Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Sábado intenso no porto de Tenerife.


A primeira hora e procedente de Casablanca, chega o Costa Concordia, que as 1700h passa na sua rota para Funchal, por a proa do Bunga Seroja Dua (portacontêiner malaio de 8000 TEUs e 317,87 metros de comprimento), o qual chegou a Tenerife para se fornecer com 600 tons de combustível. O fondeadero do dique do Leste alberga também outro grande navio: o porta carros Martorell (com capacidade para 5200 veículos), com a sua linha inspirada em uma "gaveta flutuante" de 205 metros de comprimento.

Bunga Seroja Dua navega para o seu ponto de ancoragem.
Bunga Seroja Dua, buque factoría ruso Maksim Starostin, Martorell, Delmas (portacontêiner), Faicán e Jin Xing (cargueiro de Hong Kong).
Como é habitual em sábado em Tenerife, temos ao Aidablu, ao qual vemos enquanto e V. Teide manobra a seu lado. O mais jovem ferry da Armas luze na sua amura de estibordo o logo do 70 aniversário da companhia canária.
(©) Copyright texto e imágenes: Antonio Sáez, Tenerife.
Costa Concordia rumo Funchal.

Sem comentários: