Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Pilotos da Portos dos Açores, SA. recebem formação em Ilawa

O Piloto da Barra é uma figura muito antiga, talvez a segunda mais antiga, como se pode observar em gravuras do antigo Egipto, em que se vêem barcas, onde o Piloto, de pé à proa, perscruta o horizonte e, enquanto que com uma das mãos empunha um prumo, com a outra assinala ao timoneiro, situado à popa, o rumo, que a cada momento deve governar.
A Pilotagem dos Portos não é só mais uma actividade dos mesmos; é uma actividade que pugna pela segurança da navegação marítimo-fluvial, pela salvaguarda da vida humana e de bens, assim como pela protecção ambiental; razões mais do que suficientes para que seja concebido como um serviço público. ”  texto : Apibarra.
Sendo esta actividade portuária de grande importância como se percebe pela leitura do texto acima publicado, a Portos dos Açores, SA, consciente disso mesmo está a promover a formação profissional dos seus Pilotos, foi nesse sentido que a PA, fez deslocar ao Centro de Formação de Ilawa, Polónia, alguns dos seus quadros.
O Centro de Formação e Pesquisa de Ilawa, é propriedade da Fundação para Segurança da Navegação e Protecção Ambiental.
A Fundação dedica-se a dois campos de actividade:
-O treino na manobra de navios, que desde 1980 conta com a passagem pelo centro de mais de 3500 Comandantes e Pilotos de 40 países diferentes.
- A pesquisa teórica e prática sobre a manobrabilidade dos navios.
A parte prática é efectuada em modelos tripulados à escala de 1/24, estando equipados os modelos com todos os equipamentos necessários à simulação de uma manobra, como: máquina principal, ( máqunina ou turbina), hélices ( uma ou duas hélices, de passo fixo ou variável), bowthrustres e sternthrusters, azipods simples e duplos e vários tipos de lemes, tudo isto aplicado em modelos de vários tipos de navios, como : Porta-contentores, navios ro-ro, LNG, navios tanque, rebocadores. Para informação mais detalhada, aceder ao site : “Ship Handling Research and Training Centre at Ilawa
As imagens deste post foram gentilmente partilhadas pelo Cmdte. Guilherme Bettencourt , e dão-nos uma ideia da actividade do centro e do treino recebido em modelos tripulados.
(©) Copyright fotos: Cmdte. Guilherme Bettencourt, Terceira.
Prático, Ramiro Machado ( Santa Catarina, Brasil) e Piloto Guilherme Bettencourt, Açores.

10 comentários:

Comandante em Sonhos disse...

Que gira que deve ser esta formação. Não percebo nada de pilotagem mas não me importava nada de passar ali um dia a "brincar um bocadinho" com aquelas miniaturas de navios. Repare-se naquele "grande porta contentores" em ponto pequeno na 4ª foto. hahaha parece uma miniatura de um grande porta contentores da MSC. E os pequenos "azimutais" em outra foto mais abaixo? Espectacular. Melhor do que Portugal dos pequeninos. Havia de haver uns concursos em que o prémio fosse passar ali um dia. :)

Comandante em Sonhos. disse...

No meu comentário anterior onde escrevi "azimutais" queria dizer "azipods".

Manuel disse...

Caro Comandante, Obrigado eplo comentário, também eu queria lá ir, gostava de ver isto ao vivo.
Que tal desenvolver um centro destes em portugal? Afinal falã-se tanto em apostar no mar e depois... nada
Abraço,
Manuel

Anónimo disse...

Um centro deste aqui na tug? lol, decerteza qu nao pode estar sob a mesma alçada ca tao afamada escola nautica, uma verdadeira vergonha, se cativessemos destes mimos na escola nautica, estariam todos ao bandono e quase que aposto que nao ha docentes com unhas para aquela viola...uma vergonha este pais, e ainda dizem pais de marinheiros? lool, onde? decerteza que nao começa pela formaçao de nautas que é uma verdadeira lastima.

Infante dom henrique, escola nautica não presta para nada, uma verdadeira vergonha aquela merda ali... tirei gestão de portos e marinas, e via os nautas todos pedrados com drogas naquelas cabeças e seila mais o que, não admira, estou numa empresa "evergreen" e aqui nao ha oficiais portugueses a empresa simplesmente nega, diz que sao mal formados e que primeiro tem de aprender a falar a agir, a ter atitude e princi+palemnte aprender um pouco soubre o que é um navio...


Tiago Lacerda

Anónimo disse...

