Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Lancha "Electra", reboca traineira avariada







A lancha de Pilotos "Electra", foi construída nos Estaleiros Navais de Peniche,SA, fruto da encomenda da então APTG,SA, tendo sido adstrita ao Porto da Graciosa. Certamente alguns terão pensado que se trataria de um grande e desnecessário investimento para um pequeno porto, mas o tempo tem vindo aos poucos a justificar esta aposta. Esta lancha e a sua polivalência, trouxe uma inquestionável melhoria de segurança do serviço de Pilotagem, um aumento da segurança nas manobras dos navios, funcionando várias vezes como um "mini-rebocador", podendo ainda prestar socorro a pequenas embarcações nomeadamente à frota de pesca local, como foi o caso das imagens. A sua rapidez de resposta aliada à sua capacidade de reboque fazendo uso das suas 6 tons de tracção  fazem desta lancha uma "amiga" daqueles que em situação de aflição possam dela precisar. Desta vez foi a traineira "Leonardo de Jesus", que devido a uma avaria ficou à deriva, tendo recorrido aos serviços da "Electra".
(©) Copyright fotos: MM Bettencourt, Graciosa.

5 comentários:

Victor disse...

Manuel, correndo o risco de cair numa redundância, tava aqui a reparar que essa pequena traineira tem escrito na popa como porto de registo apenas "Santa Cruz". Se ela estivesse em outro porto qualquer e eu visse a foto poderia pensar: Santa Cruz mas daonde? Santa Cruz de Tenerife? Santa Cruz de La Palma? Santa Cruz das Flores? Há Santa Cruz na Madeira também... É um nome comum nas cidades ou vilas das ilhas da Macaronésia (Aliás em todo o mundo latino). É habitual na Graciosa porem apenas "Santa Cruz" nas embarcações aí registadas?

Manuel disse...

Amigo Victor, interessante observação, contudo não sei responder, mas posso perguntar e depois coloco aqui a resposta.
Normalmente não ligo muito a barcos de pesca, mas vou reparar nesse pormenor.
Abraço,
Manuel

Manuel disse...

Caro amigo Victor, parece que de facto está correcto, houve mudança neste aspecto, na matricula da lancha já tem SG que identifica Santa Cruz da Graciosa.
Na popa deve constar apenas Santa Cruz.
Abraço
Manuel

Victor disse...

Manuel, pois eu tinha reparado na matricula que era da Graciosa (associei as letras), mas era para o caso de só ter uma foto da popa. A bem dizer se eu visse a foto só de popa e não soubesse onde era tirada ainda ia ficar um bom tempo a pensar donde seria a embarcação pois matriculas também não é comigo. Sei algumas de portos das ilhas portuguesas por reparar nelas em atuneiros no Caniçal.

Manuel disse...

Amigo como disse também não percebo deste assunto, mas por curiosidade, foi um amigo meu madeirense que estava ao meu lado e viu o comentário que me explicou e tirou a duvida.
Abraço,
Manuel