Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sexta-feira, 29 de junho de 2012

N/M "Madeirense 3", com bandeira de Malta e marinheiros romenos


 Visitando hoje o portal do porto do Porto de Lisboa, verifico que o navio "Madeirense 3", já mudou de bandeira, trocando a portuguesa pela de Malta, enquanto se ouve dizer que os marinheiros são agora de nacionalidade romena,  parece que as alterações não se ficam apenas pela bandeira e marinheiros.
Será que a troca de bandeiras na marinha mercante nacional se fica por aqui? Ou será que haverá mais navios  a alterar o registo?
(©) Copyright fotos: António M. Dias de Simas, S. Miguel.
Imagem: Captura do portal do porto de Lisboa

16 comentários:

Anónimo disse...

Não percebo o porquê da mudança de registo. Se o problema eram os impostos e obrigação de ter tripulação portuguesa, mudando simplesmente do registo tradicional do "Funchal" para o registo MAR "Madeira" não resolvia parte do problema? Penso que é muito mais fléxivel mesmo em percentagem de tripulação obrigatoriamente da UE embora não esteja bem dentro do assunto.

Manuel disse...

Boas caro Visitante, também não domino estas questões, mas ouve-se dizer que poderá haver mais navios a mudar de bandeira, a questão que põe é interessante, pode ser que alguém nos dê uma ajuda.
Cumprimentos,
Manuel

MC disse...

Caro Manuel, sou armador e confesso-lhe que se pudesse mudar de bandeira também não hesitava...

Manuel disse...

Boas,Caro MC, eu sei, mas como disse não domino este assunto, mas posso dizer que neste caso o dono do navio também mudou de nome e país.
Um Abraço,
Manuel

Velho do Restelo disse...

Qualquer dia os únicos barcos portugueses com registo nacional são os barcos de pesca e os iates nas marinas...
Eu sou do tempo da Soponata e da Sacor Maritima, ou seja, do tempo em que não tinhamos de alugar sempre navios dos outros para transportar os nossos combustiveis.

Soponata:
http://faroefaro.blogspot.pt/2011/02/soponata-quando-portugal-tinha-marinha.html

Sacor Maritima:
http://ptlis.blogspot.pt/2007/09/sacor-martima.html

Provocação? Não senhor. O futebol dos outros depende cada vez mais dos nossos jogadores, mas nós dependemos cada vez mais dos navios dos outros.

Manuel disse...

Caro Velho do Restelo, obrigado pela visita e comentário. Infelizmente assim acontece, cada vez menos navios cada vez mais dependentes dos outros.
Enfim pelo caminho que isto leva não será fácil corrigir.
Cada vez mais irrita-me ouvir os politicos falar da aposta no mar, eles que se calem e em vez de falar tomem as decisões necessárias para que não sejam erradicado dos oceanos os navios nacionais.
Cumprimentos,
Manuel

Rui Carvalho disse...

Caro MMB

Muito bem dito !

Abraço

ErrE

Manuel disse...

Amigo Rui, sabes bem que à dois ou três dias falamos sobre isto fazendo referência a umas construções que não foram realizadas em Portugal, quando podiam e com muita qualidade.
Quando os ouvimos falar só apetece é....

Um Abraço,
Manuel

paulorenato disse...

Amigo Manuel
O mal esta na porcaria de politicos que nos temos,vai do nacional ao regional,nao temos ninguem com categoria para se chamar de politicos,ninguem capaz de mudar o rumo as coisas,andam todos de gravata a falar mal um dos outros e o Ze povinho fica todo contente e depois e isto,menos postos de trabalho? nao faz mal o governo da um subsidio,com o dinheiro dos outros e depois aperta... e assim anda o carrocel,vai mais uma volta???
Um abraco
Paulo

Manuel disse...

Amigo Paulo, os politicos defendem os interesses que estão por trás dos partidos e não o povo açoriano, pelo menos é a minha opinião.
Um Abraço, para o Canadá
Manuel

Rui Carvalho disse...

Caros Amigos

A marinha mercante portuguesa morreu.

Paz à sua alma.

Abraço

ErrE

Manuel disse...

ErrE, morrer ainda não morreu, mas está muito doente.
Já agora tive por cá no Golfinho Azul, marinheiros romenos, lembro-me bem deles, gente boa.
Um Abraço,
Manuel

DavidB disse...

Muitos mais iram sair do Registo Madeirense se o governo Portugues continuar a tratar mal o Centro Internacional de Negocios da Madeira .

O Centro Internacional de Negocios da Madeira , que muitos criticam , engloba 3 vertentes :

A Zona Franca e industrial no caniçal
O registo Internacional de Navios (MAR)
e o Serviços internacionais que a parte mais conhecida que é a sede de empressas na maioria internacionais que tem vantagens financeiras , por isso se instalam na Madeira .

Estas empressas tem sede no Funchal e não no Caniçal como a comunicação social teima em mostrar

voltando ao barco , sera que foi vendido ? para o armador comprar um ferry ...

Manuel disse...

Boas Caro DavidB, o navio pertence pelo que sei na mesma ao "tio" Luís Sousa, apenas a empresa dona agora do M3, com nome diferente está registada noutro país, julgo que no Luxemburgo
Um Abraço,
Manuel

Rui Carvalho disse...

Caro MMB

Disse-me uma abelinha que os próximos a mudar de registo são os navios da Mutualista Açoreana que irão para o registo da Bélgica.
Espero que não muito sinceramente.
Era mau de mais.
Agora será verdade ou não ?

Abraço

ErrE

Anónimo disse...

SE´´a que n conseguem tambem transferir a ESCOLa Náuica para um outro país?:P