Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Boxlines- Transportando o futuro

A Box Lines Navegação, SA, é a única empresa de carga contentorizada que escala o porto da Graciosa, ligando a minha pequena ilha aos outros dois grupos de ilhas do arquipélago Açoriano ( Grupo Ocidental e Oriental), ao arquipélago da Madeira e Portugal continental e claro a parti dai com o resto do mundo, sendo assim muito das pequenas e grandes coisas que necessitamos para construir o nosso futuro, chega-nos nas “caixas” que transporta e descarrega o “nosso” N/M “S. Rafael”, navio que operou no porto da Graciosa durante a noite de 5ª-feira e dia de 6ª-feira numa escala mais longa do que é habitual. A Box Lines Navegação pertence ao Grupo Sonae Capital, (http://www.sonaecapital.pt/) que tem como Presidente o conhecido Belmiro de Azevedo que receberá da Universidade dos Açores o doutoramento “Honoris causa” no próximo dia 5 de Março.
(©) Copyright fotos e texto: MM Bettencourt, Graciosa; imagens: Box Lines, SA

4 comentários:

Anónimo disse...

Apesar de ser o único operador a escalar a Graciosa, a verdade é que os armdores Transinsular e Mutualista Açoreana também posicionam carga na Graciosa. O Grupo Bensaude tem naquela ilha uma delegação da sua agência de navegação e do transitário Bentrans.

Manuel disse...

Caro Anónimo, obrigado pela visita e pelo comentário, têm razão Transinsular e Mutualista Açoreana também posicionam carga na ilha mas chega cá nos navios da Boxlines, que são os únicos (porta-contentores) que vêjo por cá à mais de 10 anos.Quanto à sua referência ao Grupo Bensaude tem razão, tem uma delegação e Muito Bons profissionais.
O seu comentário deu-me uma ideia para um futuro post.
Cumprimentos e volte sempre
Manuel

Anónimo disse...

Convém esclarecer o Anónimo que o Grupo Bensaude possui na ilha Graciosa muitos outros negócios, que vão para além da logística e navegação.

Aquele Grupo também actua na recolha de resíduos, na armazenagem e venda de combustíveis.

Foi uma lufada de ar fresco a entrada deste Grupo na Graciosa, através da abertura de um escritótrio.

Quem é que não se lembra o que se passava na área dos transitários, dos postos de abastecimento de combustível e na distribuição do gás antes desse Grupo vir para cá?

Manuel disse...

Caro Anónimo, Agradêço a sua visita e comentário, de fato o Grupo Bensaude tem vários negócios na ilha como bem diz, que resultaram para já na criação de vários postos de trabalho, o que é sempre muito positivo.

Cumprimentos e volte sempre
Manuel