É no minimo curicata em Portugal que é um pais de marinheiros, não termos este tipo de acessibilidade...Tambem, com o que tenho visto sobre a escola Nautica em Portugal, nao admira que não possuam este tipo de "brinquedos"..

trabalho num porto na margem Sul, e as vezes pergunto-me, o que é feito da nossa marinha mercante?......
Agora penso, Talvez a resposta esteja na escola nautica que des/forma pessoas que futuramente serao altos quadros, mas claro, sem nenhuma competencia para os cargos que ocuparão, é uma maça toda podre, que apodrece do interior para o exterior, e no interior talvez esteja a tão ilustre escola...

E tenho dito.

Pedro lacerda

Manuel disse...

Pedro e Tiago, Obrigado pelo teu comentário, podes não acreditar, mas estava lendo no blog Farinha ferry, uns comentários sobre o comportamento que tiveram algumas pessoas para com um amigo meu e uma aluna na dita escola, estou imensamente triste, e após o teu comentário e outros, nem vale a pena falar num centro de treinos em Portugal, até agora percebo outras histórias, isto devia ser investigado, que diabo se passa nessa escola?

Lê este post e comentários:
http://farinha-ferry.blogspot.com/2011/12/ainda-o-cancelamento-da-viagem-do-ferry.html

nem vou escrever mais agora, vou refletir primeiro.

Abraço,
Manuel

Anónimo disse...

LOlllllllllllllll isso é uma escola????

ca para mim é um chiqueiro, ou então uma colombia, droga é coisa que não falta ali.
eu moro ao lado da scola econheço alguns membros que estudam ali, tenham vergonha de ainda dizer que é uma escola superior, ou faculdade, porque ma escola ou faculdade, prima pela educação, formação e disciplina, e ali é coisa quenão há.. nao conheço o meio dos barcos, mas pelo que entendo, pelo menos na minha realidade, trabalhar num barco é uma actividade de elevada responsbilidade, e isso decertesa que nãoé naa abundante naquele chiqueiro...



Carlos Silva

Manuel disse...

Boas Carlos, obrigado pela visita e comentário, sobre essa escola ´e melhor estar calado porque desconheço a realidade.
Abraço,
Manuel

Anónimo disse...

Caros leitores,

A esse Sr. Tiago Lacerda, so lhe digo para dobrar a lingua quando fala da Escola Nautica! O facto de nao haver provas de admissao sem serem os meros exames nacionais permite a entrada de esse tipo de agarrados que na minha opiniao deveriam ser totalmente aniquilados. No entanto, a formacao na Escola Nautica continua a ser de qualidade, continuam a ser formados Oficiais competentes e bem qualificados, e se assim nao fosse, como seria possivel haver tantos oficiais e marinheiros PORTUGUESES espalhados pelo mundo todo a operar nas mais diversas companhias com os mais elevados requisitos operacionais? Nunca se esquecam de uma coisa, um desses drogados que dizem existir na escola Nautica tambem existe no Tecnico ou no ISEG, no entanto vos garanto que nenhum deles vinga na Marinha Mercante, pois mais nao seja, caso nao saibam, as companhias fazem despistagem de narcoticos atraves de exames medicos constantemente! Oficial mal formado nao arranja trabalho! a um Oficial mal formado nenhum comandante lhe delega um quarto de navegacao! Por isso caro sr. Tiago Lacerda, os seus colegas drogados que tinha no tempo que estava na escola nautica, estavam la so para pagar as propinas e dar algum rendimento a escola! E mais uma coisa, esta a falar da Evergreen como se fosse algum exemplo? Faca uma pesquisa no google e veja nomes de grandes companhias de navegacao e veja se aparece a Evergereen....lol E se a Evergreen nao tem Oficiais Portuguese e porque somos ainda bem mais dispendiosos que os filipinos, indianos e polacos que guarnecem essas embarcacoes!

Formei-me na ESCOLA NAUTICA a cerca de uma decada e so tenho a agradecer a todos os docentes, sempre fomos tratados todos por igual e a todos foram dadas as mesmas oportunidades! Exerco numa das maiores companhias OFFSHORE do mundo! Satisfacao do armador? 100% !

Nao brinquem com o nome da ESCOLA NAUTICA!

VIVA A ESCOLA NAUTICA

Manuel disse...

Caro Visitante, certamente será um bom oficial, tem razão quando diz que exite bons e maus em todo o lado.
Mas depois do que tenho lido na net, e o que li da opinião que algumas empresas tem no exterior, diria que quem gosta da escola se deve preocupar, não sei exactamente o que se passa, mas sei algumas coisas, mas não as vou contar aqui.
Também os meus amigos, formados nessa escola me dizem,o que refere, já falei sobre este assunto, mas como calcula não quero falar sobre isso.
Maersk ??? humm
Um Abraço,
Manuel