Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sábado, 23 de março de 2013

N/M "Ponta do Sol", e a regularidade


 Na passada quinta-feira dia 21 de Março, o navio porta-contentores, "Ponta do Sol", operado pela Box Lines, efectuou a 6ª escala no porto da Graciosa no corrente ano. Sendo do conhecimento geral, que as condições atmosféricas nos Açores  não tem facilitado quer o tráfego marítimo, quer o aéreo,  esta escala  prova a excelente regularidade (quinzenal) do  serviço prestado pelo armador do "cavalo marinho"!
Sendo a Box Lines, propriedade do Grupo Sousa, cada vez que penso nesse pormenor, leva-me a pensar no modelo porta-contentores/ferry,  existente na Madeira, continuo a pensar que na minha humilde opinião este seria o modelo a apostar nos Açores.
(©) Copyright fotos: MM Bettencourt, Graciosa.






6 comentários:

Anónimo disse...

Eles (Grupo Sousa e o outros armadores) correram com o Armas da Madeira, achas que iam juntar-se à festa de criar um serviço ferry entre os Açores e o Continente?

Ferry dentro dos Açores já nós temos nos meses de Verão, falta é deixarem transportar carga em carrinhas e paletes. E aqui as pressões dos armadores (Boxlines, Transinsular, Mutualista) far-se-á sentir certamente... Será que o secretário Vitor Fraga tem tomates para avançar e aguentar as pressões?

Manuel disse...

Caro Visitante, obrigado pelo comentário e visita.
Eu neste post não disse que queria um ferry entre Açores e Continente.

Quando faço referencia ao modelo da Madeira, apenas quero dizer que um sistema que assentasse no ferry (carga inter-ilhas) e os porta-contentores (carga de e para continente e Madeira), seria o que mais ia de encontro à minha forma de pensar.


Sobre o serviço ferry, o que penso está escrito em vários post´s neste blog! Defendo um serviço ferry anual com carga rodada, mas com um logística eficiente em terra.


Vamos esperar pelo inicio da operação, e depois veremos!

Cumprimentos
Manuel

Rui Carvalho disse...

Caro MMB

O grupo Sousa esteve com o serviço ferry nos Açores com os navios GOLFINHO AZUL, LADY OF MANN e BAJAMAR, através da AÇORLINE.
lembro-te que as zonas escuras dessa operação foram tantas que o governo regional criou a ATLANTICOLINE, mas para criar mais zonas de sombra.

Abraço

ErrE

Manuel disse...

Amigo ErrE, apenas me estou a referir ao modelo, assente na sincronização ferry/porta-contentores.
Abraço,
Manuel

Rui Carvalho disse...

Caro MMB

Percebi perfeitamente e apoio, mas não com estes intervenientes.
Não que tenha algo pessoalmente contra (ou não), mas porque uns já tiveram a sua oportunidade e todos os meios (em tempo de vacas gordas) e os actuais que não têm a vocação (o estado não é bom a explorar destas coisas).

Abraço

ErrE

Manuel disse...

Amigo ErrE, tu sabes bem o que eu penso sobre tudo isto, também sabes que não posso ser muito claro quanto ao como conseguir o modelo que idealizo.

Encaro a Atlânticoline como uma ferramenta, basta coloca-la ao serviço dos Açores que evoluímos, até aqui existe uma protecção de alguns interesses que nem são os da Atlânticoline, mas sim de outros, esse é o problema.
Abraço,
Manuel