que não tenha razão, vamos esperar para que fique tudo mais claro!

Cumprimentos e volte sempre
Manuel