Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Africa Mercy.

A ONG hospitaleira Mercy Ships reclama que, Africa Mercy é o maior navio-hospital não governamental do mundo e, efectivamente: possui séis quirófanos (capazes de efectuar 7.000 operações cirúrgico ao ano), 78 camas hospitalares, scaner-TAC, guardería e numerosas facilidades próprias de sua função. Conta com 400 voluntários (médicos, enfermeiras, especialistas e tripulantes) para realizar sua função humanitária adequadamente. Após uma estadia de dez meses de intensa actividade em Monrovia, Liberia aproveitam a escala em Tenerife para manutenção e aprovisionamento do navio e tomar-se umas merecidas férias durante o período do Natal.
O navio é uma reconversão do rol-on dinamarquês "Dronning Ingrid, 1980" realizada em Newcastle e que se terminou após alguns atrasos em 2005 com um custo de 45 milhões de euros. Desloca 16.000 tons e tem 152 mts de comprimento. Em Maio 2007, escala em Tenerife de passagem para Monróvia e durante o Natal de 2007 e 2008 permanece estâncias de aproximadamente 40 dias, para descanso da tripulação e de acondicionamento e abastecimento do navio e hospital. Este ano 2009 chegou em Santa Cruz o dia 19 de Dezembro dapós a dura tarefa humanitária de dez meses continuados. Permanece até no dia 31 de Janeiro 2010 em que o vemos sair justo quando começava a tempestade que acaba afetar nossa ilha.
(©) Copyrights fotos de interior e fonte: Mercy Ships.
(©) Copyrights, texto e fotos exteriores: Antonio Sáez, Tenerife.

Sem comentários: