Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Angra porto de abrigo

É cada vez mais raro, mas graças ao mau tempo (triste constatação), o porto de Angra vai tento alguma vida este Outono, embora seja efémera e não será aquela que mais se deseja.
O vento leste empurrou os barcos dos TMG (e não só) do porto da Praia para Angra, primeiro para Baía do Fanal, e depois com o rodar do vento para W, para o Porto das Pipas, tendo-se visto ontem os 3 barcos dos TMG atracados no porto, tendo o rebocador Bravo chegado mais tarde. O navio cimenteiro também compunha o quadro, embora fundeado na baía.
(©) Copyrights fotos e texto: João M. Bettencourt Mendonça, Anga do Heroísmo.

4 comentários:

simão bessa disse...

De facto,é triste de ver este cenário,mas ao mesmo tempo interessante pois em Angra é muito raro ver barcos e isto é uma oportunidade para os angrenses.
Isto mostra que o Porto das Pipas ainda tem alguma relevância.
Na minha opinião,Angra poderia ter um cais para ferrys e cruzeiros,mas manter o porto da Praia operacional,visto também nas Canárias haver dois cais para ferrys(Los Cristianos,Santa Cruz de Tenerife)
Abraço,Simão

Manuel disse...

Boas Simão não podemos comparar Tenerife à Terceira, esta ilha Canária terá perto de 1 milhão de habitantes a Terceira 65 000, e o porto dos Los Criatianos, é um dos mais movimentados ( passageiros) das Canárias, por isso sou a favor da Praia da Vitória, é mais economico e a estrutura está praticamente feita.
Abraço,
Manuel

simão bessa disse...

De facto tens razão,não se pode comparar as Ilhas Canárias e os Açores e obrigado pela chamada de atenção.
Abraço,Simão

antonio sáez disse...

Saludos, Simão. Entiendo que son más los parecidos que las diferencias entre nuestras islas. Pero la "ley del capital" se impone. La baja población y su dispersión insular,dificulta la rentabilidad. El puerto de la preciosa ciudad de Angra puede tener actividad en otros sectores (cruceros de lujo, o una marina que no dañe el entorno urbano). En beneficio económico de la isla hay que apoyar el desarrollo del puerto de Praia dV. Antonio Sáez.