Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

domingo, 25 de março de 2012

N/M "Ponta do Sol", na Graciosa, e outras reflexões pessoais

Ontem o porto da Graciosa registou mais uma  escala quinzenal do N/M "Ponta do Sol", operado pela Boxlines Navegação, SA, aqui ficam algumas fotos dessa escala. Engraçado reparar que este é o unico navio da linha dos Açores, que não tem o nome do operador pintado no casco, diria mesmo que é um estranho caso de cuidado com a imagem, mas se a Boxlines não se preocupa com a sua imagem, não vai ser este Idiota que o vai continuar a fazer. Sempre entendi, e aqui escrevi, que a Boxlines prestava (e presta) um bom serviço à minha ilha, por essa e por outras razões ainda mais importantes, aprendi a gostar da Boxlines,  mas se agora querem "apagar" a Boxlines, Forçaaa! Vão no bom caminho, e pelo que se ouve dizer que acontecerá na linha da Madeira, diria mesmo, vão num excelente caminho! Assim Seja ! Para mim Acabou!
(©) Copyright fotos: MM Bettencourt, Graciosa.

2 comentários:

Victor disse...

Já vi que realmente pintaram o casco do navio, mas os mastros, gruas etc tá quieto! Existe uma hipótese de o Manuel ter um navio com o casco sempre com o nome do operador pintado e continuar a ser servido pelo mesmo grupo. É o serviço prestado pela Boxlines passar a ser feita pela ENM. Lá com esses de certeza que fazem questão de ter sempre o nome no casco. hehehe Não desespere Manuel, vai ver que mesmo que haja dificuldades pelo meio ou no fim o árbitro há-de arranjar um penalty para dar os 3 pontos... ermm... já tou a confundir futebol com navios. Onde é que eu fui buscar esta do penalty agora_?.. :)

Manuel disse...

Amigo Victor, sabe o que não percebo é porque a ENM tem esse cuidado e quem governa a Box não se preocupa com isso, sendo as duas do Grupo Sousa. Mas já não me vou chatear com isso quem governa a Box que pinte Transinsular no casco, como disse no post para mim acabou.

Amigo Victor, eu desenvolvo uma ciência baseada na leitura dos navios, com essa leitura consigo saber quem ganha. Este Ponta do Sol até não dá azar, ontem embora à rasca ganhei. Dou o exemplo de um navio que por cá andou o Eberhart Essberger, esse navio era extremamente nocivo para as minhas cores, a sua presença era derrota certa hehheh, ainda bem que foi para a Russia.
Abraço,
Manuel