Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

N/M "BEATRICE" na Praia da Vitória

 Será provavelmente o penúltimo navio de cereais/aditivos para rações da época 2011, isto se um frete de Palmiste oriundo duma baldeação em Roterdão não se atrasar e não chegar cá neste ano. Se considerar-mos as 2.865 toneladas de milho francês manifestadas a bordo do N/M "BEATRICE" para o porto da Praia da Vitória, uma vez que o resto seguirá para o porto do Caniçal, ficaremos com um acumulado anual a rondar as 93.568 toneladas (28 navios) em contraste com as cerca de 67.538 (18 navios) do ano de 2010. Este crescimento a rondar os 38,5% demonstra a pujança das fábricas da Ilha Terceira, principalmente no mercado do grupo central dos Açores.
Dados técnicos:
 Nome: BEATRICE

Data e Hora da entrada: 13.12.2011 - 08:00.
Indicativo de chamada: V2AS8
Nº IMO: 9053828.
Porto de registo: St. John's.
Bandeira: Antígua & Barbuda.
Ano de construção: 1994.
Comprimento f. a f.: 107,01 mts.
Boca máxima: 18,27 mts.
Porte (DWT): 6.918 tons.
Arqueação bruta: 4.927 Mtons.
Arqueação líquida: 2.941 Mtons.
Calado máximo à entrada: 6,55 mts.
Último porto: La Palice.
Próximo porto: Caniçal.
Tipo de carga: 2.865 Tons. de Milho.
Recebedor: UNICOL, UCRL.
Auxiliar de proa: 165 Kw.
Potência da Máquina Principia: 2.154 Kw.
Armador: Doehle Minibulker Beteiligungs.
Agência: Thomé de Castro Sucrs. Lda. - José Soares.
Nome do Comandante: Ryszard Latos.
Piloto de serviço: Guilherme Bettencourt.
(©) Copyright texto e fotos: Cmdte. Rui Carvalho, Praia da Vitória.

Sem comentários: