Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Farol da Ponta da Barca, aberto ao público no âmbito das comemorações do Dia Nacional do Mar

 Dia Nacional do Mar
16/Nov
Em 16 de Novembro de 1994 entrou em vigor a Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar (CNUDM) que estabeleceu um novo quadro jurídico para o direito do mar. Ao ratificar a CNUDM, a 14 de Outubro de 1997, Portugal assumiu responsabilidades numa das áreas marítimas mais extensas da Europa, e a maior da União Europeia, com uma dimensão 18 vezes superior ao território nacional.

Em 1998, o dia 16 de Novembro foi institucionalizado pela Resolução de Conselho de Ministros n.º 83/1998, de 10 de Julho, como o Dia Nacional do Mar.

A comemoração deste dia engloba um vasto conjunto de iniciativas de âmbito nacional, regional e local, que incluem diversas actividades de natureza cultural, desportiva, cientifica, etc. Estas actividades envolvem vários ministérios e outras entidades públicas e privadas ligadas ao mar.

No âmbito desta comemoração no  dia 16 de Novembro (sábado),  o Farol da Ponta da Barca estará aberto ao publico entre as 14 horas  e as 17 horas.

Sem comentários: